Voltar para home page
Saúde

O que é a leptospirose? Entenda os sintomas da doença e como prevenir

Leptospirose é uma doença que fica em evidência nos períodos de chuva. Entenda mais!

Leptospirose é uma doença que fica em evidência nos períodos de chuva. Entenda mais!

Com certeza você já deve ter ouvido falar da leptospirose, principalmente em dias de chuva intensa, onde há alagamentos ou enchentes. Isso porque a leptospirose é uma infecção que é transmitida principalmente pela água contaminada pela leptospira, uma bactéria que entra no organismo pela pele, mucosas ou até mesmo por ferimentos pequenos, como um machucado na cutícula. O micro-organismo é resistente e algumas medidas são super importantes para prevenir a doença. Entenda mais abaixo!

Roedores são os principais transmissores da leptospirose

A leptospirose costuma ser transmitida pelo contato direto com roedores urbanos. Os ratos e ratazanas são os principais portadores da bactéria, que permanece no organismo do animal durante muito tempo. Como é comum a presença deles em bueiros e esgotos, as chuvas fortes fazem com que o contato com as urinas e fezes desses animais seja mais fácil. Mesmo após o período de chuvas, os focos de contágio ficam nas ruas por muito tempo por conta da alta resistência da bactéria.

Quais os sintomas da leptospirose?

Uma das características da leptospirose é que, à princípio, ela pode não apresentar nenhum sintoma. Depois de um tempo, o paciente pode apresentar febre alta, mal-estar e até delírios inesperados, assim como sensação de ardor e vermelhidão nos olhos. A bactéria também pode causar desidratação, náuseas, vômitos, diarreia, cansaço excessivo, entre outros.

Pelos sintomas principais serem muito genéricos (febre, dor, mal-estar, etc), a doença pode ser facilmente confundida com outras infecções, como febre amarela, dengue, hepatite e afins. O diagnóstico só pode ser confirmado com exame específico para a leptospira. Apesar de ser tratável, a leptospirose em sua forma grave (conhecida como doença de Weil) pode gerar problemas mais sérios, como hemorragia e meningite, e até levar o paciente a um estado de coma. Essas complicações podem ser evitadas com o diagnóstico precoce, por isso, ao menor sinal de que algo não está bem, procure um hospital para receber o atendimento adequado.

Como prevenir a leptospirose?

Evitar o contato direto com água da chuva é uma das principais formas de prevenir o contágio da leptospirose. Outra atitude simples é não jogar lixo na rua, pois é justamente isso que causa o entupimento dos bueiros. Para afastar os ratos, mantenha as lixeiras bem fechadas e não jogue lixo em terrenos baldios. Em casa, mantenha o ambiente sempre limpo e os alimentos bem guardados. A leptospirose também pode atingir animais domésticos e costuma ter efeitos muito mais graves do que em humanos. Nos cães, a doença pode ser evitada com a vacina V10, que precisa ser reaplicada todos os anos.

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais