Voltar para home page
Terapias

7 sinais que indicam a depressão

A depressão é uma doença séria e que precisa de cuidados específicos. Fique atento aos sinais!

A depressão é uma doença séria e que precisa de cuidados específicos. Fique atento aos sinais!

A depressão é uma doença psiquiátrica séria que atinge, em média, 2 milhões de pessoas por ano em todo o Brasil. Por muito tempo tratada como um momento breve de tristeza, a depressão está desenhando seus contornos na medicina e sendo considerada como realmente é: uma doença real, perigosa e que pode ser fatal se não tratada corretamente. Para isso, é necessário que o paciente receba o máximo de apoio de familiares e amigos. Se você suspeita que algum conhecido pode estar entrando em depressão, fique atento a 7 sinais que ele pode manifestar.

1. Não dormir ou dormir demais

Distúrbios do sono são muito comuns em pessoas depressivas. Por isso, é normal apresentar excesso de sono ou quadros de insônia. Falta de energia, desânimo para fazer coisas essenciais, como tomar banho ou comer, são indícios de depressão. Por outro lado, a inquietação e alerta constante podem atrapalhar o sono.

2. Engordar muito ou perder peso em excesso sem dieta

Outra forma que o depressivo tem de canalizar os problemas emocionais é nos hábitos alimentares: alguns acabam comendo demais e optam por alimentos nada saudáveis, enquanto outros simplesmente não conseguem comer. Ambas as formas revelam desequilíbrio e demonstram que algo não anda bem.

3. Dificuldade em fazer atividades cotidianas

Levantar, escovar os dentes, tomar banho, trocar de roupa, ir trabalhar… parecem atividades comuns, até mesmo banais do dia a dia, correto? Para quem está em depressão, não é tão simples assim. A dificuldade em fazer essas pequenas coisas é um sinal muito característico da doença.

4. Estar sempre cansado

A fadiga é um sintoma muito expressivo da depressão. A doença faz com que o paciente se sinta em um estado contínuo de cansaço para fazer qualquer coisa, o que pode influenciar ou não nos distúrbios de sono.

5. Dificuldade de concentração e memória falha

É muito comum que pessoas com depressão tenham problemas para se concentrar, trabalhar, estudar e até mesmo dificuldades de memória. Não raro, elas esquecem coisas comuns e cotidianas, como o que aconteceu no dia anterior, se choveu pela manhã ou o que comeram no almoço.

6. Falta de confiança em si mesmo

“É tudo culpa minha”, “não sou bom o suficiente”, “não tenho vontade de fazer nada” são frases comuns na cabeça de quem sofre com a depressão. A autodepreciação e falta de autoconfiança são características da doença, assim como a falta de vontade de viver e desânimo para realizar projetos e desempenhar tarefas.

7. Pensamentos suicidas

Se alguém que você conhece fala com frequência frases como “eu não deveria estar aqui”, “queria morrer e/ou sumir”, isso deve ser um alerta. Todos os sinais citados nos tópicos anteriores levam a um estado de desgaste emocional, psicológico e físico. Quem tem depressão pode não encontrar motivos para continuar - é como se todos os sonhos e projetos se perdessem no caminho. O acompanhamento de um psiquiatra, além do apoio e compreensão de amigos e familiares, são fundamentais no tratamento da depressão.

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais