Voltar para home page
Saúde

Quais são as doenças cardiovasculares mais comuns?

Obesidade, tabagismo e sedentarismo são fatores de risco para os problemas no coração

Obesidade, tabagismo e sedentarismo são fatores de risco para os problemas no coração

O coração é o órgão mais atingido pelo nosso ritmo de vida. Uma vida baseada em uma dieta inadequada - com abuso de industrializados e gorduras saturadas e pobre em legumes, verduras e frutas - acompanhada do sedentarismo, está relacionada ao aumento do risco de desenvolver doenças cardiovasculares. O tabagismo, obesidade e estresse também são fatores de risco que precisam de atenção. Segundo a Organização Mundial da Saúde, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no mundo inteiro. Adultos de qualquer idade podem desenvolver essas patologias, que têm forte impacto na saúde de modo geral. Descubra abaixo quais são as doenças mais comuns do sistema cardiovascular, suas principais características e como tratá-las.

Hipertensão arterial atinge 32% da população brasileira

A hipertensão, ou comumente chamada de pressão alta, atinge 32% da nossa população, o que equivale a cerca de 36 milhões de brasileiros. Um problema tão comum pode ser causado pelo excesso de sódio na alimentação, alcoolismo, tabagismo e estresse. A hipertensão não tem cura. Caracteriza-se pela elevação da pressão arterial, padronizada como acima de 140/90 mmHg. Apesar de crônica, a hipertensão arterial pode ser tratada com remédios hipotensivos, indicados sempre por um médico, além de uma alimentação equilibrada, rotina de atividades físicas regulares e uma vida sem estresse.

Infarto é uma emergência que precisa de atendimento imediato

O infarto agudo do miocárdio (IAM), também chamado de ataque cardíaco, é outra doença cardiovascular comum. O infarto é uma situação emergencial em que há um bloqueio da circulação sanguínea ocasionado por um coágulo ou uma placa de gordura, e seus sintomas são: dor forte no peito, por vezes irradiando para braços e costas, tontura, ansiedade, palidez e falta de ar. Ao apresentar os sintomas, a pessoa deve ser levada imediatamente ao hospital para atendimento médico. Em alguns casos mais graves, pode ser necessário uma angioplastia para desobstrução dos vasos.

Angina é uma doença cardiovascular comum a partir dos 40 anos de idade

Mais de 2 milhões de brasileiros sofrem com a angina, doença cardiovascular causada pela redução de fluxo sanguíneo para o coração. O problema causa uma forte dor no peito, que pode se estender pelo pescoço e axilas, seguido de falta de ar e extrema fadiga. A angina normalmente é tratada com medicamentos. Casos mais graves podem precisar de uma intervenção cirúrgica para colocação de ponte de safena. A idade é um fator determinante para a angina, já que ela é muito mais comum a partir dos 40 anos de idade.

Insuficiência cardíaca é uma doença crônica que exige acompanhamento

Outra doença muito comum dentre as cardiopatias é a insuficiência cardíaca, caracterizada pela dificuldade do coração em bombear sangue para o corpo. A condição pode se apresentar de dois tipos: sistólica e diastólica. No primeiro caso, o coração não consegue expelir o sangue do coração; já a diastólica se caracteriza pela dificuldade em bombear o sangue para dentro do músculo cardíaco. A insuficiência cardíaca, que pode ter complicações e acumular sangue em outros órgãos do corpo, pode ser controlada com medicamentos e uma dieta regular, mas exige acompanhamento frequente com um cardiologista.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais