Voltar para home page
Saúde

5 dicas para tirar mais proveito da sua consulta médica

Saiba como aproveitar melhor cada minuto da sua consulta médica / Foto: Getty Images

Saiba como aproveitar melhor cada minuto da sua consulta médica / Foto: Getty Images

Muitas vezes, depois de uma consulta, é comum voltar cheio de dúvidas. Mesmo que sejam questões pequenas, é importante que o paciente se informe mais sobre o seu quadro de saúde e tenha um bom relacionamento com seu médico. Por isso, o Cuidados Mil separou 5 dicas para você tirar o máximo de proveito da sua consulta. Acompanhe!

Tenha em mente tudo o que você quer perguntar

Antes de qualquer coisa, é bom anotar todas as dúvidas que você já tem. Também tenha em mãos informações como quais sintomas você sente, com que frequência eles aparecem e quando eles começaram. Quanto mais preparado você for, sua consulta será mais proveitosa.

Dê o máximo de informação ao seu médico

Uma atitude importante é levar exames anteriores que possam ajudar o profissional a entender o seu quadro geral e concluir um diagnóstico. Outros dados relevantes para o médico são seus hábitos de vida: dizer se pratica algum exercício físico, se consome bebidas alcoólicas com frequência, entre outros. Qualquer informação pode fazer a diferença e ajudar num diagnóstico mais preciso.

Não tenha vergonha de perguntar

Se durante a consulta não estiver entendendo o que o seu médico está dizendo ou não tiver a menor ideia dos termos que estão sendo usados, pergunte. A melhor coisa a se fazer é pedir que o profissional explique até que você compreenda completamente. Não se sinta envergonhado em perguntar para que servem os exames e medicamentos ou quanto o tratamento poderá custar. Aproveite o tempo no consultório para esclarecer todas as dúvidas.

Invista nas consultas presenciais

Não há dúvidas de que a tecnologia contribui para uma melhor relação entre o médico e o paciente. Muitas vezes, uma dúvida ou outra pode ser resolvida por uma simples mensagem ou ligação de celular, mas prefira sempre atendimentos presenciais em vez de falar pelo telefone.

Lembre-se que você é o cliente!

É importante que o paciente saiba que não tem que concordar com tudo ou aceitar tudo o que é receitado pelo médico sem questionamentos. Não se sinta constrangido de conversar e junto ao seu médico escolher qual a melhor forma de cuidar da sua saúde até que se sinta confortável e seguro.

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais