Voltar para home page
Saúde

Saúde ocular: veja a importância dos exames oftalmológicos

A preocupação com a saúde ocular precisa fazer parte da sua rotina

A preocupação com a saúde ocular precisa fazer parte da sua rotina

É muito comum se preocupar com a saúde ocular apenas em momentos de crise ou de um problema específico. Geralmente, as pessoas sentem a visão embaçada ou precisam fazer um exame simples para a produção de novas lentes - e só então procuram o médico oftalmologista. Mas as consultas com um especialista não devem ser pontuais. O melhor é marcar uma vez ao ano, pelo menos, para detectar doenças de alta gravidade, como catarata, glaucoma e retinopatia diabética, que podem levar à cegueira quando não tratadas.

Saúde dos olhos: o desenvolvimento ocular das crianças

A saúde oftalmológica deve ser cuidada antes mesmo do nascimento. O Ministério da Saúde aponta que 40% dos casos de cegueira infantil poderiam ser evitados ou diagnosticados já no pré-natal. Gestantes com rubéola, toxoplasmose e sífilis, por exemplo, precisam de atenção redobrada para evitar o comprometimento ocular dos bebês. O mesmo cuidado deve ser tomado com crianças prematuras.

Ainda na maternidade, os recém-nascidos passam pelo Teste do Olhinho, capaz de identificar doenças como estrabismo e catarata congênita - também chamada de catarata infantil. E os pais devem estar sempre atentos a sintomas como sensibilidade à luz, vermelhidão e lacrimejamento excessivo. Esses podem ser sinais de que algo está errado com a visão da criança.

As doenças oculares mais comuns na infância são:

- Retinoblastoma - tumor localizado na retina;
- Catarata congênita - má formação do cristalino, ligamento responsável pela focalização;
- Problemas na refração - miopia, hipermetropia e astigmatismo;
- Ambliopia - ocorre quando um dos olhos não tem boa visão, sendo conhecido também como “olho preguiçoso”.

Como cuidar dos olhos na fase adulta

Pessoas que não usam lentes de contato ou óculos de grau são as que menos realizam consultas oftalmológicas. Mas, entre os 30 e 40 anos, as visitas ao especialista são essenciais para detectar problemas como catarata e glaucoma. Essa também é a faixa etária em que aumentam as queixas de coceiras, lacrimejamento e dificuldade para focalização - e nem todo quadro é tão simples quanto parece.

A conjuntivite, por exemplo, é considerada uma inflamação de baixa gravidade e fácil recuperação. Mas é importante saber que nem todo caso de vermelhidão ocular se resume a esse problema. Geralmente acompanhada de coceira e secreção, é ideal procurar ajuda médica se o quadro não apresentar melhora em poucos dias.

Os problemas mais comuns em adultos e idosos são:
- Degeneração Macular Relacionada à Idade - atinge a área da retina chamada mácula e provoca a perda de visão;
- Glaucoma - neuropatia que compromete o nervo e a camada de fibras nervosas;
- Melanoma Ocular - tumor responsável pela perda parcial da visão;
- Uveíte - inflamação rara que acomete a úvea completa ou parcialmente.

Atenção à pressão intraocular

Tonometria é o nome dado ao exame que mede a pressão interna do globo ocular. Os níveis considerados normais são de 10 a 21,5 mmHg. Entretanto, cada pessoa pode apresentar uma resposta diferente aos diversos níveis de pressão. Logo, para definir o nível ideal de cada indivíduo, é necessária uma avaliação com o oftalmologista.

A pressão deve ser medida principalmente em pacientes com risco de glaucoma. Além deles, são considerados fatores de risco para a doença o histórico familiar e o uso não prescrito de corticóides. É importante também informar ao especialista sempre que iniciar a utilização de um novo medicamento - ele pode contribuir para o aumento dos níveis da pressão.

Fonte: Dr. Hallim Feres Neto

Últimas novidades

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

Saúde

Entenda como funciona o sistema linfático do corpo humano

O sistema linfático engloba um complexo conjunto de órgãos, tecidos, vasos e dutos que se distribuem por todo o corpo. Sua principal função é a produção de células de defesa do organismo, o que fortalece o nosso sistema imunológico. Além disso, o sistema linfático também é responsável por filtrar e drenar o excesso de líquido do corpo, eliminando impurezas e “devolvendo” o sangue purificado para o nosso organismo. Ou seja, na prática isso quer dizer que qualquer parte do corpo que possua circulação sanguínea tem também a circulação linfática (embora não usem os mesmos vasos, eles “dialogam”). Para facilitar a compreensão desse complexo sistema, reunimos algumas informações sobre o assunto.

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Saúde

6 perguntas e respostas sobre a doação de sangue

Doar sangue é um ato voluntário e solidário que pode ajudar a salvar muitas vidas. Em uma única doação, cerca de 450 ml de sangue são coletados, o que, na prática, consegue ajudar até quatro pacientes que precisam do material para sobreviver. Contudo, é comum que algumas dúvidas apareçam ao longo do caminho para quem quer ser um doador e nunca realizou a doação antes. Quem pode doar sangue? O que é necessário para ser um doador? Quantas vezes por ano é possível fazer isso? Para esclarecer o que você precisa saber sobre o assunto, separamos as principais perguntas sobre doação de sangue e respondemos a seguir.

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

Alimentação saudável

Beber água promove benefícios para a saúde que você nem imagina. Veja alguns!

A água é uma substância essencial na vida de qualquer ser vivo. Com o verão se aproximando, a ingestão desse líquido se torna ainda mais necessária na nossa rotina: seja para nos manter hidratados ou para matar a nossa sede nos dias mais quentes. O melhor de tudo é que, além de não ter calorias, a água é capaz de promover diversos benefícios para o nosso corpo, alguns já conhecidos; outros nem tanto. Ficou curioso? O Cuidados Mil te conta as vantagens que esse líquido pode trazer para a nossa vida a seguir!

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

Saúde

Novembro azul: entenda a importância da conscientização sobre o câncer de próstata

O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns quando o assunto é a saúde do homem. A doença atinge o órgão masculino que é responsável pela produção do sêmen (próstata) e raramente apresenta sintomas iniciais, e é justamente por isso que a detecção precoce é tão importante. Logo, o Novembro Azul é uma campanha de conscientização sobre o câncer de próstata bastante necessária, principalmente para homens com idade superior a 50 anos, que são as principais vítimas dessa doença. A seguir, separamos as principais informações sobre o câncer de próstata, como sintomas, tratamento e a melhor forma de preveni-lo.

Ver mais