Voltar para home page
Saúde

Dor no nervo ciático: o que é, causas, sintomas e como tratar o problema

Dor no nervo ciático pode vir acompanhada de dormência, sensação de formigamento e fraqueza no músculo

Dor no nervo ciático pode vir acompanhada de dormência, sensação de formigamento e fraqueza no músculo

Uma dor constante entre a região da lombar e o pé, que pode vir acompanhada de formigamento, dormência ou fraqueza muscular: esses sinais podem indicar um problema no nervo ciático. Algumas causas estão ligadas à condição, que pode gerar muito incômodo. Na verdade, na maioria das vezes a dor é o sintoma de algo mais complexo, que geralmente envolve a compressão ou inflamação de alguma parte desse nervo. Entenda mais sobre esse problema abaixo!

O que é o nervo ciático?

Primeiramente, é preciso entender a estrutura do nervo ciático. Ele é o maior nervo do corpo humano e é responsável pelo controle de articulações e movimentos de regiões como quadril, joelho e tornozelo. A estrutura possui diversas raízes nervosas originadas na medula espinhal. O nervo ciático começa na coluna lombar, passa pelos glúteos e segue por toda a extensão da parte posterior da coxa até chegar nos pés. A irritação ou inflamação pode causar dores em qualquer uma dessas partes.

O que causa a dor no nervo ciático?

A dor no nervo ciático nunca para ali: na maioria das vezes há algo por trás. As causas mais comuns são traumas diretos na região, como quedas e contusões, mas a má postura ou atividades repetitivas também podem ser a origem do incômodo. A hérnia de disco também gerar a inflamação, assim como outras doenças, como herpes simples e zoster, diabetes, alguns tipos de câncer, doenças autoimunes e hereditárias.

Sintomas mais comuns da inflamação no nervo ciático

Os sintomas da inflamação no nervo ciático podem variar bastante, mas geralmente a pessoa com o problema perceberá:

  • Dor que começa na lombar e segue para a área superior da coxa;
  • Perda de força muscular na perna;
  • Dormência;
  • Formigamento;
  • Sensação de choque ou agulhas na região;
  • Diminuição da sensibilidade;
  • Dificuldade de ficar muito tempo parado.

Como tratar a dor no nervo ciático depois do diagnóstico?

O diagnóstico da inflamação no nervo ciático é feita com uma análise do histórico do paciente e um exame clínico para entender onde está o incômodo. O médico pode solicitar exames de imagem para confirmar a suspeita e determinar o melhor caminho para tratamento, que vai agir na raiz do problema.

As formas mais comuns de cuidar da inflamação incluem medicação e anti-inflamatórios para aliviar a dor. Fisioterapia, massagens específicas, mudanças na alimentação e prática de exercícios físicos também podem ser recomendadas como parte do tratamento. Além de tratar a inflamação, essas medidas buscam prevenir novas crises no futuro. Em casos mais avançados, há a opção cirúrgica, mas só é recomendada quando as outras alternativas não surtiram efeito. Ao perceber qualquer sinal do problema, marque uma consulta com o seu médico de confiança.

Últimas novidades

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Bem-estar

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Para manter a saúde em dia, é essencial ter cuidado com a alimentação. Uma dieta equilibrada e rica em nutrientes pode prevenir diversas doenças e ajudar a tratar outras. As fibras, por exemplo, não são nutrientes, mas são elementos essenciais para o sistema digestivo e que melhoram a função intestinal, prevenindo diversas doenças. Por isso, é muito importante ter uma alimentação abundante nessa substância. Descubra aqui 10 alimentos ricos em fibras para incluir na sua dieta.

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

Saúde

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

O câncer de pele é um dos mais frequentes no Brasil. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse tipo de câncer representa 25% dos tumores malignos identificados no país, o que significa que cerca de 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença. A principal causa desse tipo de câncer é o excesso de exposição solar, que resulta no crescimento descontrolado das células presentes na pele. O câncer de pele é discreto e normalmente se manifesta com pequenas pintas que crescem devagar, que às vezes nem parecem preocupantes. Por isso, é importante ficar atento a qualquer irregularidade na pele. Confira abaixo tudo sobre o câncer de pele!

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Saúde

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 17 milhões de pessoas morrem de problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio, todos os anos no mundo. Em casos de ataque cardíaco, receber os cuidados médicos necessários o quanto antes pode salvar muitas vidas. Por isso, é fundamental ser capaz de identificar um infarto e saber o que fazer de imediato. Veja algumas dicas abaixo!

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

Saúde

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

As pedras na vesícula são mais comuns do que se imagina e podem aparecer por diferentes razões. A principal função da vesícula é servir de recipiente para a bile, um líquido produzido no tecido hepático que auxilia na digestão dos alimentos e seus nutrientes. Mas o que acontece quando esse órgão é afetado por um desequilíbrio? A bile começa a empedrar - e é aí que surgem os cálculos biliares, popularmente conhecidos como pedras na vesícula. Entenda mais abaixo!

Ver mais