Voltar para home page
Alimentação saudável

O que você deve considerar antes de fazer uma reeducação alimentar?

A reeducação alimentar é um processo de mudanças de hábitos

A reeducação alimentar é um processo de mudanças de hábitos

Você com certeza já ouviu falar da reeducação alimentar. Mais que uma dieta, a redefinição da forma como você come é uma mudança de vida: ou melhor, a transformação de hábitos para uma vida mais saudável. Uma alimentação equilibrada ajuda a manter a sua energia no nível ideal, melhora o sono e pode até te ajudar a lidar com problemas psicológicos. Além, claro, de prevenir muitas doenças graves. Sendo esportista ou não, querendo emagrecer ou não, é certo que a população precisa reaprender a se alimentar corretamente. Antes de começar, porém, você deve considerar algumas coisas. Confira!

Reeducação alimentar não é privação e nem dieta: é um processo de transformação

Muitas pessoas mergulham na reeducação alimentar com a expectativa de dieta milagrosa que vai resolver os problemas de saúde e emagrecer em pouco tempo. A grande realidade, no entanto, é que a reeducação alimentar é um processo. Dietas têm início, meio e fim. Já a reeducação alimentar é, de fato, reaprender a comer para o resto da vida. Não há privações na reeducação alimentar, mas sim comer de tudo da maneira correto.

Apesar de não ser restrito, esse não é um processo fácil. É por isso que é muito importante que você não faça essa transição por conta própria. O acompanhamento de um nutricionista é fundamental.

Mudanças de hábitos são essenciais para fazer a reeducação alimentar

Para quem pensa que apenas comer melhor é suficiente para começar a reeducação alimentar, pode parar por aí. A reeducação alimentar requer uma mudança profunda para um estilo de vida mais saudável, o que significa que não só a alimentação deve mudar. Para dar certo, ela deve estar aliada com outras mudanças de hábitos: praticar atividade física com regularidade, reduzir o consumo de bebidas alcoólicas e abandonar o cigarro são alguns dos costumes que devem ser pensados.

Além de aumentar o consumo de verduras, legumes e frutas e reduzir a ingestão de alimentos ultraprocessados e gordurosos - como o fast food, refrigerantes e frituras -, outra coisa que precisa da sua atenção é a quantidade de água bebida por dia. Ela é essencial para filtrar as impurezas do corpo, mantê-lo sempre hidratado, saudável e fortalecer o funcionamento de órgãos internos, como fígado, intestino e rins.

Reeducação alimentar: reflita sobre os seus hábitos na hora de comer

O mais importante na reeducação alimentar é tomar consciência do que se está comendo. Aquele alimento realmente tem uma origem interessante? Vale a pena comer aquilo só para saciar um desejo? A alimentação ultraprocessada (doces, hambúrguer, frituras, refrigerantes em excesso) está se tornando um vício? A reflexão sobre a comida é o ponto fundamental para que a reeducação alimentar realmente dê certo. Na dúvida, converse com o seu nutricionista!

Últimas novidades

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Saúde

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Os resultados de uma vacina contra a Covid-19 podem estar próximos. A pandemia do novo coronavírus alterou o modo de vida da sociedade. O isolamento social trouxe novas formas de consumo, hábitos e trabalho, além da forma como lidamos com a saúde. Desde então, muitos institutos de pesquisa espalhados pelo mundo estão estudando os efeitos do vírus e possibilidades de imunização.

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

Saúde

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

A sensação de formigamento nas mãos é algo comum para muita gente e, embora seja um sintoma simples, precisa de atenção. Isso porque diversos motivos podem estar por trás do formigamento, desde um problema de circulação até um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O indicado é observar o quadro e, dependendo da forma como se manifesta, o atendimento médico pode ser necessário.

Quais as principais causas de queda de cabelo?

Saúde

Quais as principais causas de queda de cabelo?

A queda de cabelo é um problema muito comum, mas quando identificar se está perdendo mais fios do que o considerado saudável? O normal é que uma pessoa perca de 100 a 150 fios por dia de forma natural para que o cabelo cresça novamente. Quando a quantidade ultrapassa isso, é sinal de que pode haver um problema clínico por trás. A queda excessiva de cabelo pode ser observada na escovação diária, durante a lavagem ou até mesmo depois de acordar, quando se percebe muitos fios no travesseiro.

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

Bem-estar

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

A quarentena tem afetado, em grande parte da população, o modo de viver e de interagir com o mundo. Viver numa situação de pandemia também trouxe muita preocupação, que se reflete em ansiedade e distúrbios do sono. Insônia, sono muito leve, acordar várias vezes, não conseguir manter uma rotina de sono ou se sentir extremamente cansado mesmo depois de dormir bem são os problemas mais comuns nesse período de isolamento social.

Ver mais