Voltar para home page
Exercício físico

Qual o impacto dos exercícios físicos na saúde mental?

Afinal, as atividades físicas são capazes de influenciar positivamente os quadros psicológicos?

Afinal, as atividades físicas são capazes de influenciar positivamente os quadros psicológicos?

A prática de exercício físico faz muito bem para saúde do corpo: regula as principais taxas do organismo, melhora o funcionamento do coração e previne várias doenças. Mas você sabia que também possui impactos na saúde mental? Se movimentar alivia o estresse, melhora a memória, ajuda a dormir melhor e ativa o bom humor. Se feito regularmente, as atividades físicas também têm impacto positivo no tratamento de transtornos psicológicos, como depressão e ansiedade. A liberação de hormônios que ocorre durante as práticas é um grande ativador de bem-estar.

Praticar atividades físicas ajuda a dormir melhor

Insônia e outros distúrbios do sono são grandes inimigos da saúde mental. A qualidade do sono pode ser extremamente influenciada pela prática de atividades físicas. Além de dormir mais rápido, pessoas ativas têm um sono mais profundo e de melhor qualidade. A prática regular de exercício físico também faz com que a pessoa se sinta mais disposta no dia seguinte, melhorando a produtividade e bem-estar. Isso ocorre porque quando uma pessoa pratica atividade física, o corpo fica em homeostase, que equilibra o corpo para realizar suas funções de forma mais adequada.

A prática de exercícios físicos ajuda a aliviar o estresse

Sofrer com estresse é cada vez mais comum em nossa sociedade. As atividades físicas feitas regularmente podem aliviar esse mal. A explicação para isso é que, durante a prática, o nosso organismo libera diversas substâncias na corrente sanguínea que aumentam a sensação de prazer e bem-estar. Entre elas está a endorfina, que é considerada um analgésico natural que é produzido pelo cérebro durante e após a prática de atividades físicas.

Como a atividade física pode ajudar na depressão e ansiedade?

Além da diminuição do estresse, as atividades físicas costumam ser recomendadas para tratamentos de depressão e ansiedade. Os exercícios físicos podem ser usados como terapia para casos de depressão leve, oferecendo benefícios semelhantes aos antidepressivos, mas sem os efeitos colaterais. Além da liberação de endorfina, que é uma substância que fará com que a pessoa se sinta bem, as atividades físicas podem também fazer com que a pessoa se distraia do ciclo de pensamentos negativos que alimentam a depressão.

No caso da ansiedade, a atenção na atividade pode ajudar. Ao fazer o exercício físico, tente prestar atenção na sensação dos pés batendo no chão, ritmo da respiração ou sensação do vento na sua pele. Isso ajuda a interromper o fluxo de preocupações constantes, já que a pessoa se concentrará no corpo e sua reações ao realizar a atividade física. Em todos os casos, é super importante que o tratamento seja integrado com as terapias tradicionais, com psiquiatras e psicólogos, e que os exercícios sejam apenas aliados para melhora do quadro.

Últimas novidades

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

Saúde

Câncer de ovário: causas, como identificar e tratamentos

O câncer de ovário é difícil de ser diagnosticado, sendo a segunda neoplasia ginecológica mais comum. Esse tipo de câncer é o mais letal entre os cânceres ginecológicos. Mais frequente em mulheres com mais de 40 anos, o câncer de ovário demora a apresentar sintomas, o que resulta no diagnóstico tardio. Estima-se que cerca de 75% dos casos são diagnosticados quando a doença já está avançada.

Como manter a diabetes controlada?

Saúde

Como manter a diabetes controlada?

A diabetes é uma doença metabólica em que o corpo não consegue produzir uma quantidade suficiente de insulina, hormônio responsável pelo controle da glicose no sangue. Com a falta da substância, o paciente diabético sofre com o aumento do nível de glicose na corrente sanguínea, que é o que chamamos de hiperglicemia. Segundo o Ministério da Saúde, estima-se que 9 milhões de pessoas têm diabetes, e infelizmente esse é um número que só cresce a cada ano. Então, o que fazer para manter a diabetes controlada? Separamos algumas dicas que podem ajudar no problema.

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Saúde

Escutar música alta pode comprometer a audição?

Ouvir música é um hábito que faz parte da vida de muita gente. Basta ir às ruas e observar a quantidade de pessoas com fones de ouvido imersos em seu próprio universo para se dar conta de como a música está presente em todo lugar. No entanto, é importante ficar atento ao volume e a frequência desse hábito. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 50% das pessoas entre 12 e 35 anos correm o risco de sofrer perda auditiva por causa da exposição prolongada e excessiva a sons muito altos, o que corresponde a 1,1 bilhão da população.

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Exercício físico

Exercícios físicos na gravidez: qual a importância e os cuidados durante a prática

Quando uma mulher está grávida, surgem muitas dúvidas sobre a realização de atividades físicas durante a gestação e como isso deve ser feito sem prejudicar a saúde da nova mamãe ou do bebê que está a caminho. É importante conversar com o obstetra antes de dar início a essa rotina, mas geralmente os exercícios físicos são bastante benéficos para o desenvolvimento da gestação. Para entender melhor quais são os benefícios dessa prática, quais são os exercícios físicos mais indicados para mulheres grávidas e que cuidados são necessários, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Ver mais