Voltar para home page
Saúde

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Saiba mais sobre o Novembro Azul, uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata

Saiba mais sobre o Novembro Azul, uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns quando o assunto é a saúde do homem. A doença atinge o órgão masculino que é responsável pela produção do sêmen (próstata) e raramente apresenta sintomas iniciais, e é justamente por isso que a detecção precoce é tão importante. Logo, o Novembro Azul é uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata bastante necessária, principalmente para homens com idade superior a 50 anos, que são as principais vítimas dessa doença. A seguir, separamos as principais informações sobre o câncer de próstata, como sintomas, tratamento e a melhor forma de preveni-lo.

Câncer de próstata: idade avançada e fatores genéticos podem influenciar no surgimento da doença

Existem diferentes fatores que podem aumentar as chances do câncer de próstata. Um deles é a idade, visto que, segundo dados do INCA (Instituto Nacional do Câncer) , cerca de 75% dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos e a incidência da doença aumenta bastante após os 50 anos. Além disso, a genética também pode contribuir para o desenvolvimento do câncer de próstata: se o paciente tiver pai ou irmão que foi acometido por esta patologia, as chances dele sofrer com câncer antes dos 65 anos são muito maiores. Outros fatores de risco são: maus hábitos alimentares, sedentarismo e obesidade.

Doença silenciosa: sintomas de câncer de próstata só aparecem em estágios mais avançados

Diferente de outros tipos de câncer, o câncer de próstata não é tão fácil de ser identificado. Em alguns casos, o que pode acontecer é o paciente confundir o quadro com a hiperplasia prostática benigna, que é quando ocorre o aumento natural da próstata por causa da idade, mas nem sempre isso é um indício de câncer.

Já na fase mais avançada da doença, os sintomas podem variar desde uma simples dificuldade para urinar a dor óssea, principalmente na região das costas. Em casos mais graves, o paciente também pode sofrer infecção generalizada, insuficiência renal e apresentar sangue na urina.

Tratamento do câncer de próstata pode ser feito com cirurgia e radioterapia

A detecção do câncer de próstata acontece por meio de dois exames: laboratorial, que consiste na análise da dosagem do PSA, e do toque retal. Com o diagnóstico confirmado, as alternativas de tratamento vão depender, principalmente, do tamanho e grau de evolução da doença. No geral, se o câncer ainda está concentrado somente na próstata e não se espalhou para outros órgãos, a cirurgia - chamada de prostatectomia radical - é a opção mais eficiente. Ela consiste na remoção do órgão e cerca de 70% dos pacientes tratados por este método não sofrem mais com a doença. Outra opção também é a radioterapia, que pode ser ou não associada à prostatectomia. Já em casos onde o câncer atingiu outros órgãos, a terapia hormonal deve ser considerada.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais