Voltar para home page
Saúde

Cirurgias a laser: quais são as aplicações e benefícios da tecnologia?

Cirurgia a laser é um procedimento menos invasivo e com a recuperação mais rápida

Cirurgia a laser é um procedimento menos invasivo e com a recuperação mais rápida

Hoje em dia muitas cirurgias são feitas com instrumentos que emitem laser em vez do tradicional laser. O procedimento trata-se de uma radiação eletromagnética que é usada para realizar o corte dos tecidos durante uma intervenção cirúrgica. Com o avanço da tecnologia, as cirurgias a laser estão ficando cada vez mais comuns e, devido ao menor tempo de recuperação, o procedimento costuma ser priorizado em áreas como oftalmologia, coloproctologia e neurologia.

Cirurgias a laser possibilitaram a realização de procedimentos menos invasivos

Durante a década de 70, o laser foi introduzido na coloproctologia (especialidade médica cirúrgica que cuida das doenças do intestino grosso, do reto e ânus), possibilitando para muitos pacientes um pós-operatório com menos dor e complicações - que se manifestava com sangramentos, problemas de cicatrização e o ressurgimento das doenças. Assim, se tornou comum o uso do laser em casos de hemorroidectomias, fissurectomias, fistulectomias, cisto sacro-coccígeo ou cisto pilonidal e HPV anal.

De acordo com a Academia Nacional de Medicina, o uso do laser nos casos de cirurgia na próstata provocou uma redução de aproximadamente 83% no tempo de operação e ainda possibilitou que a internação fosse de apenas um dia, representando uma queda de 63% no tempo de alta dos pacientes.

Laser também é utilizado na neurocirurgia

Segundo a Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC), aproximadamente 30% dos casos de hidrocefalia (acúmulo de líquido nas cavidades internas do cérebro) podem ser tratados com o laser. A técnica reduz custos, riscos de complicações e ainda exclui a necessidade de implantes definitivos da prótese de derivação ventricular. O procedimento também pode ser feito para tratar quadros de hidrocefalia secundária a estenose de aqueduto, neurocisticercose e tumores intraventriculares.

Laser é utilizado em cirurgias refrativas e de catarata

Os principais métodos de correção de grau são feitos com o laser (PRK ou Lasik), pois eles são mais precisos e seguros que as cirurgias que usam bisturis. As cirurgias refrativas são indicadas para tratar casos de miopia, hipermetropia e astigmatismo. A Associação Brasileira de Catarata e Cirurgia Refrativa (ABCCR) afirma que a cirurgia é recomendada para tratar casos em que os pacientes tenham dificuldades em focar e enxergar imagens com nitidez. As cirurgias de catarata também costumam utilizar o laser, devido a rapidez e facilidade do processo, que leva cerca de 20 minutos e dispensa a necessidade de internação.

Últimas novidades

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Bem-estar

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Para manter a saúde em dia, é essencial ter cuidado com a alimentação. Uma dieta equilibrada e rica em nutrientes pode prevenir diversas doenças e ajudar a tratar outras. As fibras, por exemplo, não são nutrientes, mas são elementos essenciais para o sistema digestivo e que melhoram a função intestinal, prevenindo diversas doenças. Por isso, é muito importante ter uma alimentação abundante nessa substância. Descubra aqui 10 alimentos ricos em fibras para incluir na sua dieta.

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

Saúde

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

O câncer de pele é um dos mais frequentes no Brasil. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse tipo de câncer representa 25% dos tumores malignos identificados no país, o que significa que cerca de 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença. A principal causa desse tipo de câncer é o excesso de exposição solar, que resulta no crescimento descontrolado das células presentes na pele. O câncer de pele é discreto e normalmente se manifesta com pequenas pintas que crescem devagar, que às vezes nem parecem preocupantes. Por isso, é importante ficar atento a qualquer irregularidade na pele. Confira abaixo tudo sobre o câncer de pele!

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Saúde

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 17 milhões de pessoas morrem de problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio, todos os anos no mundo. Em casos de ataque cardíaco, receber os cuidados médicos necessários o quanto antes pode salvar muitas vidas. Por isso, é fundamental ser capaz de identificar um infarto e saber o que fazer de imediato. Veja algumas dicas abaixo!

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

Saúde

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

As pedras na vesícula são mais comuns do que se imagina e podem aparecer por diferentes razões. A principal função da vesícula é servir de recipiente para a bile, um líquido produzido no tecido hepático que auxilia na digestão dos alimentos e seus nutrientes. Mas o que acontece quando esse órgão é afetado por um desequilíbrio? A bile começa a empedrar - e é aí que surgem os cálculos biliares, popularmente conhecidos como pedras na vesícula. Entenda mais abaixo!

Ver mais