Voltar para home page
Saúde

5 efeitos do estresse no seu corpo

O estresse atinge cerca de 90% da população, segundo a OMS, e pode desencadear diversos problemas físicos

O estresse atinge cerca de 90% da população, segundo a OMS, e pode desencadear diversos problemas físicos

O estresse é um dos problemas mais comuns da atualidade. Conflitos familiares, altas cargas de trabalho, questões financeiras e instabilidade são as principais causas desse problema que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), atinge 90% da população. Muito associado a aspectos comportamentais e psicológicos, o estresse é uma condição que também pode se manifestar com sintomas físicos. Dores musculares são os efeitos mais comuns, mas alguns problemas mais sérios também podem se desencadear a partir do estresse. Veja abaixo!

1) Estresse aumenta a frequência cardíaca e pressão arterial

Em um momento de muito estresse, o corpo pode responder com ansiedade e sensação de que o coração está batendo mais rápido. O estresse que ocorre de forma contínua pode desencadear problemas cardíacos mais sérios. Acontece que, nesses momentos, o corpo libera mais adrenalina - aquele hormônio responsável por nos ajudar a lidar com situações que demandam respostas rápidas. Quando presente em nosso corpo em doses elevadas e contínuas, a ação vasoconstritora da adrenalina pode levar à uma má perfusão do coração e causar um infarto, por exemplo. Em outros casos, pode contribuir para o desenvolvimento de arritmias e hipertensão arterial.

2) Imunidade baixa é um efeito do estresse

É muito comum que depois de um período estressante o nosso corpo tenha as defesas afetadas. A gripe constante é um dos sinais mais comuns. Um estudo publicado na Revista Americana de Epidemiologia constatou que o estresse deixa o corpo mais suscetível a contrair infecções diversas. A imunidade baixa em decorrência do estresse também pode gerar problemas como a candidíase, otites e alergias pelo corpo.

3) Estresse pode afetar o sono

A dificuldade para dormir tem muita relação com distúrbios psicológicos, como a ansiedade e o estresse. O sono é afetado porque a pessoa não consegue se desligar dos problemas que está passando no dia a dia. Uma dica para lidar com isso é mudar hábitos que você tem perto da hora de dormir. Criar mecanismos para desacelerar a mente pode ajudar a afastar as preocupações nesse momento importante para recarregar as energias.

4) Estresse e cansaço excessivo pode ter relação

Além das dores musculares e pontos de tensão pelo corpo, a pessoa que sofre de estresse pode experimentar um cansaço que não passa mesmo depois de uma boa noite de sono. A falta de energia pode atrapalhar o rendimento profissional e até as relações pessoais.

5) Em períodos de estresse, o estômago reclama

O sistema gástrico é um dos primeiros a reclamar em situações de estresse. Isso ocorre porque o problema provoca alterações nas taxas de acidez do estômago. Em casos mais leves, a pessoa pode sentir muita azia e ter dificuldades na digestão. O estresse contínuo, por sua vez, pode causar gastrite e até úlceras. O ideal é marcar uma consulta com um médico de confiança logo que perceber os primeiros sinais.

Últimas novidades

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

Saúde

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

O sistema linfático engloba um complexo conjunto de órgãos, tecidos, vasos e dutos que se distribuem por todo o corpo. Sua principal função é a produção de células de defesa do organismo, o que fortalece o nosso sistema imunológico. Além disso, o sistema linfático também é responsável por filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e “devolvendo” o sangue purificado para o nosso organismo. Ou seja, na prática isso quer dizer que qualquer parte do corpo que possua circulação sanguínea tem também a circulação linfática (embora não usem os mesmos vasos, eles “dialogam”). Para facilitar a compreensão desse complexo sistema, reunimos algumas informações sobre o assunto.

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Saúde

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Doar sangue é um ato voluntário e solidário que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em uma única doação, cerca de 450 ml de sangue são coletados, o que, na prática, consegue ajudar até quatro pacientes que precisam do material para sobreviver. Contudo, é comum que algumas dúvidas apareçam ao longo do caminho para quem quer ser um doador e nunca realizou a doação antes. Quem pode doar sangue? O que é necessário para ser um doador? Quantas vezes por ano é possível fazer isso? Para esclarecer o que você precisa saber sobre o assunto, separamos as principais perguntas sobre doação de sangue e respondemos a seguir.

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

Alimentação saudável

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

A água é uma substância essencial na vida de qualquer ser vivo. Com o verão se aproximando, a ingestão desse líquido se torna ainda mais necessária na nossa rotina: seja para nos manter hidratados ou para matar a nossa sede nos dias mais quentes. O melhor de tudo é que, além de não ter calorias, a água é capaz de promover diversos benefícios para o nosso corpo, alguns já conhecidos; outros nem tanto. Ficou curioso? O Cuidados Mil te conta as vantagens que esse líquido pode trazer para a nossa vida a seguir!

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Saúde

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns quando o assunto é a saúde do homem. A doença atinge o órgão masculino que é responsável pela produção do sêmen (próstata) e raramente apresenta sintomas iniciais, e é justamente por isso que a detecção precoce é tão importante. Logo, o Novembro Azul é uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata bastante necessária, principalmente para homens com idade superior a 50 anos, que são as principais vítimas dessa doença. A seguir, separamos as principais informações sobre o câncer de próstata, como sintomas, tratamento e a melhor forma de preveni-lo.

Ver mais