Voltar para home page
Saúde

Células-tronco: como funciona e como a tecnologia pode atuar em diversos tratamentos?

As células-tronco se desenvolvem ainda na fase embrionária

As células-tronco se desenvolvem ainda na fase embrionária

As células-tronco constituem uma tecnologia com muito potencial para revolucionar diversos tratamentos de saúde. Pesquisadores ao redor do mundo estudam as características e novas aplicações dessa inovação. As células-tronco se desenvolvem no organismo ainda na fase embrionária e, depois do nascimento, permanecem em pequena quantidade na maioria dos órgãos. A principal função é proporcionar uma renovação constante no local do corpo onde estão inseridas. É justamente por esse aspecto renovador que as células-tronco podem servir para reparar tecidos danificados. Câncer, doenças degenerativas, problemas cardíacos, mal de Parkinson e mal de Alzheimer são alguns casos que podem ser beneficiados com as pesquisas.

Quais são os tipos de células-tronco?

Os tipos mais comuns de células-tronco são:

Células-tronco embrionárias: encontradas na fase inicial da gestação, essas células podem se transformar em qualquer célula adulta do corpo ou na placenta. Ou seja, a célula-tronco embrionária pode evoluir para qualquer uma das mais de 200 células que compõem o organismo.

Células-tronco adultas: esse tipo é extraído, principalmente, na medula óssea e no material do cordão umbilical. Segundo a Rede Nacional de Terapia Celular (RNTC), cada órgão do corpo possui uma quantidade mínima de células-tronco que ajudam na regeneração das células durante a vida. Elas são menos funcionais do que as embrionárias.

Células-tronco induzidas: muitas pesquisas têm utilizado as células produzidas em laboratório a partir da pele. Basicamente, elas são reprogramadas para voltarem à fase de uma célula-tronco embrionária.

Como as células-tronco podem ser utilizadas?

Centenas de cientistas e centros de pesquisa têm utilizado as células-tronco na tentativa de encontrar caminhos para o tratamento de diversas doenças. De acordo com a Rede Nacional de Terapia Celular, os estudos sobre esse material são muito importantes para entender o desenvolvimento dos organismos e manutenção das células durante a vida - o que pode ser uma resposta para entender as modificações que o organismo passa ao ser afetado por alguma doença.

As pesquisas de terapia celular, por exemplo, buscam formas de substituir células doentes por outras que funcionem corretamente. Cientistas também têm estudado a possibilidade de utilizar as células-tronco no tratamento da diabetes tipo I. A ideia é estimular o pâncreas a voltar com a sua capacidade de produzir insulina. Atualmente, as células-tronco já são usadas para transplantes de medula óssea. O tratamento é utilizado para lidar com alguns tipos de leucemia, anemias e outras síndromes que atingem o sistema hematopoiético.

Últimas novidades

O que é autismo? Entenda mais sobre o Transtorno do Espectro Autista

Saúde

O que é autismo? Entenda mais sobre o Transtorno do Espectro Autista

O autismo (ou Transtorno do Espectro Autista, o TEA) é uma condição psiquiátrica que atinge aproximadamente 2 milhões de pessoas no Brasil. O transtorno leva a alcunha de “espectro” por interferir e dificultar várias áreas do desenvolvimento humano: socialização, comunicação verbal e não-verbal, aprendizagem e emoções. O TEA pode se manifestar em diferentes níveis e intensidade, o que define quais áreas serão mais afetadas.

O que 30 minutos de caminhada por dia fazem por você?

Exercício físico

O que 30 minutos de caminhada por dia fazem por você?

Além de garantir um corpo mais saudável, fazer exercícios físicos pode prevenir muitas doenças. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o sedentarismo o quarto maior fator de risco de morte no mundo, mas nem todos têm tempo ou dinheiro para, por exemplo, frequentar uma academia. Por outro lado, caminhar é uma alternativa simples, fácil e indicada para todas as idades. Descubra os benefícios que apenas 30 minutos de caminhada por dia podem fazer por você!

Quando a febre indica que é hora de procurar um médico?

Saúde

Quando a febre indica que é hora de procurar um médico?

A febre é um aumento da temperatura corporal e costuma ser um sinal de que algo não vai bem. Geralmente, é indicativo de que o organismo está combatendo alguma infecção causada por algum vírus ou bactéria. A febre pode ser um sintoma de uma simples gripe, mas também de doenças mais graves, como dengue, zika e chikungunya, por isso é muito importante saber a hora certa de trocar os cuidados caseiros pela ajuda médica.

7 sinais que indicam a depressão

Terapias

7 sinais que indicam a depressão

A depressão é uma doença psiquiátrica séria que atinge, em média, 2 milhões de pessoas por ano em todo o Brasil. Por muito tempo tratada como um momento breve de tristeza, a depressão está desenhando seus contornos na medicina e sendo considerada como realmente é: uma doença real, perigosa e que pode ser fatal se não tratada corretamente. Para isso, é necessário que o paciente receba o máximo de apoio de familiares e amigos, além de tratamento,. Se você suspeita que algum conhecido pode estar entrando em depressão, fique atento a 7 sinais que ele pode manifestar.

Ver mais