Voltar para home page
Saúde

Pneumonia: sintomas, como tratar e prevenção

A pneumonia pode ser causada por bactérias, vírus, fungos e reações alérgicas

A pneumonia pode ser causada por bactérias, vírus, fungos e reações alérgicas

A pneumonia é uma doença que atinge os pulmões e é provocada por agentes infecciosos ou irritantes (bactérias, vírus, fungos e reações alérgicas) no espaço alveolar, onde ocorre a troca gasosa no sistema respiratório. Mas o que causa pneumonia? Geralmente, essa condição é resultado de uma gripe ou resfriado que não foram corretamente tratados. Com a imunidade do corpo comprometida, esses agentes podem encontrar mais facilidade para se alocar nos alvéolos pulmonares e desencadear a inflamação.

Apesar do número de casos fatais estar em queda nos últimos anos, a pneumonia ainda é a infecção que mais leva a óbitos no mundo. Ela é especialmente perigosa para idosos e crianças menores de cinco anos - mas todos devem estar atentos aos sintomas e cuidados preventivos.

Pneumonia é contagiosa? Entenda como a transmissão ocorre

A pneumonia é contagiosa, mas ao contrário de gripes e resfriados, a taxa de contágio não é alta, principalmente quando causada por bactérias - a forma mais comum de ser encontrada. Tudo vai depender da imunidade de quem tem contato com o paciente. Nesse quesito, alguns comportamentos fazem toda diferença.

O tabagismo é um dos principais fatores de risco. Isso porque as substâncias tóxicas do cigarro provocam uma reação inflamatória nos pulmões que podem facilitar a entrada de agentes infecciosos.

O consumo de álcool e o uso excessivo de ar-condicionado também influenciam: o primeiro diminui a imunidade do corpo e o segundo pode impactar a qualidade do ar respirado - deixando-o muito seco e facilitando a infecção por vírus e bactérias. Além disso, é importante ficar atento às mudanças bruscas de temperatura e resfriados mal cuidados.

Os sintomas de pneumonia mais comuns. Veja o infográfico!

Pneumonia: infográfico mostra os principais sintomas da doença!

Pneumonia: infográfico mostra os principais sintomas da doença!

O diagnóstico precoce faz toda a diferença no tratamento para pneumonia. Na maioria dos casos, o uso de medicamentos é o suficiente para reverter o quadro. A exceção acontece em casos avançados ou quando o paciente é de risco, como os idosos. Nesse caso, a internação pode ser necessária. Para ajudar a entender os sinais do corpo, confira o infográfico para entender quais os sintomas da pneumonia.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais