Voltar para home page
Saúde

Como a endoscopia é feita e quais as recomendações?

A endoscopia é um procedimento seguro e indicado no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema digestivo

A endoscopia é um procedimento seguro e indicado no diagnóstico e tratamento de doenças do sistema digestivo

Você já ouviu falar na endoscopia? Este exame médico coleta imagens em tempo real das cavidades do sistema digestivo, sendo fundamental para o diagnóstico de doenças e até alguns tratamentos. Ele é realizado com um nível de sedação que vai depender da complexidade do procedimento, que pode ser tanto para avaliar uma gastrite quanto retirar tumores. Veja abaixo como o exame é feito, para que serve e quais são os casos recomendados para se fazer a endoscopia.

Para que serve a endoscopia?

O exame de endoscopia serve para o diagnóstico de variadas doenças que podem atingir o aparelho digestivo. Dentre as doenças mais comuns estão a gastrite, úlceras, pólipos, doenças infecciosas, refluxo e câncer (sendo de estágio inicial ou avançado). Para além disso, a endoscopia pode funcionar como um tratamento propriamente dito para essas doenças. Pela endoscopia é possível introduzir sondas no estômago para ajudar os pacientes que estão impossibilitados de se alimentar ou até mesmo retirar tumores malignos e pólipos quando estão em fases iniciais.

Como é feita a endoscopia?

O médico endoscopista introduz um tubo, tecnicamente chamado de endoscópio, pela boca do paciente sedado. Esse tubo possui uma câmera em sua extremidade, que tem objetivo de obter imagens ao vivo para que o profissional investigue se existe algum problema em seu aparelho digestivo. A pessoa que será examinada precisa estar sedada e deitada na maca de lado. Enquanto o procedimento é feito, o paciente fica com um objeto na boca para mantê-la aberta e facilitar a examinação. O processo costuma durar cerca de 20 minutos, podendo variar de caso para caso.

Quais as recomendações para fazer a endoscopia?

A endoscopia é um teste seguro, mas que envolve o uso de anestesia. Pessoas com obesidade mórbida e doenças cardíacas precisam realizar o exame em hospitais, já que podem necessitar de outros tipos de intervenção durante o procedimento. A endoscopia não é usualmente recomendada para grávidas, com exceção dos casos mais graves de sangramentos, onde há suspeita de grande risco à saúde da mãe e do bebê.

No dia do procedimento o paciente deve estar acompanhando, principalmente porque o sedativo interfere nos reflexos. O repouso após o procedimento é recomendado pelo resto do dia, oferecendo o direito de atestado médico de 1 dia. Antes da realização do exame, é indicado que se faça uma refeição leve e fique de jejum por no mínimo oito horas. A água geralmente é liberada até quatro horas antes do exame. No entanto, é sempre bom checar essas e outras informações no local onde você realizará o exame

A endoscopia pode ser feita até em bebês, não tendo limite de idade para sua realização. O procedimento, por sua vez, é invasivo e só é recomendado quando realmente existe necessidade de investigar alguma possível doença ou em atendimentos médicos de urgência.

Últimas novidades

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

Saúde

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

A saúde mental na adolescência e juventude é um assunto muito importante e que deve ser falado. Essa é uma fase de mudanças em todos os sentidos, que quase sempre vêm acompanhadas de dúvidas e cobranças.  Qual profissão devo seguir? Como conseguir emprego? Será que devo me casar? Está na hora de ter filhos? Aluguel ou casa própria? Se pudéssemos olhar dentro da mente de um jovem, certamente encontraremos mais perguntas do que respostas.

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Terapias

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Nem todo mundo sabe quais são as diferenças entre psicólogo e psiquiatra, mas cada profissional tem uma função bem específica dentro do campo da saúde mental. Tudo começa, inclusive, pela formação de cada profissional, já que são especializados em áreas diferentes. Em muitos casos, o psicólogo e o psiquiatra trabalham em conjunto e de forma complementar, cada um auxiliando em um aspecto da vida do paciente.

Como é feito o tratamento de canal?

Odontologia

Como é feito o tratamento de canal?

Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para manter um sorriso bonito. Consultas regulares ao dentista são super importantes, pois alguns procedimentos de rotina são necessários e somente o especialista poderá avaliar, por exemplo, quando realizar o tratamento de canal.  Só de ouvir o nome, a maioria das pessoas tem receio de realizar esse procedimento. Para esclarecer como é realizado o tratamento de canal, quais são as etapas e quais os cuidados necessários após o procedimento, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Saúde

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Com a pandemia do novo coronavírus, as vacinas voltaram a ser a prioridade entre a comunidade científica e a própria população. O que poucos sabem é que as vacinas fazem parte da realidade há séculos e são consideradas umas das principais medidas preventivas contra doenças graves. No Brasil, a vacina surgiu em 1804 para combater a varíola, um quadro contagioso e muito perigoso para a época, mas que já foi erradicado depois de uma campanha de vacinação em massa organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) por volta de 1970. Ainda assim, muitas pessoas não entendem o processo de desenvolvimento de imunizações e nem a importância de não deixar de se vacinar.

Ver mais