Voltar para home page
Saúde

Apendicite: o que é, sintomas e quando buscar ajuda

 Aprenda a identificar a apendicite!

Aprenda a identificar a apendicite!

Não é difícil encontrar ou conhecer pessoas que já fizeram cirurgia por conta da apendicite. Comum entre crianças e adultos, ela é uma inflamação no apêndice, um pequeno órgão linfático localizado no intestino grosso. Apesar de muitas vezes não ser considerado um quadro muito grave, é preciso ter atenção aos sintomas da doença. O principal deles é uma dor aguda no lado direito do abdômen. Quando ela aparece, é necessário buscar um atendimento de urgência.

O que provoca a apendicite?

A apêndice é um resquício da evolução humana e a inflamação pode ocorrer em pessoas de qualquer idade, sendo mais frequente na faixa etária entre 10 a 30 anos. Geralmente, a condição surge quando algum corpo estranho — desde sementes de frutas à parasitas — obstrui o órgão, causando inchaço. Em todos os casos, as bactérias que já são naturais da apêndice proliferam, causando infecção, abscessos e, até mesmo, o rompimento do órgão.

A dor abdominal é o principal sintoma da apendicite

A forte dor abdominal no lado direito é o um indício de que você pode estar com apendicite. Na altura do umbigo, o incômodo costuma ser fraco no início, mas em poucas horas fica mais agudo e severo. Quando o estágio da doença é mais avançado, um toque sobre o local dolorido pode ser insuportável. É importante ficar atento a outros sintomas que também podem denunciar a doença, como náusea, vômito, febre e apetite reduzido. A inflamação também pode vir seguida de calafrios, diarréia e tremores.

Não existe uma fórmula mágica para indicar se a dor sentida pelo paciente é provocada por apendicite ou não. Por isso a importância de buscar um atendimento médico de emergência quando o incômodo der os primeiros sinais. Só o médico vai determinar o diagnóstico com base no seu quadro clínico e exames laboratoriais e de imagem.

Tratamento para apendicite é cirúrgico

Para tratar a apendicite, é necessário realizar um pequeno procedimento cirúrgico. A apendicectomia, como é conhecida, é o processo de remoção completa do órgão inflamado. Essa retirada não traz riscos ou complicações à vida do paciente no futuro, já que o apêndice não tem uma função específica no organismo. Caso o diagnóstico seja feito na fase inicial da inflamação, é possível removê-lo logo após o problema ser percebido.

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Ver mais