Voltar para home page
Exercício físico

Exercícios físicos: como se manter fisicamente ativo depois de 1 ano de pandemia?

Os exercícios físicos devem fazer parte da nossa rotina, mas como recuperar o fôlego depois de um ano parado?

Os exercícios físicos devem fazer parte da nossa rotina, mas como recuperar o fôlego depois de um ano parado?

A pandemia do coronavírus mudou a rotina da maioria das pessoas. Todas essas mudanças podem resultar em falta de disposição e uma vida mais sedentária. Entretanto, os exercícios físicos são muito importantes para o bem-estar do ser humano. Por isso, é necessário se manter fisicamente ativo, mesmo que seja difícil. Mas como fazer isso depois de um ano de pandemia? Reunimos algumas dicas para te ajudar nessa missão. Confira!

Por que é importante se manter fisicamente ativo durante a pandemia?

As atividades físicas são essenciais e contribuem de diversas formas para a saúde e bem-estar. Manter-se fisicamente ativo ajuda a prevenir doenças crônicas como câncer, diabetes, obesidade e problemas no coração. Fazer exercícios físicos ainda auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, favorecendo um bom estado geral de saúde. E não para por aí: as atividades físicas proporcionam prazer e relaxamento, fazendo muito bem para a saúde mental do indivíduo. Por isso, se manter fisicamente ativo mesmo durante a pandemia é muito importante e ajuda a se manter bem mesmo em situações onde o isolamento social é necessário.

Resista ao sedentarismo e se reinvente na hora de se exercitar em casa

Diante do cenário nada positivo, resistir ao sedentarismo pode ser ainda mais difícil. Já que mesmo antes da pandemia, os exercícios físicos já não faziam parte da vida de muitas pessoas. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 47% da população brasileira não pratica o mínimo de exercícios físicos para manter o corpo saudável. A pandemia pode agravar ainda mais essa situação, mas é preciso ter disposição e se reinventar na hora de se exercitar em casa. Regular o sono, apostar em diversas modalidades e ter disciplina são os principais segredos para se motivar a se exercitar.

Se preparar para iniciar a jornada de atividades em casa como se estivesse indo para um dia de aula também pode ajudar muito na hora de se motivar. Por isso, hidrate-se, use roupas leves e tente manter uma alimentação saudável. A recomendação de tempo ideal para os exercícios físicos é de cerca de 30 minutos por dia, em intensidade moderada. Caso você não esteja conseguindo se dedicar tanto, não desista. Lembre-se que qualquer tempo dedicado é melhor que nenhum exercício.

O que fazer de diferente para se exercitar na pandemia?

Se reinventar pode ser um dos segredos para se manter fisicamente ativo na pandemia. Pensar em exercícios diferentes pode fazer com que você fique mais motivado. Veja algumas opções para testar:

Dança: essa excelente atividade física aeróbica melhora a disposição para atividades do dia a dia e proporciona ao praticante força muscular. Independente da modalidade de dança, você pode utilizar vídeos na internet para imitar os passos e coreografias em casa.

Exercícios de alongamento: eles são ótimos para reduzir os níveis de estresse ocupacional. O alongamento é um grande aliado do seu dia e vai ajudar a evitar dores em regiões do corpo como lombar e cervical.

Academia online: mesmo que muitas unidades de academia estejam fechadas por medidas de saúde. Muitos profissionais de Educação Física têm oferecido aulas remotas com preços acessíveis e essa pode ser uma ótima opção para ter mais responsabilidade na hora de praticar exercícios físicos em casa.

Independente daquilo que você escolher praticar, procure se movimentar minimamente fazendo alguma tarefa ativa. Ter o auxílio de um profissional de Educação Física é o ideal para prescrever a melhor estratégia de atividades físicas para seu condicionamento.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais