Voltar para home page
Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

1) Meditação diminui o estresse e a ansiedade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 90% da população sofre com os efeitos do estresse. A ansiedade também é considerada o mal do século e tem atingido cada vez mais pessoas. Na tentativa de aliviar esses sintomas, muitas pessoas têm buscado terapias alternativas para se desligar e ter mais equilíbrio mental para lidar com os problemas. Um estudo feito pela Universidade Johns Hopkins , nos Estados Unidos, mostrou que a prática de meditação por cerca de oito semanas ajuda a reduzir as consequências do problema no dia a dia.

2) Meditar todos os dias ajuda a ter mais foco

Se manter focado na atualidade é uma tarefa difícil. Recebemos estímulos o tempo todo: informações para processar por todos os lados, cobrança por respostas imediatas, redes sociais, entre outros. Tirar um tempo para se dedicar integralmente a algo é um desafio. As técnicas de meditação podem te ajudar a redirecionar a atenção, mesmo em situações com muito estímulo externo. Por outro lado, estudos mostram que a prática contínua é capaz de alterar alguns padrões cerebrais que naturalmente levam uma pessoa a se desfocar.

3) Sono é beneficiado com a prática de meditação

Não é difícil encontrar alguém que tenha problemas para dormir. Não conseguir se desligar dos problemas e da rotina é um dos principais motivos que afetam o sono. A meditação já é utilizada como tratamento da insônia e outros distúrbios . A prática ajuda a redirecionar os pensamentos e relaxar o corpo, deixando-o mais suscetível para uma boa noite de sono. A mudança de outros hábitos também pode ajudar a dormir melhor, como comer alimentos leves e evitar o uso de eletrônicos antes da hora de dormir.

4) Meditação ajuda a diminuir a pressão sanguínea

Tanto a saúde mental quanto a física podem ser beneficiadas com a prática da meditação. Um estudo publicado no Journal of Human Hypertension , em 2015, mostrou que as técnicas meditativas renderam efeitos positivos em pessoas com hipertensão. Os cientistas notaram que o estado de concentração proporcionado pelo método diminuiu a pressão arterial em níveis consideráveis, principalmente em pessoas mais velhas e que já apresentavam o problema antes de começar a praticar.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais