Voltar para home page
Saúde

Exames de imagem podem causar câncer? Entenda os perigos invisíveis associados a esses pedidos

O uso de algumas tecnologias de exames de imagem podem oferecer riscos à saúde

O uso de algumas tecnologias de exames de imagem podem oferecer riscos à saúde

Ao precisar de apoio para confirmar um diagnóstico ou para realizar um procedimento específico, muitas vezes os médicos pedem um exame mais avançado e preciso, como, por exemplo, uma tomografia computadorizada ou uma cintilografia. A possibilidade de obter imagens claras e mais detalhadas de órgãos representa o avanço da tecnologia na medicina. No entanto, o uso dessas tecnologias deve ser muito bem avaliado, já que pode trazer alguns riscos à saúde. Confira a matéria e conheça os riscos associados a esses procedimentos!

Os perigos da radiação

Os exames de diagnóstico por imagem, como radiografia, cintilografia, cateterismo e, principalmente, tomografia, estão entre os que utilizam radiação ionizante, que é a mesma emitida numa explosão nuclear. A exposição a doses elevadas de radiação pode causar diversos danos ao paciente, incluindo a modificação na estrutura do DNA da célula, levando a mutações que podem originar um câncer.

Quais tomografias oferecem mais riscos ao paciente?

Alguns tecidos são mais sensíveis à radiação do que outros, e podem ser mais favoráveis a desenvolver câncer. Tomografia de abdômen, pelve, tórax, crânio e vasos sanguíneos são os exames que oferecem um maior risco à saúde do paciente.

Mas, afinal, exames de imagem são seguros?

Os exames de imagem são considerados seguros desde que sejam utilizados de forma racional e dentro dos limites recomendados de exposição à radiação. O problema é que, no Brasil, esses exames têm sido pedidos com uma frequência muito alta - segundo a ANS (Associação Nacional de Saúde), a média anual de ressonâncias magnéticas é de 52 por mil habitantes em 35 das nações mais desenvolvidas do mundo, enquanto, no Brasil, o número é de 149 a cada mil. Quanto às tomografias realizadas pelos planos de saúde em 2016, a média aponta 120 para mil habitantes nas nações da OCDE; já no Brasil, são os mesmos 149 para mil beneficiários.

Mesmo que a dose de radioatividade de cada exame seja pequena, o efeito desse tipo de radiação no organismo é cumulativo, portanto, pode trazer riscos futuros à saúde caso a frequência de realização seja alta. Por isso, a dica é se submeter a esse tipo de exame apenas quando for estritamente necessário (conforme protocolos definidos para confirmação diagnóstica e programação de tratamento).

Últimas novidades

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Bem-estar

Os 10 alimentos mais ricos em fibras e os efeitos no seu organismo

Para manter a saúde em dia, é essencial ter cuidado com a alimentação. Uma dieta equilibrada e rica em nutrientes pode prevenir diversas doenças e ajudar a tratar outras. As fibras, por exemplo, não são nutrientes, mas são elementos essenciais para o sistema digestivo e que melhoram a função intestinal, prevenindo diversas doenças. Por isso, é muito importante ter uma alimentação abundante nessa substância. Descubra aqui 10 alimentos ricos em fibras para incluir na sua dieta.

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

Saúde

Câncer de pele: tipos mais comuns, sintomas e tratamentos

O câncer de pele é um dos mais frequentes no Brasil. Segundo o Inca (Instituto Nacional do Câncer), esse tipo de câncer representa 25% dos tumores malignos identificados no país, o que significa que cerca de 180 mil brasileiros são diagnosticados por ano com a doença. A principal causa desse tipo de câncer é o excesso de exposição solar, que resulta no crescimento descontrolado das células presentes na pele. O câncer de pele é discreto e normalmente se manifesta com pequenas pintas que crescem devagar, que às vezes nem parecem preocupantes. Por isso, é importante ficar atento a qualquer irregularidade na pele. Confira abaixo tudo sobre o câncer de pele!

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Saúde

Infarto do miocárdio: como identificar um ataque cardíaco?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 17 milhões de pessoas morrem de problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio, todos os anos no mundo. Em casos de ataque cardíaco, receber os cuidados médicos necessários o quanto antes pode salvar muitas vidas. Por isso, é fundamental ser capaz de identificar um infarto e saber o que fazer de imediato. Veja algumas dicas abaixo!

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

Saúde

Quais as causas mais comuns das pedras na vesícula?

As pedras na vesícula são mais comuns do que se imagina e podem aparecer por diferentes razões. A principal função da vesícula é servir de recipiente para a bile, um líquido produzido no tecido hepático que auxilia na digestão dos alimentos e seus nutrientes. Mas o que acontece quando esse órgão é afetado por um desequilíbrio? A bile começa a empedrar - e é aí que surgem os cálculos biliares, popularmente conhecidos como pedras na vesícula. Entenda mais abaixo!

Ver mais