Voltar para home page
Bem-estar

Quais as vitaminas essenciais para o perfeito funcionamento do organismo?

As vitaminas são fundamentais para deixar o corpo mais forte e saudável

As vitaminas são fundamentais para deixar o corpo mais forte e saudável

Você sabe qual o papel das vitaminas no seu organismo? Esses nutrientes são responsáveis por manter o corpo humano mais forte e saudável: regenerar pele e ossos, fortalecer a imunidade e regular o metabolismo são alguns dos benefícios. Consumir variedade de frutas, legumes, verduras e grãos é a forma mais eficaz de ingerir as vitaminas, já que a maioria delas são absorvidas com uma alimentação equilibrada. As exceções são a vitamina D, que é produzida pelo próprio organismo e absorvida com a exposição solar, e a vitamina K, em que parte é gerada pela microflora intestinal. Em conjunto com outros hábitos - como praticar atividades físicas, manter relações sociais e dormir bem -, a alimentação é o caminho para uma vida mais saudável. Conheça as vitaminas fundamentais para o bom funcionamento do seu corpo!

Vitamina A

A vitamina A é fundamental para a proteção da pele e o fortalecimento do sistema imunológico pela sua ação antioxidante. Encontrada em alimentos de origem animal e vegetais, o nutriente também contribui para a visão (ao proteger a córnea), crescimento e renovação das células. A vitamina A é essencial para gestantes: o nutriente ajuda no desenvolvimento saudável do bebê. Está presente em alimentos como espinafre, brócolis, ovos, laranja, mamão papaia, cenoura e pêssego.

Vitaminas do Complexo B

As vitaminas do Complexo B (B1, B2, B3, B5, B6, B7, B9 e B12) têm um papel fundamental no corpo humano e atuam no sistema nervoso, metabolismo e nas células. Esses nutrientes fazem parte do grupo de hidrossolúveis, ou seja, que se dissolvem em água. As vitaminas do Complexo B não costumam ser armazenadas no organismo em grandes quantidades, por isso há necessidade de consumo diário. As principais fontes são carnes, cereais integrais, leites e derivados.

Vitamina C

Um dos micronutrientes mais conhecidos, a vitamina C é facilmente encontrada em frutas cítricas, como laranja, acerola, caju, morango e kiwi. Segundo o Ministério da Saúde, um dos principais benefícios desse nutriente está relacionado com a produção do colágeno, a proteína responsável por dar sustentação aos ossos, dentes e à parede dos vasos sanguíneos. A vitamina C também ajuda a potencializar a absorção de ferro no organismo e, por isso, nutricionistas indicam o consumo de alimentos com a vitamina logo após as principais refeições.

Vitamina D

A vitamina D é fundamental para metabolizar o fósforo e o cálcio no organismo, ou seja, o seu consumo impacta diretamente na saúde dos ossos. Além disso, sua atuação no sistema imunológico ajuda a prevenir doenças autoimunes, como a esclerose múltipla. O corpo humano produz grande parte da necessidade diária de Vitamina D, e de acordo com o Ministério da Saúde, em torno de 80% pode ser absorvido pela exposição solar - 15 a 20 minutos de sol até 10h da manhã ou depois das 16h parecem ser suficientes. Alimentos como salmão, atum, fígado bovino e leite integral também contêm a vitamina.

Vitamina E

Um dos principais benefícios da vitamina E está na sua propriedade antioxidante, já que o nutriente combate os radicais livres que causam distúrbios celulares. Além disso, a vitamina ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, tem ação anti-inflamatória e combate o mau colesterol. As principais fontes da vitamina E são os óleos vegetais, abacate, gema de ovo, sementes, nozes e castanhas.

Vitamina K

A vitamina K tem uma atuação muito importante na coagulação do sangue e mineralização óssea. Parte do nutriente é produzido pela flora intestinal, enquanto o restante precisa ser absorvido por meio de uma alimentação nutritiva. Vegetais verdes, como espinafre, couve, repolho, brócolis e alface, são as principais fontes da vitamina K. Ela também pode ser encontrada em fígado bovino e óleo de canola.

Fonte: Blog da Saúde (Ministério da Saúde).

Últimas novidades

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

Saúde

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

A saúde mental na adolescência e juventude é um assunto muito importante e que deve ser falado. Essa é uma fase de mudanças em todos os sentidos, que quase sempre vêm acompanhadas de dúvidas e cobranças.  Qual profissão devo seguir? Como conseguir emprego? Será que devo me casar? Está na hora de ter filhos? Aluguel ou casa própria? Se pudéssemos olhar dentro da mente de um jovem, certamente encontraremos mais perguntas do que respostas.

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Terapias

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Nem todo mundo sabe quais são as diferenças entre psicólogo e psiquiatra, mas cada profissional tem uma função bem específica dentro do campo da saúde mental. Tudo começa, inclusive, pela formação de cada profissional, já que são especializados em áreas diferentes. Em muitos casos, o psicólogo e o psiquiatra trabalham em conjunto e de forma complementar, cada um auxiliando em um aspecto da vida do paciente.

Como é feito o tratamento de canal?

Odontologia

Como é feito o tratamento de canal?

Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para manter um sorriso bonito. Consultas regulares ao dentista são super importantes, pois alguns procedimentos de rotina são necessários e somente o especialista poderá avaliar, por exemplo, quando realizar o tratamento de canal.  Só de ouvir o nome, a maioria das pessoas tem receio de realizar esse procedimento. Para esclarecer como é realizado o tratamento de canal, quais são as etapas e quais os cuidados necessários após o procedimento, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Saúde

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Com a pandemia do novo coronavírus, as vacinas voltaram a ser a prioridade entre a comunidade científica e a própria população. O que poucos sabem é que as vacinas fazem parte da realidade há séculos e são consideradas umas das principais medidas preventivas contra doenças graves. No Brasil, a vacina surgiu em 1804 para combater a varíola, um quadro contagioso e muito perigoso para a época, mas que já foi erradicado depois de uma campanha de vacinação em massa organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) por volta de 1970. Ainda assim, muitas pessoas não entendem o processo de desenvolvimento de imunizações e nem a importância de não deixar de se vacinar.

Ver mais