Voltar para home page
Saúde

Cirurgias a laser: quais são as aplicações e benefícios da tecnologia?

Cirurgia a laser é um procedimento menos invasivo e com a recuperação mais rápida

Cirurgia a laser é um procedimento menos invasivo e com a recuperação mais rápida

Hoje em dia muitas cirurgias são feitas com instrumentos que emitem laser em vez do tradicional laser. O procedimento trata-se de uma radiação eletromagnética que é usada para realizar o corte dos tecidos durante uma intervenção cirúrgica. Com o avanço da tecnologia, as cirurgias a laser estão ficando cada vez mais comuns e, devido ao menor tempo de recuperação, o procedimento costuma ser priorizado em áreas como oftalmologia, coloproctologia e neurologia.

Cirurgias a laser possibilitaram a realização de procedimentos menos invasivos

Durante a década de 70, o laser foi introduzido na coloproctologia (especialidade médica cirúrgica que cuida das doenças do intestino grosso, do reto e ânus), possibilitando para muitos pacientes um pós-operatório com menos dor e complicações - que se manifestava com sangramentos, problemas de cicatrização e o ressurgimento das doenças. Assim, se tornou comum o uso do laser em casos de hemorroidectomias, fissurectomias, fistulectomias, cisto sacro-coccígeo ou cisto pilonidal e HPV anal.

De acordo com a Academia Nacional de Medicina, o uso do laser nos casos de cirurgia na próstata provocou uma redução de aproximadamente 83% no tempo de operação e ainda possibilitou que a internação fosse de apenas um dia, representando uma queda de 63% no tempo de alta dos pacientes.

Laser também é utilizado na neurocirurgia

Segundo a Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC), aproximadamente 30% dos casos de hidrocefalia (acúmulo de líquido nas cavidades internas do cérebro) podem ser tratados com o laser. A técnica reduz custos, riscos de complicações e ainda exclui a necessidade de implantes definitivos da prótese de derivação ventricular. O procedimento também pode ser feito para tratar quadros de hidrocefalia secundária a estenose de aqueduto, neurocisticercose e tumores intraventriculares.

Laser é utilizado em cirurgias refrativas e de catarata

Os principais métodos de correção de grau são feitos com o laser (PRK ou Lasik), pois eles são mais precisos e seguros que as cirurgias que usam bisturis. As cirurgias refrativas são indicadas para tratar casos de miopia, hipermetropia e astigmatismo. A Associação Brasileira de Catarata e Cirurgia Refrativa (ABCCR) afirma que a cirurgia é recomendada para tratar casos em que os pacientes tenham dificuldades em focar e enxergar imagens com nitidez. As cirurgias de catarata também costumam utilizar o laser, devido a rapidez e facilidade do processo, que leva cerca de 20 minutos e dispensa a necessidade de internação.

Últimas novidades

O que é autismo? Entenda mais sobre o Transtorno do Espectro Autista

Saúde

O que é autismo? Entenda mais sobre o Transtorno do Espectro Autista

O autismo (ou Transtorno do Espectro Autista, o TEA) é uma condição psiquiátrica que atinge aproximadamente 2 milhões de pessoas no Brasil. O transtorno leva a alcunha de “espectro” por interferir e dificultar várias áreas do desenvolvimento humano: socialização, comunicação verbal e não-verbal, aprendizagem e emoções. O TEA pode se manifestar em diferentes níveis e intensidade, o que define quais áreas serão mais afetadas.

O que 30 minutos de caminhada por dia fazem por você?

Exercício físico

O que 30 minutos de caminhada por dia fazem por você?

Além de garantir um corpo mais saudável, fazer exercícios físicos pode prevenir muitas doenças. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera o sedentarismo o quarto maior fator de risco de morte no mundo, mas nem todos têm tempo ou dinheiro para, por exemplo, frequentar uma academia. Por outro lado, caminhar é uma alternativa simples, fácil e indicada para todas as idades. Descubra os benefícios que apenas 30 minutos de caminhada por dia podem fazer por você!

Quando a febre indica que é hora de procurar um médico?

Saúde

Quando a febre indica que é hora de procurar um médico?

A febre é um aumento da temperatura corporal e costuma ser um sinal de que algo não vai bem. Geralmente, é indicativo de que o organismo está combatendo alguma infecção causada por algum vírus ou bactéria. A febre pode ser um sintoma de uma simples gripe, mas também de doenças mais graves, como dengue, zika e chikungunya, por isso é muito importante saber a hora certa de trocar os cuidados caseiros pela ajuda médica.

7 sinais que indicam a depressão

Terapias

7 sinais que indicam a depressão

A depressão é uma doença psiquiátrica séria que atinge, em média, 2 milhões de pessoas por ano em todo o Brasil. Por muito tempo tratada como um momento breve de tristeza, a depressão está desenhando seus contornos na medicina e sendo considerada como realmente é: uma doença real, perigosa e que pode ser fatal se não tratada corretamente. Para isso, é necessário que o paciente receba o máximo de apoio de familiares e amigos, além de tratamento,. Se você suspeita que algum conhecido pode estar entrando em depressão, fique atento a 7 sinais que ele pode manifestar.

Ver mais