Voltar para home page
Saúde

Descubra 6 mitos e verdades sobre saúde bucal

O cuidado com a saúde bucal é cercado de dúvidas

O cuidado com a saúde bucal é cercado de dúvidas

Para deixar os dentes brancos ou perfeitos, muitas pessoas acabam seguindo dicas que surgem na internet ou conselhos de familiares sobre saúde bucal. Entretanto, nem sempre essas informações são corretas. Veja alguns mitos e verdades que o seu dentista gostaria que você soubesse.

Dente e gengiva saudável influenciam a saúde geral?

VERDADE - E vice e versa também. Uma infecção de um dente pode provocar uma endocardite (inflamação do coração), e em casos mais graves uma septicemia (infecção grave no sangue). Doenças gengivais podem ser fatores de risco para doenças como diabetes e cardiopatias.

Passar fio dental faz a gengiva sangrar

MITO - Se a gengiva sangra ao passar o fio dental, significa que ela está inflamada. A principal causa de inflamação da gengiva é a placa de bactérias que se forma continuamente sobre os dentes. Portanto, se a gengiva sangra é preciso procurar um dentista para resolver esse problema.

Aparelho ortodôntico pode provocar perda óssea e perda de dentes

VERDADE - Os dentes são movimentados pela reabsorção e nova formação óssea. Se o movimento não for planejado de forma correta, pode ocorrer reabsorção óssea maior que a desejada. Por isso é importante fazer o tratamento com um profissional qualificado.

Passar o fio dental "arranca" restauração

MITO - Se a restauração saiu com o uso do fio dental é por que ela já estava solta, quebrada ou com uma infiltração muito grande. Qualquer que seja o motivo, essa restauração estava em péssimas condições e não deveria mais estar na boca. É necessário fazer uma nova restauração em condições mais adequadas.

Nem tudo que está na internet é de verdade

VERDADE – Hoje, não é difícil manipular imagens e não existe controle sobre o que é falado. Há uma série de histórias vendidas na internet e YouTube que não funcionam. Sempre que aparecer algo infalível, fique atento e pergunte ao seu dentista.

Mau hálito sempre é um problema de estômago

MEIA VERDADE - Pode sim ser um problema de estômago, mas na grande maioria o problema está na boca: placa bacteriana, inflamação da gengiva, cárie, focos de infecção, saburra da língua. Procure seu dentista para avaliar e te ajudar sempre que necessário.

Fonte: Patrícia Izabel Colombo

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais