Voltar para home page
Odontologia

Como escovar os dentes corretamente? Veja o passo a passo para não errar!

A higiene bucal correta deve fazer parte da rotina

A higiene bucal correta deve fazer parte da rotina

Cuidar da higiene bucal é algo que deve fazer parte da rotina. Além de garantir um sorriso mais limpo, bonito e saudável, essa é a maneira mais eficiente de evitar problemas como a cárie, o tártaro e a gengivite. De uma maneira geral, a recomendação é que a escovação dos dentes seja feita pelo menos três vezes ao dia após as principais refeições - café da manhã, almoço e jantar. Mas, embora pareça uma tarefa simples, nem todo mundo sabe como escovar os dentes corretamente, o que pode favorecer o surgimento de placas bacterianas e outros problemas bucais. Se essa é uma questão que te aflige, não precisa mais se preocupar: elaboramos um passo a passo de como fazer a higiene oral da melhor forma possível. Confira!

A grande dúvida: o fio dental vem antes ou depois de escovar os dentes?

Essa é provavelmente uma das dúvidas mais comuns quando o assunto é higiene bucal. O mais indicado, na verdade, é passar o fio dental antes da escovação. Depois de remover toda a placa bacteriana que fica entre os dentes com o fio, a escova cumpre o papel de eliminar completamente essa sujeira da superfície. Mas quem prefere passar o fio dental somente depois de escovar os dentes não é prejudicado também. O importante mesmo é não esquecer de utilizar o item diariamente, pois esta é a melhor forma de garantir dentes mais limpos.

Higiene bucal: movimentos suaves garantem uma limpeza mais eficaz

Um dos pontos mais importantes desse processo é fazer tudo sem pressa e com muita suavidade e leveza, pois movimentos muito bruscos podem acabar machucando a gengiva. Já o passo a passo de como escovar os dentes pode ser feito da seguinte forma: divida a boca em quatro partes (superior esquerda e direita, inferior esquerda direita) e repita movimentos circulares que se deslizam para frente e para trás em cada região, por cerca de 30 segundos. Não se esqueça de também escovar a parte de dentro da boca. Para auxiliar nessa tarefa, recomenda-se o uso de uma escova de dentes com cabeça pequena e arredondada e cerdas macias ou extra macias. Quanto ao creme dental, a quantidade adequada do produto é do tamanho de um grão de ervilha.

Depois de escovar os dentes, não esqueça de higienizar a língua

Muitos acabam se esquecendo desta etapa da higiene bucal, mas ela é bastante importante para se ter, além dos dentes, uma língua igualmente saudável. Essa parte do nosso corpo pode ser acometida por várias bactérias que formam uma camada esbranquiçada chamada de saburra lingual, que é a responsável pelo mau hálito. Portanto, não esqueça de escovar também essa parte no momento da higiene bucal. O ideal é utilizar a escova ou limpadores próprios com movimentos de varredura, iniciando sempre do fundo para a parte da frente.

Para finalizar a higiene oral, use um enxaguante bucal

Por último, mas não menos importante: o enxaguante bucal é bastante indicado depois da escovação, principalmente à noite, antes de dormir. Durante o dia, contudo, ele deve ser descartado, porque o uso frequente desse produto pode causar um desequilíbrio na microbiota bucal. Já à noite, o uso de enxaguante bucal garante que o seu sorriso ficará protegido por muito mais tempo, mesmo enquanto você estiver dormindo.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais