Voltar para home page
Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro rosa: campanha conscientiza sobre a importância de se prevenir contra o câncer de mama

Outubro rosa: campanha conscientiza sobre a importância de se prevenir contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020 . O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

A campanha do Outubro Rosa promove conhecimento sobre a doença e fala da importância de se prevenir, já que o diagnóstico na fase inicial aumenta as possibilidades de tratamentos menos invasivos e até mesmo de cura. Mulheres de todas as idades devem se prevenir. Veja abaixo as 5 formas de diminuir as chances de desenvolvimento da doença.

1) Faça o auto exame das mamas

O autoexame das mamas é uma das melhores formas de conhecer o próprio corpo e identificar alguma anormalidade na região. Seja um caroço de qualquer tamanho, alguma mancha ou mesmo uma textura diferente, qualquer sinal deve ligar o seu alerta. A recomendação é fazer o autoexame sete dias depois do início da menstruação, já que o período deixa as mamas naturalmente mais inchadas. Caso identifique qualquer alteração, procure o seu médico o quanto antes.

2) Visitas anuais ao ginecologista ajudam a identificar o câncer de mama e outras doenças

As consultas de rotina com o ginecologista não devem ser ignoradas. É importante que toda mulher vá ao ginecologista pelo menos uma vez ao ano para exames de rotina. O médico vai avaliar as mamas e pode pedir exames complementares, como ultrassonografias. Além do câncer de mama, o hábito ajuda a prevenir outras doenças graves, como o câncer de colo do útero. Lembre-se: a prevenção e o diagnóstico precoce são as melhores formas de se proteger contra a doença.

3) Mamografia a partir dos 40 anos

Mulheres a partir dos 40 anos ou que têm histórico de câncer de mama na família precisam fazer um mapeamento mais específico. A mamografia, que também pode ser feita em homens, ajuda a identificar qualquer alteração nas mamas, mesmo caroços super pequenos. O exame também fornece características do nódulo, quando encontrado, como tamanho e tipo.

4) Boa alimentação ao longo da vida diminui os riscos do câncer de mama

Não há dúvidas de que uma alimentação equilibrada e nutritiva é capaz de afastar muitas doenças. Em conjunto com as outras práticas já citadas, ter hábitos saudáveis pode diminuir as chances de desenvolvimento do câncer de mama. Consuma frutas e vegetais, priorize alimentos frescos e evite gorduras saturadas e ultraprocessados. Sua saúde agradece!

5) Estilo de vida saudável também ajuda a prevenir o câncer de mama

Segundo o Inca, uma média de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com hábitos saudáveis. Além da alimentação, outro fator que ajuda a prevenir a doença é a prática de exercícios físicos regulares. Musculação, natação ou mesmo caminhadas podem fazer parte da rotina. Evitar o abuso de bebidas alcóolicas e de hormônios sintéticos também são importantes para prevenir a doença.

Últimas novidades

Dia mundial da AIDS: veja como cientistas estão trilhando o caminho da cura

Saúde

Dia mundial da AIDS: veja como cientistas estão trilhando o caminho da cura

Foi em 1982 que ocorreu o primeiro registro de AIDS no Brasil. Na época, pouquíssimo se sabia sobre a doença - e a falta de informações levou a entendimentos equivocados sobre o contágio e os riscos envolvidos no diagnóstico. Com o passar dos anos, a transmissão alcançou seu pico e o falecimento de ídolos nacionais e mundiais, como Freddy Mercury e Cazuza, chamou a atenção de todos. Como resultado, a ciência investiu esforços para entender como funciona essa doença e qual o caminho para a cura.

Psoríase: o que é, quais são as causas e como amenizar os efeitos do problema

Saúde

Psoríase: o que é, quais são as causas e como amenizar os efeitos do problema

A psoríase é uma doença considerada crônica que consiste na inflamação da pele, e ela é mais comum do que se pensa. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a estimativa é de que 1 a 3% da população mundial apresente a doença, sendo mais de 5 milhões de pessoas apenas no Brasil. Existem vários tipos de psoríase e a gravidade de cada quadro também é bastante variável.

Qual o impacto dos exercícios físicos na saúde mental?

Exercício físico

Qual o impacto dos exercícios físicos na saúde mental?

A prática de exercício físico faz muito bem para saúde do corpo: regula as principais taxas do organismo, melhora o funcionamento do coração e previne várias doenças. Mas você sabia que também possui impactos na saúde mental? Se movimentar alivia o estresse, melhora a memória, ajuda a dormir melhor e ativa o bom humor. Se feito regularmente, as atividades físicas também têm impacto positivo no tratamento de transtornos psicológicos, como depressão e ansiedade.

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

Saúde

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

O sistema linfático engloba um complexo conjunto de órgãos, tecidos, vasos e dutos que se distribuem por todo o corpo. Sua principal função é a produção de células de defesa do organismo, o que fortalece o nosso sistema imunológico. Além disso, o sistema linfático também é responsável por filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e “devolvendo” o sangue purificado para o nosso organismo. Ou seja, na prática isso quer dizer que qualquer parte do corpo que possua circulação sanguínea tem também a circulação linfática (embora não usem os mesmos vasos, eles “dialogam”). Para facilitar a compreensão desse complexo sistema, reunimos algumas informações sobre o assunto.

Ver mais