Voltar para home page
Bem-estar

Cuidados com a pele: conheça os principais hábitos que devem ser mantidos de acordo com a idade

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

Os cuidados com a pele variam de acordo com a idade

Os cuidados com a pele são super importantes. Assim como todo o corpo, a pele passa por diversas transformações ao longo da vida. Isso acontece principalmente por conta de mudanças hormonais e dos cuidados que adotamos com ela. Por exemplo, beber muita água diariamente e evitar longa exposição ao sol ajudam a manter a viscosidade do órgão.

Mas apesar dos hábitos saudáveis fazerem toda a diferença, existem questões típicas de cada faixa etária - e, para cada uma delas, é preciso adotar um cuidado especial. Tudo começa com a identificação de qual o seu tipo de pele. Veja os hábitos que devem ser mantidos na hora de cuidar da pele.

Tipos de pele: saiba como identificar as características da sua

De acordo com os dermatologistas, as principais divisões são: normal, seca, oleosa ou mista. A normal é a que apresenta maior equilíbrio - a oleosidade é produzida na quantidade ideal, sem poros visivelmente abertos ou facilidade para ressecar. Já a seca tende a perder hidratação com facilidade e, por isso, é mais provável que sofra com fissuras.

A oleosa se caracteriza pela abertura excessiva dos poros e grande produção de sebo - como resultado, é mais comum a presença de espinhas, acnes e aparência “brilhosa”. No caso da mista, em cada área do rosto a pele apresenta uma característica diferente. A testa e o nariz, por exemplo, costumam ser mais oleosos e a bochecha, mais seca.

Saber qual o seu tipo faz toda diferença na escolha dos produtos que serão usados, como hidratantes, sabonetes e protetor solar.

Como cuidar da pele de acordo com a idade?

Durante a adolescência: essa é a fase em que as mudanças hormonais são mais presentes e, como resultado, muitos têm aumento na produção de sebo e surgimento de acnes e espinhas. Para diminuir esses sinais, é preciso procurar um dermatologista e fazer uma rotina de limpeza adequada ao seu tipo de pele. A higiene diária deverá incluir sabonete apropriado, hidratação e protetor solar. Além disso, é essencial evitar espremer as espinhas e levar as mãos ao rosto.

Dos 20 aos 30 anos: o envelhecimento da pele é um processo natural e que acontece ao longo de toda vida, mas a partir do 25 os sinais do tempo podem começar a aparecer. Por isso, além dos cuidados de higiene e proteção solar, é preciso caprichar na hidratação - tanto externa, por meio de cremes, quanto interna, pela água. Outro ponto importante é não dormir de maquiagem para evitar entupir os poros.

Dos 30 aos 40 anos: durante essa fase, a barreira natural da pele está enfraquecida. Por isso, os raios solares causam mais danos, a elasticidade é impactada e a hidratação é reduzida. Para aliviar essas questões, é essencial usar protetor solar mesmo quando o dia está nublado, cuidar da alimentação e, com orientação dermatológica, incluir séruns de vitamina C na rotina.

Dos 40 aos 50 anos: nessa fase, o ressecamento da pele é mais comum - assim como as manchas. Por isso, investir em produtos adequados para esse momento é importante. Os antioxidantes ajudam a combater os radicais livres e atenuar as questões comuns ao envelhecimento. Além disso, tenha atenção especial à região dos olhos: ela é mais delicada que o restante do rosto.

A partir dos 50 anos: com a firmeza da pele mais sensível, é importante caprichar na rotina de limpeza e hidratação da pele. Os cremes anti-idade são bons aliados na diminuição dos sinais - consulte um dermatologista para definir qual o melhor produto para sua pele.

Últimas novidades

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

Saúde

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

O sistema linfático engloba um complexo conjunto de órgãos, tecidos, vasos e dutos que se distribuem por todo o corpo. Sua principal função é a produção de células de defesa do organismo, o que fortalece o nosso sistema imunológico. Além disso, o sistema linfático também é responsável por filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e “devolvendo” o sangue purificado para o nosso organismo. Ou seja, na prática isso quer dizer que qualquer parte do corpo que possua circulação sanguínea tem também a circulação linfática (embora não usem os mesmos vasos, eles “dialogam”). Para facilitar a compreensão desse complexo sistema, reunimos algumas informações sobre o assunto.

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Saúde

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Doar sangue é um ato voluntário e solidário que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em uma única doação, cerca de 450 ml de sangue são coletados, o que, na prática, consegue ajudar até quatro pacientes que precisam do material para sobreviver. Contudo, é comum que algumas dúvidas apareçam ao longo do caminho para quem quer ser um doador e nunca realizou a doação antes. Quem pode doar sangue? O que é necessário para ser um doador? Quantas vezes por ano é possível fazer isso? Para esclarecer o que você precisa saber sobre o assunto, separamos as principais perguntas sobre doação de sangue e respondemos a seguir.

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

Alimentação saudável

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

A água é uma substância essencial na vida de qualquer ser vivo. Com o verão se aproximando, a ingestão desse líquido se torna ainda mais necessária na nossa rotina: seja para nos manter hidratados ou para matar a nossa sede nos dias mais quentes. O melhor de tudo é que, além de não ter calorias, a água é capaz de promover diversos benefícios para o nosso corpo, alguns já conhecidos; outros nem tanto. Ficou curioso? O Cuidados Mil te conta as vantagens que esse líquido pode trazer para a nossa vida a seguir!

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Saúde

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns quando o assunto é a saúde do homem. A doença atinge o órgão masculino que é responsável pela produção do sêmen (próstata) e raramente apresenta sintomas iniciais, e é justamente por isso que a detecção precoce é tão importante. Logo, o Novembro Azul é uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata bastante necessária, principalmente para homens com idade superior a 50 anos, que são as principais vítimas dessa doença. A seguir, separamos as principais informações sobre o câncer de próstata, como sintomas, tratamento e a melhor forma de preveni-lo.

Ver mais