Voltar para home page
Saúde

Especialidades da odontologia: conheça as 10 principais áreas e o que elas tratam

Há diferentes especialidades da odontologia para cuidar de determinadas partes da boca e problemas bucais

Há diferentes especialidades da odontologia para cuidar de determinadas partes da boca e problemas bucais

Assim como existem diversas especialidades na medicina, a odontologia também se divide em diferentes áreas. O dentista pode realizar restaurações, limpezas e raspagens, por exemplo, mas não é o mesmo profissional que sugere a utilização de aparelhos ortodônticos ou realiza cirurgias.

Quais as áreas de atuação do profissional de odontologia?

O Conselho Federal de Odontologia reconhece 23 especialidades dentro da área - e todas elas permitem a prescrição de medicamentos e solicitação de exames. Conheça os 10 principais atendimentos que você pode encontrar em uma clínica odontológica (e entenda a quem recorrer quando precisar):

1. Clínico Geral: cuidado com cáries e outros problemas comuns

O profissional tem conhecimento sobre os principais problemas e procedimentos odontológicos e pode averiguar e oferecer alguns cuidados - como aplicação de flúor, raspagem de tártaro, remoção de cáries e restaurações. Em casos em que é necessário um tratamento mais específico, o clínico faz o encaminhamento para outro especialista.

2. Dentística: estética e restauração dos dentes

Uma das especialidades mais conhecidas, o dentista atua na estética e restauração dos dentes. Esse é o profissional que realiza procedimentos mais populares, como clareamento dental e restaurações nos dentes comprometidos por cáries, fraturas ou abrasões.

3. Endodontia: tratamentos na parte interna do dente

Tem a função de tratar a polpa dentária, ou seja, a estrutura interna do dente. Uma cárie não tratada, por exemplo, pode atingir essa região - e esse especialista é o mais indicado para remover a parte contaminada. Nesse caso, é necessário realizar o tratamento de canal. Além disso, esse profissional atende casos de acidentes, avaliando possíveis fraturas nos dentes.

4. Ortodontia: especialista em aparelhos dentários

A principal função desse especialista é corrigir a posição dos dentes - na maioria das vezes, por meio de aparelhos móveis ou fixos. O profissional trata problemas como mordida cruzada, aberta e profunda, apinhamento dental (dentes tortos) e diastemas (espaços entre os dentes), contribuindo para a estética e boa mastigação.

5. Periodontia: cuidado com a gengiva

Nessa especialidade, o profissional atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de complicações que atacam a gengiva e o suporte dos dentes. O problema mais comum é a gengivite, inflamação que pode ser percebida por meio do sangramento gengival. Quando não tratada, ela pode evoluir para periodontite e possível perda dos dentes.

6. Odontopediatria: saúde bucal infantil

Esse profissional atua na manutenção da saúde bucal infantil. O odontopediatra também acompanha o desenvolvimento da arcada dentária para prevenir e tratar malformações. O ideal é que as visitas sejam frequentes da primeira dentição até a troca dos dentes de leite pelos permanentes, evitando complicações desde cedo.

7. Radiologia: diagnósticos mais precisos

Essa especialidade é a mais usada para obter e confirmar diagnósticos. Por meio de exames de imagem é possível ver a estrutura intra-óssea (dentro do osso) - região que procedimentos simples não são capazes de analisar. Como resultado, é possível avaliar a condição óssea do paciente e diagnosticar lesões, perdas ósseas e outros problemas bucais. A radiologia é fundamental para todas as especialidades da odontologia.

8. Prótese dentária: reconstrução de dentes

Essa especialidade tem como objetivo a reconstrução e reposição de dentes quebrados ou ausentes - garantindo ao paciente saúde, conforto e também a questão estética. Entre suas responsabilidades, o profissional atua na confecção de coroas, próteses (removíveis ou fixas) e implantes.

9. Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofaciais: extração de dentes e outros procedimentos cirúrgicos

Especialista que atua em problemas mais invasivos, o cirurgião bucomaxilofacial realiza atendimentos em hospitais e consultórios. Ele é responsável por procedimentos em casos de malformações congênitas, tumores, enfermidades que atacam a articulação bucal ou retirada de sisos. O atendimento por esse especialista também pode ser em conjunto com outros profissionais, como neurologistas e oncologistas.

10. Urgência e Emergência

Apesar de parecerem sinônimos, a emergência e urgência tratam de necessidades diferentes. A primeira é relacionada a uma situação extrema onde há o risco de morte do paciente; já a segunda, embora também precise de um diagnóstico e tratamento imediatos, não coloca em risco a vida do indivíduo. Em odontologia, a urgência é mais comum, principalmente em casos onde há quadro de dores difíceis de suportar.

Últimas novidades

Mitos e verdades sobre o reajuste de plano de saúde

Saúde

Mitos e verdades sobre o reajuste de plano de saúde

Algumas dúvidas podem surgir quando o assunto é reajuste do plano de saúde. Afinal, quem calcula o valor? É possível ficar acima do IPCA? Posso ser cobrado duas vezes? Saiba a resposta para essas e outras perguntas no conteúdo que preparamos para você. Confira!

Saiba mais sobre o reajuste de plano de saúde para planos individuais

Plano de saúde

Saiba mais sobre o reajuste de plano de saúde para planos individuais

A taxa de reajuste no valor dos planos de saúde ocorre todos os anos. Essa porcentagem nem sempre é a mesma da inflação e, por isso, muitos ficam em dúvida sobre como esse cálculo é feito. Para ajudar, confira o conteúdo que preparamos com as regras para planos de Pessoa Física.

Vacinação: quais são as vacinas recomendadas para adultos e a importância de se proteger

Saúde

Vacinação: quais são as vacinas recomendadas para adultos e a importância de se proteger

Assim como as crianças, os adultos também têm um calendário de vacinação a cumprir. Além da vacina anual contra gripe, o Ministério da Saúde recomenda quatro imunizações para pessoas entre 20 e 59 anos que possuem o esquema vacinal completo (quem não tem o calendário atualizado precisa procurar um serviço para atualização). Parte da população, porém, só toma vacinas em grandes campanhas ou em caso de epidemias - O CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica) alerta que os índices de cobertura vacinal estão abaixo do nível ideal de cobertura. Estima-se uma média de apenas 4,7%.

Conheça os alimentos mais ricos em Vitamina C

Alimentação saudável

Conheça os alimentos mais ricos em Vitamina C

A vitamina C é um nutriente essencial para a saúde e bom funcionamento do corpo humano. Reconhecida pelo alto poder antioxidante, ela é capaz de melhorar a imunidade e deixar o organismo mais forte para agir contra doenças causadas por microorganismos. Por isso a vitamina C é muito associada com a prevenção de problemas respiratórios, que aparecem com mais frequência no inverno. Encontrada em frutas cítricas e outros vegetais, o nutriente também é responsável pela produção do colágeno: essa proteína muito associada à beleza é fundamental para a sustentação dos tecidos, ossos, dentes e parede dos vasos sanguíneos.

Ver mais