Voltar para home page
Saúde

Qual a diferença entre urgência e emergência? Entenda!

Emergência e urgência são palavras muito comuns, mas cada uma determina um grau de prioridade no atendimento

Emergência e urgência são palavras muito comuns, mas cada uma determina um grau de prioridade no atendimento

Provavelmente, você já se deparou com o termo “emergência” em hospitais, postos de saúde e ambulâncias, apesar de alguns profissionais de saúde optarem por utilizar o termo “urgência”. De fato, emergência e urgência são palavras muito comuns na área da saúde, mas será que possuem o mesmo significado? Como diferenciá-las? Entenda.

Urgência e emergência: você sabe a diferença?

A emergência ocorre quando há uma situação que não pode ser adiada e que precisa ser resolvida rapidamente, pois corre o risco até mesmo de morte se houver demora no atendimento. Já a urgência é quando há uma situação crítica, com ocorrência de grande perigo, e que pode se tornar uma emergência caso não seja devidamente atendida.

Em quais situações devo procurar atendimento na emergência?

Alguns cenários não deixam dúvidas de que é preciso se dirigir a uma emergência. Acidentes, hemorragias de grande volume, vômitos ou fezes com sangue, dor no peito súbita ou falta de ar são alguns dos exemplos. Quadros infecciosos severos, que podem causar alteração da pressão, batimentos cardíacos acelerados e falta de ar, também requerem urgência na procura de um pronto-socorro. Além disso, vale ressaltar que casos que envolvam alterações mentais, como alteração na fala, confusão mental ou perda da consciência, também devem ser levados em consideração.

Lotar as emergências sem necessidade prejudica tanto o hospital quanto o paciente

Em certas situações, como as infecções respiratórias ou as de transmissão aérea, o risco de transmissão pessoa-pessoa aumenta, especialmente, em ambientes mais populosos e fechados. Isso é muito ruim, já que os pacientes que procuram a emergência por outro motivo, podem sair de lá com uma chance maior de contrair um quadro infeccioso. Por isso, é essencial avaliar entre os sintomas que precisam de atendimento de emergência e os que podem ser resolvidos em casa. Isso evita que em casos simples, você fique horas exposto ao contágio de doenças mais graves.

Além disso, hoje em dia existe a telemedicina, disponibilizada por muitas operadoras de plano de saúde, que oferece atendimento 24h através de uma linha telefônica, com profissionais de saúde capacitados para orientar os pacientes da melhor forma.

Últimas novidades

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

Saúde

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

O sistema linfático engloba um complexo conjunto de órgãos, tecidos, vasos e dutos que se distribuem por todo o corpo. Sua principal função é a produção de células de defesa do organismo, o que fortalece o nosso sistema imunológico. Além disso, o sistema linfático também é responsável por filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e “devolvendo” o sangue purificado para o nosso organismo. Ou seja, na prática isso quer dizer que qualquer parte do corpo que possua circulação sanguínea tem também a circulação linfática (embora não usem os mesmos vasos, eles “dialogam”). Para facilitar a compreensão desse complexo sistema, reunimos algumas informações sobre o assunto.

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Saúde

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Doar sangue é um ato voluntário e solidário que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em uma única doação, cerca de 450 ml de sangue são coletados, o que, na prática, consegue ajudar até quatro pacientes que precisam do material para sobreviver. Contudo, é comum que algumas dúvidas apareçam ao longo do caminho para quem quer ser um doador e nunca realizou a doação antes. Quem pode doar sangue? O que é necessário para ser um doador? Quantas vezes por ano é possível fazer isso? Para esclarecer o que você precisa saber sobre o assunto, separamos as principais perguntas sobre doação de sangue e respondemos a seguir.

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

Alimentação saudável

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

A água é uma substância essencial na vida de qualquer ser vivo. Com o verão se aproximando, a ingestão desse líquido se torna ainda mais necessária na nossa rotina: seja para nos manter hidratados ou para matar a nossa sede nos dias mais quentes. O melhor de tudo é que, além de não ter calorias, a água é capaz de promover diversos benefícios para o nosso corpo, alguns já conhecidos; outros nem tanto. Ficou curioso? O Cuidados Mil te conta as vantagens que esse líquido pode trazer para a nossa vida a seguir!

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Saúde

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns quando o assunto é a saúde do homem. A doença atinge o órgão masculino que é responsável pela produção do sêmen (próstata) e raramente apresenta sintomas iniciais, e é justamente por isso que a detecção precoce é tão importante. Logo, o Novembro Azul é uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata bastante necessária, principalmente para homens com idade superior a 50 anos, que são as principais vítimas dessa doença. A seguir, separamos as principais informações sobre o câncer de próstata, como sintomas, tratamento e a melhor forma de preveni-lo.

Ver mais