Voltar para home page
Bem-estar

Envelhecimento saudável: 4 hábitos que você pode incluir na sua vida agora mesmo

É possível ter uma velhice mais saudável e feliz com algumas mudanças de hábitos

É possível ter uma velhice mais saudável e feliz com algumas mudanças de hábitos

O envelhecimento saudável tem se tornado uma prioridade cada vez mais comum na sociedade. Hoje, a expectativa de vida do brasileiro é de aproximadamente 75 anos e esse aumento reflete algo curioso: envelhecer não é mais sinônimo de doenças e mobilidade reduzida. A aposentadoria pode ser uma oportunidade para aproveitar mais: com qualidade de vida, autonomia e saúde.

Envelhecimento com qualidade de vida: como preservar a saúde mental e física?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) definiu o objetivo de diminuir em 15 milhões a quantidade de idosos dependentes no mundo inteiro. O Relatório Mundial de Envelhecimento e Saúde , divulgado em 2015, mostrou que o caminho para para a longevidade sadia é o bem estar e a autonomia

Ter uma atitude preventiva ainda é a melhor forma de envelhecer com saúde: foi pensando nisso que a American College of Lifestyle Medicine juntou evidências que comprovam que a substituição de comportamentos não saudáveis é capaz de prevenir e reverter doenças. Entre esses hábitos estão controlar o estresse, dormir bem, se alimentar melhor e construir fortes relações para apoio emocional. Veja abaixo 4 hábitos que você pode colocar na sua vida agora mesmo para uma velhice com mais autonomia!

#1 Não deixe de acompanhar o estado da sua saúde

Manter consultas de rotina é importante mesmo se não estiver com alguma doença. Essa é uma forma de acompanhar resultado de exames, vacinas e medicações em uso. O médico também vai conversar com você sobre a sua rotina, dores que possa estar sentindo e rastrear possíveis doenças. No caso de mulheres, a visita ao ginecologista uma vez por ano é essencial para exames preventivos. Para idosos, o recomendado é fazer um acompanhamento com o geriatra ou médico de família a cada seis meses.

#2 Fortaleça os músculos e melhore a sua mobilidade

A prática de exercícios físicos é determinante para a qualidade de vida na velhice por melhorar a mobilidade e evitar problemas decorrentes de quedas. Os benefícios são inúmeros: melhora a função cardiovascular, fortalece os músculos e previne doenças nos ossos, como osteoporose e artrose. Além disso, estudos mostram que as atividades físicas ajudam a preservar a capacidade mental. Esses aspectos são fundamentais para uma velhice mais saudável.

#3 Estimule a mente para preservar a capacidade cognitiva

Atualmente, o mal de Alzheimer afeta 11,5% da população idosa do Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde. Com prevalência em pessoas com mais de 65 anos, a doença afeta a parte cognitiva e causa perda de autonomia e qualidade de vida na velhice. Não há uma prevenção específica, mas a comunidade médica acredita que ter uma boa vida social e manter a cabeça ativa é um fator que pode inibir a manifestação da doença. Ler mais, aprender novas línguas e fazer palavras-cruzadas com frequência são formas eficazes de estimular a mente.

#4 Fortaleça as relações sociais

A solidão ainda é um dos aspectos que mais afeta idosos no mundo inteiro. Estudos apontam que o isolamento social tem relação com casos de mortalidade prematura, já que alteram os hormônios ligados ao estresse, aumentando assim a chance de doenças no coração. As conexões, portanto, são muito importantes para a saúde física e resiliência emocional. Por isso, desde sempre fortaleça suas relações sociais e familiares para ter um forte apoio no processo de envelhecimento.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais