Voltar para home page
Saúde

Telemedicina: o que é e para que serve? Entenda e saiba como usar o recurso

Entenda o que é a telemedicina e saiba como usar esse recurso do seu plano de saúde

Entenda o que é a telemedicina e saiba como usar esse recurso do seu plano de saúde

Em algumas situações como febre, gripe, cólica ou enjoos, muitas pessoas se perguntam se é necessário procurar um serviço de emergência, hospital ou médico especialista para averiguar a situação, ou até se seria o caso de tratar o problema de saúde em casa. Uma das alternativas para evitar desperdícios de recursos e de tempo, ajudando os pacientes a utilizar melhor os serviços de saúde, é a telemedicina. Confira como funciona esse serviço!

A telemedicina é um serviço 24h destinado a orientar os pacientes a navegar melhor pelo sistema de saúde

Hoje em dia, algumas operadoras de plano de saúde possuem canais especializados de telemedicina, onde por meio de plataformas online, você recebe a orientação de profissionais de saúde qualificados sobre a melhor forma de agir na sua situação. Seguindo protocolos clínicos, eles poderão responder questões sobre sintomas, como agir em caso de quedas, traumas, dúvidas sobre medicamentos e vários outros assuntos em tempo real e à distância.

Praticidade, agilidade e economia de tempo e recursos são os principais objetivos da telemedicina

Com estas plataformas, você não precisa sair de casa sem a certeza de que receberá o cuidado certo para o seu caso - em algumas situações, talvez nem seja necessário sair de casa. O profissional de saúde orienta e, se necessário, direciona o paciente para o local certo, evitando consultas desnecessárias e esperas longas nas emergências. Desta forma, você economiza seu tempo e também o dos pacientes nas filas de emergência, ao mesmo tempo que se poupa de correr riscos em ambientes hospitalares ou realizando exames sem necessidade.

Telelaudos e teleassistência são as principais áreas de atuação da telemedicina

Enquanto os telelaudos - laudo médico produzido à distância por meio de ferramentas tecnológicas, como a internet e plataformas de telemedicina, que reúne informações sobre o paciente, o exame realizado, sua hipótese diagnóstica, conduta médica utilizada, interpretação dos achados e conclusões - promovem o recebimento de exames para análise de especialistas, a teleassistência traz vários serviços da rotina clínica para o ambiente digital, como segunda opinião de diagnósticos, tudo por meio de plataformas digitais. Assim, sempre que você não tiver certeza de para onde se dirigir ou como proceder em caso de um problema de saúde, é só entrar em contato com a sua operadora – caso ela ofereça esse serviço - e seguir as orientações do especialista de plantão.

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais