Voltar para home page
Bem-estar

Como cuidar da sua saúde mental em tempos de quarentena e distanciamento social?

Os cuidados com a saúde mental são fortes aliados em tempos de pandemia e isolamento social

Os cuidados com a saúde mental são fortes aliados em tempos de pandemia e isolamento social

Pessoas do mundo inteiro estão em estado de quarentena por conta da pandemia do novo coronavírus. Por recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) e outras autoridades de saúde, o isolamento social é uma medida eficaz para desacelerar a disseminação da Covid-19. Mas como a população tem sentido isso? Acompanhar a evolução da doença pelo mundo gera bastante medo e incerteza. Por outro lado, ficar em casa o tempo todo, mesmo trabalhando ou estudando, pode ser um gatilho para o surgimento de transtornos psicológicos, como ansiedade e estresse. Essas condições afetam os hábitos de sono, alimentação, relacionamentos e desencadeiam muitos sentimentos conflitantes.

Cuidar da saúde mental precisa ser uma prioridade diante da incerteza do momento - afinal, estudiosos projetam que o mundo pode demorar a se estabilizar por causa dos efeitos da pandemia. Para te ajudar neste momento, o Cuidados Mil separou algumas dicas para se manter mentalmente saudável e equilibrado durante a quarentena.

Fortaleça sua rede de apoio na quarentena

Em tempos de distanciamento social, nunca houve tanta necessidade de estreitar laços. Dentro de casa, faça atividades que envolvam seu parceiro ou parceira, filhos e pets. Um jantar diferente, uma noite de jogos, cinema no sofá e brincadeiras são uma forma de passar o tempo, se divertir e se aproximar das pessoas que ama. Por outro lado, mesmo de longe você pode ter uma rede de apoio com familiares e amigos: use a tecnologia a seu favor e faça chamadas de vídeo.

Se você faz algum acompanhamento psicológico, não deixe de lado durante a quarentena. Converse com seu terapeuta sobre a possibilidade de fazer uma sessão por chamada de vídeo ou telefone. Mais do que nunca, é preciso ter um apoio para manter a saúde mental.

Aprender algo novo pode te ajudar a ter um propósito na quarentena

Com mais tempo livre, que tal usar isso a seu favor e se dedicar a aprender algo que sempre quis? Tocar um instrumento, costurar, uma nova língua, um curso da sua área, artesanato… existem várias opções. Aproveite que muitas marcas e produtores de conteúdo estão disponibilizando na internet uma variedade enorme de materiais para espalhar conhecimento e tente algo diferente.

Cuide do seu corpo para uma mente mais equilibrada

O estado geral da sua saúde se reflete muito na mente. Por isso, não deixe de se cuidar na quarentena. Ficando dentro de casa o tempo todo, é muito importante arrumar um jeito de se movimentar para compensar a mudança na rotina. Yoga, dança e exercícios localizados são ótimas opções - também tem muita academia e profissionais de educação física disponibilizando aulas onlines e sem custo. É importante também cuidar da sua alimentação e consumir alimentos que ajudam a manter a imunidade regulada, como aqueles que são ricos em vitamina C.

Manter uma rotina vai te ajudar a ter mais controle do tempo e obrigações que precisa manter mesmo em casa. Faça refeições nos mesmos horários que costumava fazer antes da quarentena e também tente dormir e acordar em horários regulares, com pelo menos oito horas de sono. Se você está trabalhando ou estudando em casa, também é importante seguir da mesma forma que fazia antes. Procure um lugar tranquilo e arejado da casa para evitar distrações.

Sem cobranças na quarentena: se permita sentir o momento

Por último: está tudo bem se você não conseguir manter uma agenda lotada na quarentena com atividades físicas, cursos, chamadas de vídeo e lives de artistas nas redes sociais. Se permita absorver o que está acontecendo no mundo e não coloque um peso a mais nas costas. Ou seja, não transfira a pressão. É importante manter um equilíbrio na vida nesse momento e a cobrança não vai te ajudar.

Em momentos de estresse e ansiedade, busque algo que te ajude a desacelerar - seja uma música, meditação, leitura, um filme de comédia ou simplesmente fazer nada. Cuidar da sua saúde mental também é permitir a pausa.

Últimas novidades

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Saúde

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Os resultados de uma vacina contra a Covid-19 podem estar próximos. A pandemia do novo coronavírus alterou o modo de vida da sociedade. O isolamento social trouxe novas formas de consumo, hábitos e trabalho, além da forma como lidamos com a saúde. Desde então, muitos institutos de pesquisa espalhados pelo mundo estão estudando os efeitos do vírus e possibilidades de imunização.

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

Saúde

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

A sensação de formigamento nas mãos é algo comum para muita gente e, embora seja um sintoma simples, precisa de atenção. Isso porque diversos motivos podem estar por trás do formigamento, desde um problema de circulação até um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O indicado é observar o quadro e, dependendo da forma como se manifesta, o atendimento médico pode ser necessário.

Quais as principais causas de queda de cabelo?

Saúde

Quais as principais causas de queda de cabelo?

A queda de cabelo é um problema muito comum, mas quando identificar se está perdendo mais fios do que o considerado saudável? O normal é que uma pessoa perca de 100 a 150 fios por dia de forma natural para que o cabelo cresça novamente. Quando a quantidade ultrapassa isso, é sinal de que pode haver um problema clínico por trás. A queda excessiva de cabelo pode ser observada na escovação diária, durante a lavagem ou até mesmo depois de acordar, quando se percebe muitos fios no travesseiro.

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

Bem-estar

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

A quarentena tem afetado, em grande parte da população, o modo de viver e de interagir com o mundo. Viver numa situação de pandemia também trouxe muita preocupação, que se reflete em ansiedade e distúrbios do sono. Insônia, sono muito leve, acordar várias vezes, não conseguir manter uma rotina de sono ou se sentir extremamente cansado mesmo depois de dormir bem são os problemas mais comuns nesse período de isolamento social.

Ver mais