Voltar para home page
Saúde

Como funciona o cálculo de reajuste dos planos de saúde para empresas?

Você sabe como é feito o cálculo de reajuste do seu plano empresarial? Descubra!

Você sabe como é feito o cálculo de reajuste do seu plano empresarial? Descubra!

Quando o assunto é reajuste de plano de saúde empresarial, muitos gestores de contrato têm dúvidas sobre como o cálculo é feito. Sabendo da importância desse assunto, nós podemos ajudar a te explicar como funciona o processo, que pode acontecer de duas formas: reajuste anual (uma vez ao ano, no mês de aniversário do contrato) e por faixa etária (quando o beneficiário vai para outro grupo de faixa etária - segundo critério definido em contrato).

Como é feito o cálculo do reajuste anual nos planos de saúde empresariais?

Os cálculos dos índices variam segundo o número de vidas das empresas.

  • Empresas com até 29 vidas (regulamentadas pela RN 309):

Pela resolução normativa 309, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), todas as empresas com menos de 30 vidas serão reunidas em um único grupo (chamado de pool). Para elas, a operadora do plano de saúde irá aplicar a mesma taxa de reajuste anual.

O cálculo é feito pela operadora e ocorre da seguinte maneira: a soma de todos os custos gerados pelo pool em cada atendimento médico realizado dividido pelo valor que foi pago pelas empresas durante o período em análise.

A porcentagem resultante desse cálculo será informada à ANS e aplicada a todo o grupo.

  • Empresas com 30 vidas ou mais:

Para os contratos empresariais com mais de 30 vidas cadastradas ou não regulamentados pela RN 309, o valor de reajuste será exclusivo e com regras definidas em contrato. Alguns, por exemplo, levam em consideração a variação dos custos médicos com a sinistralidade (valor gerado ao utilizar o plano de saúde).

Para saber mais sobre casos específicos, é preciso verificar o contrato vigente.

Como é feito o reajuste do valor de planos de saúde por faixa etária?

Os reajustes por faixa etária obedecem aos limites da variação de preço definidos pela ANS - e também estão previstos em contrato. Ele ocorre somente quando os beneficiários do plano mudam de faixa etária.

Últimas novidades

7 coisas que você precisa saber sobre o funcionamento do fígado

Saúde

7 coisas que você precisa saber sobre o funcionamento do fígado

O fígado é o primeiro a reclamar no dia seguinte ao consumo de bebidas alcoólicas ou quando se exagera nas refeições. A ressaca ou dificuldade na digestão são os sinais mais comuns de ele não reagiu bem a alguma substância. A verdade é que esses sintomas não indicam um mau funcionamento do órgão, pois as doenças só se manifestam depois da repetição de hábitos ruins por um longo período da vida. 

Diabetes: quais os sintomas mais comuns que indicam a doença?

Saúde

Diabetes: quais os sintomas mais comuns que indicam a doença?

Não é difícil conhecer ou encontrar pessoas que convivem diariamente com a diabetes. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, mais de 13 milhões de pessoas no mundo são diagnosticados com um dos tipos da doença . O que pouca gente sabe é que, se não for controlada e acompanhada corretamente, a diabetes pode trazer consequências sérias para a vida do paciente. Por isso, mesmo que seja uma doença silenciosa, é importante ficar atento a alguns sinais, como boca seca e bexiga cheia toda hora, que podem sinalizar que algo não está certo. Confira abaixo os principais sintomas que indicam diabetes!

Como melhorar a memória? Veja algumas dicas!

Bem-estar

Como melhorar a memória? Veja algumas dicas!

Certamente você já deve ter ouvido falar que com o passar dos anos e o avanço da idade é comum esquecer algumas coisas. Mas, ainda assim, não é normal esquecer de tudo o tempo todo. Para evitar a perda de memória, existem alguns hábitos que são fundamentais, como dormir de 7 a 9 horas por dia e ter uma alimentação adequada. Confira 4 dicas que o Cuidados Mil listou de como melhorar a sua memória.

Lúpus: o que é, sintomas e tratamentos da doença autoimune

Saúde

Lúpus: o que é, sintomas e tratamentos da doença autoimune

O Lúpus Eritematoso Sistêmico, popularmente conhecido como lúpus, ocorre devido a uma produção excessiva dos anticorpos contra as próprias células do corpo ou contra as proteínas já existentes, causando danos em tecidos e órgãos. A doença autoimune, que atinge cerca de 65 mil pessoas no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Reumatologia, é mais frequente nas mulheres do que em homens. Mas, o que pouca gente sabe é que os sintomas do lúpus podem se manifestar a qualquer momento e, por isso, o tratamento deve ser feito durante toda a vida. Confira abaixo os principais sintomas e o tratamentos para a doença!

Ver mais