Voltar para home page
Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é uma técnica milenar que tem ajudado muitas pessoas a lidarem com problemas físicos e mentais

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

1) Meditação diminui o estresse e a ansiedade

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 90% da população sofre com os efeitos do estresse. A ansiedade também é considerada o mal do século e tem atingido cada vez mais pessoas. Na tentativa de aliviar esses sintomas, muitas pessoas têm buscado terapias alternativas para se desligar e ter mais equilíbrio mental para lidar com os problemas. Um estudo feito pela Universidade Johns Hopkins , nos Estados Unidos, mostrou que a prática de meditação por cerca de oito semanas ajuda a reduzir as consequências do problema no dia a dia.

2) Meditar todos os dias ajuda a ter mais foco

Se manter focado na atualidade é uma tarefa difícil. Recebemos estímulos o tempo todo: informações para processar por todos os lados, cobrança por respostas imediatas, redes sociais, entre outros. Tirar um tempo para se dedicar integralmente a algo é um desafio. As técnicas de meditação podem te ajudar a redirecionar a atenção, mesmo em situações com muito estímulo externo. Por outro lado, estudos mostram que a prática contínua é capaz de alterar alguns padrões cerebrais que naturalmente levam uma pessoa a se desfocar.

3) Sono é beneficiado com a prática de meditação

Não é difícil encontrar alguém que tenha problemas para dormir. Não conseguir se desligar dos problemas e da rotina é um dos principais motivos que afetam o sono. A meditação já é utilizada como tratamento da insônia e outros distúrbios . A prática ajuda a redirecionar os pensamentos e relaxar o corpo, deixando-o mais suscetível para uma boa noite de sono. A mudança de outros hábitos também pode ajudar a dormir melhor, como comer alimentos leves e evitar o uso de eletrônicos antes da hora de dormir.

4) Meditação ajuda a diminuir a pressão sanguínea

Tanto a saúde mental quanto a física podem ser beneficiadas com a prática da meditação. Um estudo publicado no Journal of Human Hypertension , em 2015, mostrou que as técnicas meditativas renderam efeitos positivos em pessoas com hipertensão. Os cientistas notaram que o estado de concentração proporcionado pelo método diminuiu a pressão arterial em níveis consideráveis, principalmente em pessoas mais velhas e que já apresentavam o problema antes de começar a praticar.

Últimas novidades

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Bem-estar

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Para manter a saúde em dia, é essencial ter cuidado com a alimentação. Uma dieta equilibrada e rica em nutrientes pode prevenir diversas doenças e ajudar a tratar outras. As fibras, por exemplo, não são nutrientes, mas são elementos essenciais para o sistema digestivo e que melhoram a função intestinal, prevenindo diversas doenças. Por isso, é muito importante ter uma alimentação abundante nessa substância. Descubra aqui 10 alimentos ricos em fibras para incluir na sua dieta.

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

Saúde

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

O câncer de pele é um dos mais frequentes no Brasil. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse tipo de câncer representa 25% dos tumores malignos identificados no país, o que significa que cerca de 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença. A principal causa desse tipo de câncer é o excesso de exposição solar, que resulta no crescimento descontrolado das células presentes na pele. O câncer de pele é discreto e normalmente se manifesta com pequenas pintas que crescem devagar, que às vezes nem parecem preocupantes. Por isso, é importante ficar atento a qualquer irregularidade na pele. Confira abaixo tudo sobre o câncer de pele!

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Saúde

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 17 milhões de pessoas morrem de problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio, todos os anos no mundo. Em casos de ataque cardíaco, receber os cuidados médicos necessários o quanto antes pode salvar muitas vidas. Por isso, é fundamental ser capaz de identificar um infarto e saber o que fazer de imediato. Veja algumas dicas abaixo!

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

Saúde

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

As pedras na vesícula são mais comuns do que se imagina e podem aparecer por diferentes razões. A principal função da vesícula é servir de recipiente para a bile, um líquido produzido no tecido hepático que auxilia na digestão dos alimentos e seus nutrientes. Mas o que acontece quando esse órgão é afetado por um desequilíbrio? A bile começa a empedrar - e é aí que surgem os cálculos biliares, popularmente conhecidos como pedras na vesícula. Entenda mais abaixo!

Ver mais