Voltar para home page
Terapias

5 dicas para prevenir uma crise de ansiedade

Algumas práticas podem te ajudar a aliviar os efeitos da ansiedade na sua vida

Algumas práticas podem te ajudar a aliviar os efeitos da ansiedade na sua vida

A ansiedade pode ter muitas definições: sensação de angústia, medo ou aflição vivenciados durante um momento de grande estresse emocional. Para muitas pessoas, é só aquele frio na barriga e as mãos suadas sentidos no primeiro dia de aula ou em uma entrevista de trabalho, para muitas outras, trata-se de um sério problema de saúde. Crises de ansiedade podem atrapalhar os relacionamentos, o trabalho e o bem-estar físico e emocional do indivíduo. Apesar disso, algumas medidas podem ajudar a minimizar seus impactos no cotidiano. Confira algumas dicas que ajudam a prevenir uma crise de ansiedade!

1) Tenha uma rotina de exercícios físicos

Já está mais que comprovado que os exercícios físicos promovem diversos benefícios para a saúde. Além de prevenir doenças como a hipertensão, se exercitar por pelo menos 30 minutos todos os dias diminui a tensão corporal e o estresse e garante uma mente mais focada e relaxada - o que, consequentemente, previne as crises de ansiedade. As práticas também proporcionam uma melhora significativa no humor, decorrente da liberação de hormônios, como a endorfina, responsável pela sensação de prazer.

2) Pratique meditação

A meditação possibilita ao indivíduo relaxar o corpo a partir da concentração em um ponto específico, como a respiração, um som, uma imagem mental ou uma área do corpo. Um estudo publicado na revista científica Clinical Psychology Review revelou que a prática diária de meditação ajuda a controlar o estresse e diminuir a incidência de ansiedade e depressão. E a melhor parte é que isso pode ser feito de casa e online. Atualmente, existem diversos aplicativos especializados no tema, que disponibilizam aulas guiadas com profissionais de forma gratuita. Experimente!

3) Evite o consumo exagerado de café e álcool

Bebidas alcoólicas ou a base de cafeína podem ser verdadeiros vilões para quem tem ansiedade. Cervejas, chás, energéticos e refrigerantes têm substâncias que alteram o funcionamento do corpo e podem agravar os sintomas de uma crise de ansiedade. A aceleração causada pela cafeína pode provocar insônia e inquietação e o álcool pode ter efeito depressivo e de mudança de humor, além de aumentar os sintomas de fadiga e estresse emocional.

4) Invista em boas noites de sono

O sono é o momento em que o corpo relaxa e passa por processos metabólicos importantes para a saúde. Dormir de forma irregular pode causar doenças físicas e mentais, por isso, é importante manter uma rotina de sono, com pelo menos oito horas de sono, permitindo o corpo relaxar e se renovar. Algumas medidas podem ajudar quem tem problemas de insônia, como manter o ambiente bem escuro e com uma temperatura agradável, fazer refeições leves e livres de açúcar e não usar o celular antes de dormir.

5) Exerça a sua criatividade

Não é à toa que a arte é usada cada vez mais pela ciência como método terapêutico não convencional. Começar uma nova atividade artística, como pintura, desenho, bordado e música, ou até mesmo desenvolver um novo talento, pode ajudar a mente a se concentrar em uma tarefa específica e diminuir os níveis de estresse e preocupação, além de ser muito prazeroso, divertido e relaxante.

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais