Voltar para home page
Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

1) Meditação diminui o estresse e a ansiedade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 90% da população sofre com os efeitos do estresse. A ansiedade também é considerada o mal do século e tem atingido cada vez mais pessoas. Na tentativa de aliviar esses sintomas, muitas pessoas têm buscado terapias alternativas para se desligar e ter mais equilíbrio mental para lidar com os problemas. Um estudo feito pela Universidade Johns Hopkins , nos Estados Unidos, mostrou que a prática de meditação por cerca de oito semanas ajuda a reduzir as consequências do problema no dia a dia.

2) Meditar todos os dias ajuda a ter mais foco

Se manter focado na atualidade é uma tarefa difícil. Recebemos estímulos o tempo todo: informações para processar por todos os lados, cobrança por respostas imediatas, redes sociais, entre outros. Tirar um tempo para se dedicar integralmente a algo é um desafio. As técnicas de meditação podem te ajudar a redirecionar a atenção, mesmo em situações com muito estímulo externo. Por outro lado, estudos mostram que a prática contínua é capaz de alterar alguns padrões cerebrais que naturalmente levam uma pessoa a se desfocar.

3) Sono é beneficiado com a prática de meditação

Não é difícil encontrar alguém que tenha problemas para dormir. Não conseguir se desligar dos problemas e da rotina é um dos principais motivos que afetam o sono. A meditação já é utilizada como tratamento da insônia e outros distúrbios . A prática ajuda a redirecionar os pensamentos e relaxar o corpo, deixando-o mais suscetível para uma boa noite de sono. A mudança de outros hábitos também pode ajudar a dormir melhor, como comer alimentos leves e evitar o uso de eletrônicos antes da hora de dormir.

4) Meditação ajuda a diminuir a pressão sanguínea

Tanto a saúde mental quanto a física podem ser beneficiadas com a prática da meditação. Um estudo publicado no Journal of Human Hypertension , em 2015, mostrou que as técnicas meditativas renderam efeitos positivos em pessoas com hipertensão. Os cientistas notaram que o estado de concentração proporcionado pelo método diminuiu a pressão arterial em níveis consideráveis, principalmente em pessoas mais velhas e que já apresentavam o problema antes de começar a praticar.

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Para que serve o Pilates? Saiba mais sobre o exercício e seus benefícios

Exercício físico

Para que serve o Pilates? Saiba mais sobre o exercício e seus benefícios

Relaxamento, flexibilidade, prevenção de lesões, condicionamento físico, mais disposição… todos esses benefícios motivam quem busca o Pilates como atividade física. A técnica do exercício ajuda a fortalecer a musculatura e, inclusive, é indicada na reabilitação de lesões e no tratamento de problemas da coluna ou outras áreas do corpo. É possível praticar em academias e espaços especializados, assim como centros de fisioterapia para alguns casos. As aulas de pilates precisam ser personalizadas de acordo com o problema ou necessidade do praticante. Como qualquer atividade física, é importante ter o acompanhamento de um profissional especialista.

Ver mais