Consulta

Diabetes: quais os sintomas mais comuns que indicam a doença?

Consulta

Diabetes: quais os sintomas mais comuns que indicam a doença?

Não é difícil conhecer ou encontrar pessoas que convivem diariamente com a diabetes. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, mais de 13 milhões de pessoas no mundo são diagnosticados com um dos tipos da doença . O que pouca gente sabe é que, se não for controlada e acompanhada corretamente, a diabetes pode trazer consequências sérias para a vida do paciente. Por isso, mesmo que seja uma doença silenciosa, é importante ficar atento a alguns sinais, como boca seca e bexiga cheia toda hora, que podem sinalizar que algo não está certo. Confira abaixo os principais sintomas que indicam diabetes!

Hipotireoidismo e Hipertireoidismo: descubra as diferenças e os perigos de cada tipo de alteração da tireoide

Consulta

Hipotireoidismo e Hipertireoidismo: descubra as diferenças e os perigos de cada tipo de alteração da tireoide

Cansaço, sono desregulado e alterações no peso são alguns sinais que podem indicar problemas na tireoide. A glândula, que tem um formato parecido com uma borboleta e está localizada na parte da frente do pescoço, libera hormônios fundamentais para diferentes mecanismos do corpo humano. A baixa ou elevada produção dessas substâncias podem afetar muito a saúde e a qualidade de vida dos indivíduos.

5 sinais do seu corpo que indicam imunidade baixa

Consulta

5 sinais do seu corpo que indicam imunidade baixa

A imunidade baixa é, na maioria das vezes, associada a quadros de gripes, mas há muitos outros sinais que indicam problemas no sistema imunológico. Responsável pela defesa do organismo contra bactérias, vírus e fungos, esse sistema está presente em todo o corpo humano em forma de células e moléculas. A ação imunológica é capaz de manter o organismo livre de tumores, infecções e outras doenças graves.

Hipertensão: como a doença afeta outras áreas do seu corpo?

Consulta

Hipertensão: como a doença afeta outras áreas do seu corpo?

A hipertensão arterial é uma doença muito comum, que atinge pessoas de todas as idades, gêneros e origens. Segundo o Ministério da Saúde, um a cada quatro adultos brasileiros são diagnosticados com a doença e cerca de 34 pessoas morrem por hora de doenças cardiovasculares. O que pouca gente sabe é que a doença, também conhecida como pressão alta, pode afetar outros órgãos além do coração. Rins, olhos e cérebro são as partes do corpo que mais podem ser prejudicadas pela hipertensão. Entenda abaixo as principais complicações desencadeadas pela doença!

Como cuidar dos rins e prevenir doenças renais?

Consulta

Como cuidar dos rins e prevenir doenças renais?

No dia a dia - e principalmente na juventude - é normal não dar tanta importância para alguns órgãos vitais do corpo humano. Um exemplo são os rins, dois órgãos localizados na parede posterior do abdome, posicionados um em cada lado da coluna vertebral e na altura da região lombar. Essas estruturas, que medem cerca de 12 centímetros e podem pesar 150 gramas cada, estão ligadas à bexiga pelos ureteres, tubos que levam a urina de um órgão para o outro. Por alguns fatores, os rins podem perder sua capacidade de funcionar corretamente, ocasionando doenças renais graves para a saúde.

O que é displasia do colo do útero? Veja o que causa esse problema e como evitar!

Consulta

O que é displasia do colo do útero? Veja o que causa esse problema e como evitar!

A neoplasia intra-epitelial cervical, também conhecida por displasia do colo do útero ou displasia cervical, ocorre quando as células da superfície interna do útero se desenvolvem de forma alterada. A doença não costuma apresentar muitos sintomas e, caso não seja tratada, pode evoluir para câncer de colo do útero - tipo que afeta cerca de 530 mil mulheres no mundo inteiro. Quase sempre a alteração nas células é provocada pela presença do Papilomavírus humano (HPV), infecção sexualmente transmissível que provoca lesões nos órgãos genitais e na pele.

Raios UV: entenda os cuidados com os olhos para não danificar a visão

Consulta

Raios UV: entenda os cuidados com os olhos para não danificar a visão

Os tão esperados dias de sol já estão chegando, mas para que a diversão seja completa, alguns cuidados com os olhos são necessários. Uso de óculos com proteção solar, tanto para adultos quanto crianças, é fundamental. Segundo o oftalmologista Hallim Feres Neto, apesar de a luz solar ser benéfica e necessária, a exposição excessiva aos raios UV pode causar problemas oculares como catarata, degeneração macular relacionada à idade, pterígio e ceratite.

Outubro rosa: a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

Consulta

Outubro rosa: a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama

Chega outubro e o rosa toma conta da iluminação de prédios públicos e privados, campanhas de variadas marcas na televisão e ações pelas cidades. O rosa é um lembrete: o câncer de mama é um perigo real para mulheres do mundo inteiro. Esse é o segundo câncer que mais atinge as brasileiras. Para se ter uma ideia, a estimativa para 2019 foi de 59.700 novos casos da doença no país. No âmbito internacional, são cerca de 1,38 milhões de novos casos e 458 mil mortes por ano, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O outubro rosa é um momento de conscientização sobre a importância de se prevenir. O diagnóstico precoce pode salvar vidas!