Voltar para home page
Odontologia

Saúde bucal infantil: aprenda a cultivar bons hábitos odontológicos com as crianças

Qual a relação entre alimentação e saúde bucal infantil?

Qual a relação entre alimentação e saúde bucal infantil?

Você sabia que a alimentação já é importante para a saúde bucal desde a fase intrauterina? Acontece que, por volta do 5º mês de gestação, o paladar da criança já começa a ser desenvolvido. E se a futura mamãe consumir doces em excesso, por exemplo, a probabilidade de o bebê já nascer com preferência por esses alimentos é maior. A alimentação saudável na gestação, com boa quantidade de proteínas, vitaminas e sais minerais, com moderada quantidade de gorduras e carboidratos influencia na dentição mais saudável dos filhos.

Cárie de mamadeira precisa da sua atenção

A cárie de mamadeira, um problema bucal associado ao uso prolongado de leite ou líquidos açucarados (chás e sucos, por exemplo), apresenta um desenvolvimento rápido. Portanto, caso a criança faça uso frequente desse tipo de alimento na mamadeira, principalmente no período noturno, o ideal é eliminar o hábito o quanto antes.
Outra dica importante é não acostumar o pequeno a ir para a cama com a mamadeira. O problema desse comportamento é que a criança passa a associar o sono com as refeições.

Assim que os dentes de leite nascem, é desejável que a criança elimine o hábito de alimentação antes de dormir. Caso isso não aconteça, a sugestão é substituir o leite pela água, diminuindo gradativamente a quantidade ingerida até que o pequeno abandone esse comportamento.

Introdução alimentar: incluindo as refeições na dieta

Quando a criança passar a se alimentar junto com a família, é importante que os pais deem bons exemplos de alimentação. Lembre-se: na escola, o pequeno tem acesso à diversos alimentos diferentes, incluindo balas e outros açúcares, que são difíceis de serem controlados pelos pais. Por isso, é ainda mais importante que os bons hábitos sejam cultivados de forma natural.

Os doces devem ser dados à criança de forma esporádica. E nunca esqueça da higienização logo após consumir as guloseimas!

Fonte: Dra. Glenda Nahás Bergamasco Dreuzzo
Especialista em Odontopediatria
Consultora Científica do Amil Dental Kids

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais