Voltar para home page
Saúde

Por que preciso de um plano dentário?

O plano dentário é um cuidado preventivo para evitar futuros problemas com a saúde bucal

O plano dentário é um cuidado preventivo para evitar futuros problemas com a saúde bucal

Você sabe a importância de ter um plano dentário? Nossos dentes, assim como o resto do corpo, precisam de cuidados periódicos. Por isso, visitas ao dentistas são necessárias para que você possa sorrir sem preocupação. Aliás, quem não gosta de ter um sorriso bonito e saudável? Ter um plano dental vai além de estética, é um cuidado preventivo para evitar qualquer futuro problema que possa ocasionar dores e desconforto. O plano odontológico é a oportunidade de garantir o sorriso em dia sem ter que arcar com custos de clínicas particulares.

Plano dental reduz os custos com saúde bucal

Apenas o custo de uma limpeza, por exemplo, já compensa o valor do plano dental. Essa ida para limpar os dentes deve ser feita ao menos duas vezes por ano e é fundamental para que a saúde da boca se mantenha até a idade avançada. Isso permite que problemas muito pequenos não evoluam e assim tratamentos mais longos e caros sejam evitados.

Quais os benefícios de ter um plano odontológico?

Outro benefício do plano odontológico é que assim como o plano de saúde, ele é uma segurança para problemas bucais, que possam ocorrer de maneira inesperada, como uma quebra de dente ou uma dor inexplicável. Nesses casos, o beneficiário pode procurar um profissional da rede credenciada. Já imaginou seu filho pequeno, que possui mais chances de machucar os dentes durante uma brincadeira, sem algum dentista de confiança? Um plano odontológico é a segurança e conforto para cuidar do sorriso sempre.

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Ver mais