Voltar para home page
Saúde

Saúde mental e física: como uma influencia a outra?

 Segundo a OMS, a depressão afeta 11,5 milhões de brasileiros, enquanto a ansiedade atinge mais de 18,6 milhões de pessoas no país

Segundo a OMS, a depressão afeta 11,5 milhões de brasileiros, enquanto a ansiedade atinge mais de 18,6 milhões de pessoas no país

Antes considerada um tabu, a saúde mental tem se tornado um assunto cada vez mais comum nas rodas de conversa, relações familiares, ambientes corporativos e veículos de comunicação.Levantamentos recentes da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostraram que a depressão afeta 11,5 milhões de brasileiros, enquanto problemas associados à ansiedade atingem mais de 18,6 milhões de pessoas no país. Essas doenças comprometem a estrutura social e física da pessoa. De acordo com a OMS, saúde emocional e física são áreas interdependentes na vida de um indivíduo e precisam do mesmo nível de cuidado.

Como a saúde emocional impacta o corpo?

A influência da mente no surgimento de sintomas físicos é mais comum do que parece. Um campo de estudo entre a medicina e a psicologia, denominado psicossomática, parte do conceito de que as emoções afetam alguns processos orgânicos do corpo ou podem aumentar o risco de desenvolver ou agravar certas doenças. Uma crise de ansiedade, por exemplo, pode vir acompanhada de calafrios, taquicardia, sudorese, falta de ar e tontura. No caso da síndrome de pânico, esses efeitos são mais atenuantes e podem ser confundidos com um ataque cardíaco.

Os problemas digestivos são muito comuns em pessoas que sofrem de ansiedade e depressão. A chamada “gastrite nervosa” é a mais comum, podendo estar relacionada com ansiedade e estresse, cujos sintomas são dores estomacais, azia e queimação. Apesar de não haver inflamação, o incômodo pode atrapalhar a vida de quem sofre com esses sintomas, que podem ser amenizados com mudanças na alimentação, estilo de vida e uso de medicações de acordo com orientação profissional. Por outro lado, as doenças psicológicas também podem interferir na imunidade, isso porque a atuação das células de defesa do organismo é prejudicada pelas alterações hormonais que ocorrem em casos depressivos.

Como cuidar da saúde mental?

A saúde mental tem relação com fatores biológicos e socioeconômicos - e pode ser desencadeada por rotinas estressantes, doenças, mudanças sociais e até por um estilo de vida não saudável. É por isso que todas as áreas da vida são afetadas pelo emocional e vice-versa. Algumas práticas e mudanças de hábitos, no entanto, podem ajudar a preservar a saúde emocional para lidar com adversidades. A alimentação saudável é uma delas, já que a falta de nutrientes pode afetar as capacidades cognitivas e contribuir para o desenvolvimento de alguns distúrbios psicológicos.

A prática de atividade física também ajuda a amenizar os efeitos da ansiedade e pode gerar outros benefícios para o corpo, prevenindo doenças no coração e aumentando a energia para as tarefas cotidianas. O cuidado com a saúde mental precisa ser diário, por isso é importante priorizar momentos para relaxar, manter uma boa rotina de sono e cultivar relações construtivas.

Últimas novidades

Como funciona a vacina contra HPV?

Saúde

Como funciona a vacina contra HPV?

A vacina contra HPV (Papilomavírus Humano) é uma das formas mais eficazes de prevenir a infecção, que pode ter vários tipos e níveis de gravidade. A transmissão ocorre pelo contato sexual ou de mãe para filho e pode atingir pele e mucosas. Além disso, algumas versões do vírus são agentes causadores de diversos cânceres, incluindo o do colo de útero - que, segundo a Organização Mundial da Saúde, afeta cerca de 290 milhões de mulheres no mundo inteiro. A vacina tem uma ação preventiva contra os tipos mais comuns da infecção e pode ser administrada ainda na adolescência.

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

Emergência

Acidente Vascular Cerebral: o que é, causas e como prevenir

O Acidente Vascular Cerebral (AVC) é uma dos problemas mais comuns no mundo inteiro. Também conhecido com derrame cerebral, ele acontece por causas variadas e pode levar à morte - ou provocar consequências graves que afetam toda a vida do paciente. A junção de alguns sintomas ajudam a identificar o problema, que precisa de um atendimento médico imediato. O AVC ainda é cercado de mitos e dúvidas, mas uma coisa é certa: o problema pode ser evitado com atitudes simples no dia a dia.

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

Terapias

4 benefícios cientificamente comprovados da meditação

A meditação é um método milenar associado à saúde e ao bem-estar físico e mental. Não se sabe ao certo quando ou onde surgiu, já que a prática acompanha a humanidade desde os seus primórdios, mas uma coisa é certa: a meditação tem ganhado mais popularidade e, inclusive, é indicada no tratamento de diversos transtornos. O método pode ser resumido como um treinamento da mente para esvaziar ou redirecionar os pensamentos. Na prática, é muito mais do que isso e a ciência pode comprovar. Veja abaixo 4 benefícios da meditação com respaldo científico!

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Alimentação saudável

Vegetarianismo: o que você precisa considerar antes de fazer a transição?

Causa animal, saúde, cuidado com o meio ambiente ou consumo consciente: as motivações para uma pessoa se tornar vegetariana são muitas. O vegetarianismo consiste, basicamente, em não consumir produtos de origem animal (carnes, laticínios e ovos), com algumas variações. Uma pesquisa divulgada pelo Ibope (Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística), em abril de 2018, mostrou o crescimento da prática no país: cerca de 14% dos brasileiros se consideram vegetarianos, um aumento de 75% em comparação a 2012. Não há contraindicação para esse tipo de dieta, mas é necessário que você faça um acompanhamento médico para adequar a alimentação sem prejudicar a sua saúde.

Ver mais