Voltar para home page
Saúde

Bebês e crianças precisam de algum cuidado especial durante a pandemia?

Veja dicas de como cuidar de bebês e crianças durante a pandemia!

Veja dicas de como cuidar de bebês e crianças durante a pandemia!

Higienizar as mãos, usar máscaras de proteção e evitar tocar olhos, boca e nariz são algumas das medidas recomendadas pelos principais órgãos de saúde para conter o avanço do novo coronavírus. Mas como cuidar de crianças e bebês durante uma pandemia? O que você deve fazer ou evitar para preservar a saúde do seu filho? Eles precisam de um cuidado especial? Descubra como proteger os pequenos durante esse momento tão difícil.

Recém-nascidos e quarentena: mães estão se adaptando a uma nova realidade

Muita coisa teve que ser adaptada para o nascimento de bebês durante a quarentena. Para começar, nada de visitas ou mesmo a contratação de fotógrafos para registrarem o momentos. Os presentes também tiveram que esperar. Alguns cuidados também são importantes dentro de casa: se receber alguma visita essencial, a pessoa deve tomar banho e trocar as roupas antes de se aproximar do bebê. É importante também usar máscara durante o contato.

Na rotina de casa, vale o mesmo protocolo: sempre fazer a higienização completa ao chegar em casa. Antes de pegar ou tocar no recém-nascido, lave bem as mãos. O isolamento deve ser seguido à risca e é importante que a mãe não fique responsável pelas idas ao supermercado ou farmácias.

Lavar as mãos corretamente é a melhor forma de prevenção para todas as idades

A higienização das mãos é a melhor forma de prevenção, tanto para adultos quanto para crianças. Mas, pode ser um grande desafio ensinar para os pequenos por que se deve sempre lavar as mãos com água e sabão e usar álcool 70%. A boa notícia é que na internet existem diversas formas criativas de mostrar como esses cuidados são importantes, como vídeos com músicas e personagens infantis e até o famoso experimento com glitter, que mostra como o vírus pode se disseminar com o toque.

Manter a vacinação em dia é fundamental

A imunidade infantil é frágil. Durante os primeiros anos de vida, o sistema imunológico ainda está se desenvolvendo e as crianças e os bebês são mais vulneráveis a ação de microorganismos que podem causar doenças, como os vírus e bactérias. Apesar de ainda não haver uma vacina para o vírus causador da covid-19, manter a vacinação do seu filho em dia garante um corpo mais forte e mais resistente à outras infecções respiratórias que podem enfraquecer as defesas do organismo. Siga todas as orientações para sair de casa e leve o seu bebê ou criança para tomar as vacinas na data estipulada.

Leite materno ajuda a proteger os bebês de infecções

A amamentação é a melhor forma de cuidar da saúde os bebês e garantir um sistema imune mais forte. Embora a maioria das fórmulas infantis prontas serem muito nutritivas, o leite materno é insubstituível, ele é um superalimento que contém substâncias, como a imunoglobulina A, que não estão presentes nesses produtos e que protegem o corpo da criança de diversas infecções.

É importante cuidar da saúde mental infantil

É importante se atentar também para a saúde mental dos pequenos. O isolamento social pode provocar grande estresse emocional e ansiedade, e esse momento pode ser ainda mais difícil para as crianças. Elas também estão tendo que se adaptar a uma rotina totalmente diferente e não estão mais vendo os amiguinhos ou indo para a escola, por isso podem ficar ansiosas e tristes. Jogos de tabuleiro, videogames e atividades artísticas, como desenho e pintura, são ótimas maneiras de distrair as crianças.

As crianças também podem se sentir desmotivadas e estudar a distância pode ser difícil, por isso, a ajuda dos pais nessas horas é fundamental. Vale lembrar que as crianças costumam repetir o comportamento dos adultos, portanto é fundamental manter uma atitude positiva para que elas se sintam seguras e calmas.

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais