Voltar para home page
Médico de família

Mitos e verdades sobre médico de família: esclareça suas dúvidas sobre o atendimento primário à saúde

Médico de família ainda gera muitas dúvidas. Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de atendimento!

Médico de família ainda gera muitas dúvidas. Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre esse tipo de atendimento!

Ter um profissional que possa acompanhá-lo durante toda a vida é, sem dúvidas, um dos maiores benefícios do atendimento com um médico de família. No entanto, esse conceito ainda não é tão difundido no Brasil e, por isso, muita gente ainda tem dúvidas sobre atenção primária à saúde. Pensando nisso, o Cuidados Mil separou alguns mitos e verdades sobre o médico de família. Confira!

Médico de família pode lidar com até 90% dos problemas dos pacientes.

Verdade! Capacitados para atender a pacientes nos diferentes ciclos de vida, os médicos de família podem lidar com até 90% dos problemas de saúde. Esses profissionais acompanham o desenvolvimento da criança, realizam as prevenções ginecológicas e urológicas e, caso haja necessidade, encaminhar o paciente para um especialista.

O modelo de saúde de médicos de família não existe no Brasil.

Falso! A estratégia tradicional de atenção primária à saúde, ou seja, com atendimentos de médico de família, faz muito sucesso em alguns sistemas estrangeiros e tem começado a ganhar espaço no Brasil, não só para evitar gastos desnecessários, mas também para oferecer uma assistência mais centrada no paciente.

As consultas com os médicos de família são diferenciadas.

Verdade! Depois de se inscrever em uma unidade de atenção primária, o paciente é acompanhado por uma equipe de saúde multidisciplinar, que realizará a coordenação do cuidado. As consultas são personalizadas e feitas com calma, possibilitando que o médico converse com o paciente sobre todo o seu histórico e estilo de vida atual, criando uma relação de confiança entre os dois. Dessa forma, ao invés de tratarem apenas as doenças, promove-se a saúde e eliminam-se alguns hábitos prejudiciais adquiridos ao longo da vida.

O médico de família ajuda a promover a saúde.

Verdade! O objetivo dessa especialidade é conhecer e acompanhar as pessoas por toda a vida, dentro do seu contexto e das suas particularidades. Por isso, o médico de família não foca apenas na doença. A sua especialidade é cuidar de pessoas, analisando o contexto familiar bem como o local onde vive, e assim ajuda a prevenir as doenças e a promover a saúde.

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais