Voltar para home page
Exercício físico

Quais os benefícios da musculação para a saúde?

Os benefícios da musculação vão além de deixar o corpo mais forte e definido. Veja alguns motivos para incluir a prática na sua vida!

Os benefícios da musculação vão além de deixar o corpo mais forte e definido. Veja alguns motivos para incluir a prática na sua vida!

A musculação ainda é muito associada à estética, mas os benefícios da prática vão além de deixar o corpo mais definido. Incluir a academia na rotina promoverá diferentes efeitos positivos na saúde: previne doenças, deixa o coração mais forte, protege ossos e articulações e regula o metabolismo. Além desses benefícios, a prática é acessível e se caracteriza pela evolução gradual - ou seja, tem poucas restrições e é indicada para pessoas de todas as idades, incluindo aquelas com pouca resistência física.

Benefícios da musculação: 4 motivos para começar a praticar

Na musculação, a carga de peso trabalha em conjunto com a repetição de séries, intervalos e velocidade dos movimentos. Essas variáveis compõem o exercício ideal para manutenção da saúde e até aperfeiçoamento de atividades como corrida e natação. Veja alguns motivos para incluir a musculação na sua vida!

1) Controla o metabolismo

Todas as atividades físicas influenciam o metabolismo pelo fato de ativarem diversos sistemas no corpo humano. Cada indivíduo funciona de uma forma e tem um ritmo diferente no processo de conversão de alimentos em energia, mas alguns aspectos podem contribuir para o aumento da taxa metabólica.

A quantidade de músculo é um fator que ajuda muito: pessoas que possuem mais massa gorda terão mais dificuldade para manter o metabolismo regulado, enquanto aquelas que têm mais massa magra vão ter um gasto calórico maior. É por isso que a musculação ajuda nesse processo. Um metabolismo controlado vai te auxiliar na manutenção do peso, melhorar a digestão e acumular menos gordura no corpo.

2) Aumenta a massa muscular

O corpo humano possui cerca de 650 músculos, que constituem aproximadamente 40% do nosso peso. O sistema muscular influencia muitas atividades do cotidiano, como caminhar, respirar, subir e descer escadas, ter mais equilíbrio e até uma postura melhor. A musculação, portanto, é uma atividade que vai potencializar a sua capacidade para realizar essas tarefas com mais eficiência. E quanto mais os músculos estiverem fortalecidos, mais o seu corpo estará protegido em caso de quedas e alguns acidentes.

3) Diminui a pressão alta em hipertensos

Assim como os exercícios aeróbicos, a musculação também tem um efeito positivo em pessoas com hipertensão. Um estudo da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que um treino de força é capaz de ter ação semelhante aos medicamentos indicados para diminuir a pressão arterial. A pesquisa acompanhou 15 homens adultos, com cerca de 46 anos, que apresentavam hipertensão moderada e tomavam remédios regularmente.

Seis semanas antes de iniciar o treinamento, os medicamentos para controlar a pressão foram retirados gradativamente. Nas 12 semanas seguintes, os pacientes praticaram musculação convencional três vezes por semana e em dias alternados. Depois desse período, os pesquisadores observaram que a pressão arterial deles diminuiu de uma média de 153 milímetros (sistólica) e 96 milímetros (diastólica) para 137 milímetros (sistólica) e 84 milímetros (diastólica). Os homens foram acompanhados durante quatro semanas depois do treinamento e mantiveram o mesmo nível de queda da pressão registrado no período das atividades.

4) Aumenta a densidade óssea e previne a osteoporose

Ter qualidade de vida na velhice tem se tornado cada vez mais um objetivo comum e os músculos fortes vão te ajudar a envelhecer de forma mais saudável. A osteoporose, por exemplo, se desenvolve com a perda progressiva de massa óssea ao longo da vida. Os ossos ficam mais frágeis, condição que aumenta a possibilidade de quedas e fraturas. A musculação pode ser usada como um método preventivo para aumentar a densidade óssea. O exercício também é indicado como tratamento depois do diagnóstico de osteoporose.

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Ver mais