Voltar para home page
Saúde

Telemedicina: o que é e para que serve? Entenda e saiba como usar o recurso

Entenda o que é a telemedicina e saiba como usar esse recurso do seu plano de saúde

Entenda o que é a telemedicina e saiba como usar esse recurso do seu plano de saúde

Em algumas situações como febre, gripe, cólica ou enjoos, muitas pessoas se perguntam se é necessário procurar um serviço de emergência, hospital ou médico especialista para averiguar a situação, ou até se seria o caso de tratar o problema de saúde em casa. Uma das alternativas para evitar desperdícios de recursos e de tempo, ajudando os pacientes a utilizar melhor os serviços de saúde, é a telemedicina. Confira como funciona esse serviço!

A telemedicina é um serviço 24h destinado a orientar os pacientes a navegar melhor pelo sistema de saúde

Hoje em dia, algumas operadoras de plano de saúde possuem canais especializados de telemedicina, onde por meio de plataformas online, você recebe a orientação de profissionais de saúde qualificados sobre a melhor forma de agir na sua situação. Seguindo protocolos clínicos, eles poderão responder questões sobre sintomas, como agir em caso de quedas, traumas, dúvidas sobre medicamentos e vários outros assuntos em tempo real e à distância.

Praticidade, agilidade e economia de tempo e recursos são os principais objetivos da telemedicina

Com estas plataformas, você não precisa sair de casa sem a certeza de que receberá o cuidado certo para o seu caso - em algumas situações, talvez nem seja necessário sair de casa. O profissional de saúde orienta e, se necessário, direciona o paciente para o local certo, evitando consultas desnecessárias e esperas longas nas emergências. Desta forma, você economiza seu tempo e também o dos pacientes nas filas de emergência, ao mesmo tempo que se poupa de correr riscos em ambientes hospitalares ou realizando exames sem necessidade.

Telelaudos e teleassistência são as principais áreas de atuação da telemedicina

Enquanto os telelaudos - laudo médico produzido à distância por meio de ferramentas tecnológicas, como a internet e plataformas de telemedicina, que reúne informações sobre o paciente, o exame realizado, sua hipótese diagnóstica, conduta médica utilizada, interpretação dos achados e conclusões - promovem o recebimento de exames para análise de especialistas, a teleassistência traz vários serviços da rotina clínica para o ambiente digital, como segunda opinião de diagnósticos, tudo por meio de plataformas digitais. Assim, sempre que você não tiver certeza de para onde se dirigir ou como proceder em caso de um problema de saúde, é só entrar em contato com a sua operadora – caso ela ofereça esse serviço - e seguir as orientações do especialista de plantão.

Últimas novidades

Mitos e verdades sobre o reajuste de plano de saúde

Saúde

Mitos e verdades sobre o reajuste de plano de saúde

Algumas dúvidas podem surgir quando o assunto é reajuste do plano de saúde. Afinal, quem calcula o valor? É possível ficar acima do IPCA? Posso ser cobrado duas vezes? Saiba a resposta para essas e outras perguntas no conteúdo que preparamos para você. Confira!

Saiba mais sobre o reajuste de plano de saúde para planos individuais

Plano de saúde

Saiba mais sobre o reajuste de plano de saúde para planos individuais

A taxa de reajuste no valor dos planos de saúde ocorre todos os anos. Essa porcentagem nem sempre é a mesma da inflação e, por isso, muitos ficam em dúvida sobre como esse cálculo é feito. Para ajudar, confira o conteúdo que preparamos com as regras para planos de Pessoa Física.

Vacinação: quais são as vacinas recomendadas para adultos e a importância de se proteger

Saúde

Vacinação: quais são as vacinas recomendadas para adultos e a importância de se proteger

Assim como as crianças, os adultos também têm um calendário de vacinação a cumprir. Além da vacina anual contra gripe, o Ministério da Saúde recomenda quatro imunizações para pessoas entre 20 e 59 anos que possuem o esquema vacinal completo (quem não tem o calendário atualizado precisa procurar um serviço para atualização). Parte da população, porém, só toma vacinas em grandes campanhas ou em caso de epidemias - O CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica) alerta que os índices de cobertura vacinal estão abaixo do nível ideal de cobertura. Estima-se uma média de apenas 4,7%.

Conheça os alimentos mais ricos em Vitamina C

Alimentação saudável

Conheça os alimentos mais ricos em Vitamina C

A vitamina C é um nutriente essencial para a saúde e bom funcionamento do corpo humano. Reconhecida pelo alto poder antioxidante, ela é capaz de melhorar a imunidade e deixar o organismo mais forte para agir contra doenças causadas por microorganismos. Por isso a vitamina C é muito associada com a prevenção de problemas respiratórios, que aparecem com mais frequência no inverno. Encontrada em frutas cítricas e outros vegetais, o nutriente também é responsável pela produção do colágeno: essa proteína muito associada à beleza é fundamental para a sustentação dos tecidos, ossos, dentes e parede dos vasos sanguíneos.

Ver mais