Voltar para home page
Bem-estar

Cuidados com a pele: conheça os principais hábitos que devem ser mantidos de acordo com a idade

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

Os cuidados com a pele são super importantes. Assim como todo o corpo, a pele passa por diversas transformações ao longo da vida. Isso acontece principalmente por conta de mudanças hormonais e dos cuidados que adotamos com ela. Por exemplo, beber muita água diariamente e evitar longa exposição ao sol ajudam a manter a viscosidade do órgão.

Mas apesar dos hábitos saudáveis fazerem toda a diferença, existem questões típicas de cada faixa etária - e, para cada uma delas, é preciso adotar um cuidado especial. Tudo começa com a identificação de qual o seu tipo de pele. Veja os hábitos que devem ser mantidos na hora de cuidar da pele.

Tipos de pele: saiba como identificar as características da sua

De acordo com os dermatologistas, as principais divisões são: normal, seca, oleosa ou mista. A normal é a que apresenta maior equilíbrio - a oleosidade é produzida na quantidade ideal, sem poros visivelmente abertos ou facilidade para ressecar. Já a seca tende a perder hidratação com facilidade e, por isso, é mais provável que sofra com fissuras.

A oleosa se caracteriza pela abertura excessiva dos poros e grande produção de sebo - como resultado, é mais comum a presença de espinhas, acnes e aparência “brilhosa”. No caso da mista, em cada área do rosto a pele apresenta uma característica diferente. A testa e o nariz, por exemplo, costumam ser mais oleosos e a bochecha, mais seca.

Saber qual o seu tipo faz toda diferença na escolha dos produtos que serão usados, como hidratantes, sabonetes e protetor solar.

Como cuidar da pele de acordo com a idade?

Durante a adolescência: essa é a fase em que as mudanças hormonais são mais presentes e, como resultado, muitos têm aumento na produção de sebo e surgimento de acnes e espinhas. Para diminuir esses sinais, é preciso procurar um dermatologista e fazer uma rotina de limpeza adequada ao seu tipo de pele. A higiene diária deverá incluir sabonete apropriado, hidratação e protetor solar. Além disso, é essencial evitar espremer as espinhas e levar as mãos ao rosto.

Dos 20 aos 30 anos: o envelhecimento da pele é um processo natural e que acontece ao longo de toda vida, mas a partir do 25 os sinais do tempo podem começar a aparecer. Por isso, além dos cuidados de higiene e proteção solar, é preciso caprichar na hidratação - tanto externa, por meio de cremes, quanto interna, pela água. Outro ponto importante é não dormir de maquiagem para evitar entupir os poros.

Dos 30 aos 40 anos: durante essa fase, a barreira natural da pele está enfraquecida. Por isso, os raios solares causam mais danos, a elasticidade é impactada e a hidratação é reduzida. Para aliviar essas questões, é essencial usar protetor solar mesmo quando o dia está nublado, cuidar da alimentação e, com orientação dermatológica, incluir séruns de vitamina C na rotina.

Dos 40 aos 50 anos: nessa fase, o ressecamento da pele é mais comum - assim como as manchas. Por isso, investir em produtos adequados para esse momento é importante. Os antioxidantes ajudam a combater os radicais livres e atenuar as questões comuns ao envelhecimento. Além disso, tenha atenção especial à região dos olhos: ela é mais delicada que o restante do rosto.

A partir dos 50 anos: com a firmeza da pele mais sensível, é importante caprichar na rotina de limpeza e hidratação da pele. Os cremes anti-idade são bons aliados na diminuição dos sinais - consulte um dermatologista para definir qual o melhor produto para sua pele.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais