Voltar para home page
Saúde

Como a endoscopia é feita e quais as recomendações?

A endoscopia é um procedimento seguro e indicado no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema digestivo

A endoscopia é um procedimento seguro e indicado no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema digestivo

Você já ouviu falar na endoscopia? Este exame médico coleta imagens em tempo real das cavidades do sistema digestivo, sendo fundamental para o diagnóstico de doenças e até alguns tratamentos. Ele é realizado com um nível de sedação que vai depender da complexidade do procedimento, que pode ser tanto para avaliar uma gastrite quanto retirar tumores. Veja abaixo como o exame é feito, para que serve e quais são os casos recomendados para se fazer a endoscopia.

Para que serve a endoscopia?

O exame de endoscopia serve para o diagnóstico de variadas doenças que podem atingir o aparelho digestivo. Dentre as doenças mais comuns estão a gastrite, úlceras, pólipos, doenças infecciosas, refluxo e câncer (sendo de estágio inicial ou avançado). Para além disso, a endoscopia pode funcionar como um tratamento propriamente dito para essas doenças. Pela endoscopia é possível introduzir sondas no estômago para ajudar os pacientes que estão impossibilitados de se alimentar ou até mesmo retirar tumores malignos e pólipos quando estão em fases iniciais.

Como é feita a endoscopia?

O médico endoscopista introduz um tubo, tecnicamente chamado de endoscópio, pela boca do paciente sedado. Esse tubo possui uma câmera em sua extremidade, que tem objetivo de obter imagens ao vivo para que o profissional investigue se existe algum problema em seu aparelho digestivo. A pessoa que será examinada precisa estar sedada e deitada na maca de lado. Enquanto o procedimento é feito, o paciente fica com um objeto na boca para mantê-la aberta e facilitar a examinação. O processo costuma durar cerca de 20 minutos, podendo variar de caso para caso.

Quais as recomendações para fazer a endoscopia?

A endoscopia é um teste seguro, mas que envolve o uso de anestesia. Pessoas com obesidade mórbida e doenças cardíacas precisam realizar o exame em hospitais, já que podem necessitar de outros tipos de intervenção durante o procedimento. A endoscopia não é usualmente recomendada para grávidas, com exceção dos casos mais graves de sangramentos, onde há suspeita de grande risco à saúde da mãe e do bebê.

No dia do procedimento o paciente deve estar acompanhando, principalmente porque o sedativo interfere nos reflexos. O repouso após o procedimento é recomendado pelo resto do dia, oferecendo o direito de atestado médico de 1 dia. Antes da realização do exame, é indicado que se faça uma refeição leve e fique de jejum por no mínimo oito horas. A água geralmente é liberada até quatro horas antes do exame. No entanto, é sempre bom checar essas e outras informações no local onde você realizará o exame

A endoscopia pode ser feita até em bebês, não tendo limite de idade para sua realização. O procedimento, por sua vez, é invasivo e só é recomendado quando realmente existe necessidade de investigar alguma possível doença ou em atendimentos médicos de urgência.

Últimas novidades

Exercício físico em casa: a pandemia é mais um motivo para ele ser seu grande aliado

Exercício físico

Exercício físico em casa: a pandemia é mais um motivo para ele ser seu grande aliado

Fazer atividade física sempre foi importante - e isso não é segredo para ninguém. Durante a pandemia do coronavírus, a população teve que ajustar sua rotina de exercícios para uma nova realidade. As academias ficaram fechadas por um tempo e algumas pessoas ainda não se sentem seguras para correr ou fazer qualquer outra atividade nas ruas.

Como escovar os dentes corretamente? Veja o passo a passo para não errar!

Odontologia

Como escovar os dentes corretamente? Veja o passo a passo para não errar!

Cuidar da higiene bucal é algo que deve fazer parte da rotina. Além de garantir um sorriso mais limpo, bonito e saudável, essa é a maneira mais eficiente de evitar problemas como a cárie, o tártaro e a gengivite. De uma maneira geral, a recomendação é que a escovação dos dentes seja feita pelo menos três vezes ao dia após as principais refeições - café da manhã, almoço e jantar.

Acupuntura: entenda o que é essa terapia, indicações e efeitos na saúde

Terapias

Acupuntura: entenda o que é essa terapia, indicações e efeitos na saúde

A acupuntura é uma técnica oriental que consiste no uso de agulhas em partes específicas do corpo com o objetivo de melhorar o bem-estar individual e promover o equilíbrio do corpo. Inclusive, a acupuntura é tão benéfica que vem sendo cada vez mais indicada como terapia complementar para diversas doenças que afetam a parte física e psicológica. Para entender melhor como o procedimento funciona, para quem ele é indicado e quais são os benefícios da acupuntura para o corpo, o Cuidados Mil reuniu as principais informações sobre isso. Confira!

O que é a segunda onda de Covid-19 e o que a população pode fazer para evitá-la?

Saúde

O que é a segunda onda de Covid-19 e o que a população pode fazer para evitá-la?

O termo “segunda onda” é utilizado quando novos surtos começam a ocorrer após uma queda na taxa de transmissão do vírus. No caso da Covid-19, os especialistas alertaram sobre a possibilidade, mesmo que houvesse um achatamento significativo na curva de infectados. Historicamente, das oito pandemias que já ocorreram no mundo desde 1700, pelo menos sete tiveram mais de uma onda em alguma parte do mundo.

Ver mais