Voltar para home page
Saúde

Exames de imagem podem causar câncer? Entenda os perigos invisíveis associados a esses pedidos

O uso de algumas tecnologias de exames de imagem podem oferecer riscos à saúde

O uso de algumas tecnologias de exames de imagem podem oferecer riscos à saúde

Ao precisar de apoio para confirmar um diagnóstico ou para realizar um procedimento específico, muitas vezes os médicos pedem um exame mais avançado e preciso, como, por exemplo, uma tomografia computadorizada ou uma cintilografia. A possibilidade de obter imagens claras e mais detalhadas de órgãos representa o avanço da tecnologia na medicina. No entanto, o uso dessas tecnologias deve ser muito bem avaliado, já que pode trazer alguns riscos à saúde. Confira a matéria e conheça os riscos associados a esses procedimentos!

Os perigos da radiação

Os exames de diagnóstico por imagem, como radiografia, cintilografia, cateterismo e, principalmente, tomografia, estão entre os que utilizam radiação ionizante, que é a mesma emitida numa explosão nuclear. A exposição a doses elevadas de radiação pode causar diversos danos ao paciente, incluindo a modificação na estrutura do DNA da célula, levando a mutações que podem originar um câncer.

Quais tomografias oferecem mais riscos ao paciente?

Alguns tecidos são mais sensíveis à radiação do que outros, e podem ser mais favoráveis a desenvolver câncer. Tomografia de abdômen, pelve, tórax, crânio e vasos sanguíneos são os exames que oferecem um maior risco à saúde do paciente.

Mas, afinal, exames de imagem são seguros?

Os exames de imagem são considerados seguros desde que sejam utilizados de forma racional e dentro dos limites recomendados de exposição à radiação. O problema é que, no Brasil, esses exames têm sido pedidos com uma frequência muito alta - segundo a ANS (Associação Nacional de Saúde), a média anual de ressonâncias magnéticas é de 52 por mil habitantes em 35 das nações mais desenvolvidas do mundo, enquanto, no Brasil, o número é de 149 a cada mil. Quanto às tomografias realizadas pelos planos de saúde em 2016, a média aponta 120 para mil habitantes nas nações da OCDE; já no Brasil, são os mesmos 149 para mil beneficiários.

Mesmo que a dose de radioatividade de cada exame seja pequena, o efeito desse tipo de radiação no organismo é cumulativo, portanto, pode trazer riscos futuros à saúde caso a frequência de realização seja alta. Por isso, a dica é se submeter a esse tipo de exame apenas quando for estritamente necessário (conforme protocolos definidos para confirmação diagnóstica e programação de tratamento).

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Ver mais