Voltar para home page
Bem-estar

Álcool gel pode causar intoxicação e queimaduras? Veja quais cuidados tomar durante o uso!

O álcool gel é completamente seguro? Veja algumas recomendações sobre o seu uso!

O álcool gel é completamente seguro? Veja algumas recomendações sobre o seu uso!

Com a pandemia do novo coronavírus, o álcool gel se tornou um item indispensável nas casas, comércios e bolsas dos brasileiros: esse é um método seguro para higienizar as mãos e os objetos contra o agente causador da Covid-19. Porém, até para a proteção é necessário cautela. O álcool, mesmo no formato em gel, pode causar intoxicação se não for utilizado de forma adequada. É preciso ficar atento ao uso para que a higiene não se torne um problema de saúde. Confira!

Intoxicação por álcool em gel é mais comum em crianças

As crianças podem se tornar um grupo vulnerável quando falamos da Covid-19: até os 2 anos de idade, não é recomendado que elas usem máscaras nesse caso, lavar as mãos com água e sabão é a higienização mais recomendada, restrinja o uso do álcool gel para as ocasiões em que a lavagem das mãos não for possível.

As crianças, principalmente as menores de 5 anos, costumam levar as mãos à boca com frequência, é essencial que se tome o máximo de cuidado possível, pois isso pode levar a um quadro de intoxicação. O índice de possibilidade de intoxicação é baixo, mas a atenção dos pais e responsáveis é fundamental. O ideal é que a aplicação de álcool gel seja supervisionada por um adulto.

Excesso de álcool gel pode causar dermatite

Os adultos também devem ficar atentos ao uso do álcool gel na hora de higienizar as mãos. A intoxicação é um risco muito menor nesse grupo, mas outras áreas do corpo podem sair prejudicadas, e a pele é a principal delas. O uso constante e indiscriminado do álcool gel acaba removendo a camada de gordura da pele responsável pela proteção contra germes comuns no dia a dia. Sem essa proteção, a pele fica exposta, facilitando as infecções e inflamações cutâneas, como a dermatite.

Exposição imediata ao sol depois do uso de álcool gel pode causar manchas na pele

Existem alguns cuidados que podem e devem ser tomados com o uso do álcool gel no cotidiano. O método de higiene é utilizado devido à sua praticidade e por secar rapidamente na pele, mas o recomendado é que você espere um pouco para se expor ao sol. Isso porque o álcool gel pode causar manchas e queimaduras na pele. Além disso, dentro de casa, o ideal é que os frascos de álcool gel ou líquido fiquem longe do alcance das crianças para evitar a ingestão. Se isso ocorrer, consulte um médico imediatamente.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais