Voltar para home page
Plano de saúde

Saiba mais sobre o reajuste de plano de saúde para planos individuais

Tem dúvidas sobre reajuste anual do plano de saúde individual? Descubra como esse valor é calculado!

Tem dúvidas sobre reajuste anual do plano de saúde individual? Descubra como esse valor é calculado!

A taxa de reajuste no valor dos planos de saúde ocorre todos os anos. Essa porcentagem nem sempre é a mesma da inflação e, por isso, muitos ficam em dúvida sobre como esse cálculo é feito. Para ajudar, confira o conteúdo que preparamos com as regras para planos de Pessoa Física.

Quem define a taxa de reajuste em planos de saúde para Pessoa Física?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é a responsável por definir a taxa de reajuste do serviço - anualmente, entre os meses de maio e agosto, ela divulga o valor a ser ajustado. Essa cobrança, porém, só será aplicada no mês de aniversário do contrato do cliente.

Mas vale lembrar: considerando o período de defasagem entre a divulgação do valor e o mês de aniversário, o índice de reajuste pode ser aplicado de forma retroativa, contemplando o espaço entre as duas datas.

Como funciona o novo cálculo de reajustes da ANS

Para reajustes realizados a partir de 2019, a agência reguladora está considerando uma nova metodologia para calcular a taxa, que será resultado de duas amplas categorias: despesas assistenciais e inflação da economia.

A primeira representa 80% do valor final e considera a frequência de uso do plano pelos beneficiários, as novas tecnologias da saúde e os gastos médicos. Já a segunda, contempla os 20% faltantes e se refere ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Reajuste por faixa etária

Além da taxa anual, há também o reajuste pela idade do beneficiário - caso ele faça aniversário e troque de grupo, um valor será aplicado dentro dos limites de variação definidos pela ANS. Cada um desses grupos estão definidos em contrato. Para saber mais, confira as faixas etárias no documento.

Últimas novidades

Como escovar os dentes corretamente? Veja o passo a passo para não errar!

Odontologia

Como escovar os dentes corretamente? Veja o passo a passo para não errar!

Cuidar da higiene bucal é algo que deve fazer parte da rotina. Além de garantir um sorriso mais limpo, bonito e saudável, essa é a maneira mais eficiente de evitar problemas como a cárie, o tártaro e a gengivite. De uma maneira geral, a recomendação é que a escovação dos dentes seja feita pelo menos três vezes ao dia após as principais refeições - café da manhã, almoço e jantar.

Acupuntura: entenda o que é essa terapia, indicações e efeitos na saúde

Terapias

Acupuntura: entenda o que é essa terapia, indicações e efeitos na saúde

A acupuntura é uma técnica oriental que consiste no uso de agulhas em partes específicas do corpo com o objetivo de melhorar o bem-estar individual e promover o equilíbrio do corpo. Inclusive, a acupuntura é tão benéfica que vem sendo cada vez mais indicada como terapia complementar para diversas doenças que afetam a parte física e psicológica. Para entender melhor como o procedimento funciona, para quem ele é indicado e quais são os benefícios da acupuntura para o corpo, o Cuidados Mil reuniu as principais informações sobre isso. Confira!

Como a endoscopia é feita e quais as recomendações?

Saúde

Como a endoscopia é feita e quais as recomendações?

Você já ouviu falar na endoscopia? Este exame médico coleta imagens em tempo real das cavidades do sistema digestivo, sendo fundamental para o diagnóstico de doenças e até alguns tratamentos. Ele é realizado com um nível de sedação que vai depender da complexidade do procedimento, que pode ser tanto para avaliar uma gastrite quanto retirar tumores. Veja abaixo como o exame é feito, para que serve e quais são os casos recomendados para se fazer a endoscopia.

O que é a segunda onda de Covid-19 e o que a população pode fazer para evitá-la?

Saúde

O que é a segunda onda de Covid-19 e o que a população pode fazer para evitá-la?

O termo “segunda onda” é utilizado quando novos surtos começam a ocorrer após uma queda na taxa de transmissão do vírus. No caso da Covid-19, os especialistas alertaram sobre a possibilidade, mesmo que houvesse um achatamento significativo na curva de infectados. Historicamente, das oito pandemias que já ocorreram no mundo desde 1700, pelo menos sete tiveram mais de uma onda em alguma parte do mundo.

Ver mais