Voltar para home page
Saúde

O que é a segunda onda de Covid-19 e o que a população pode fazer para evitá-la?

O distanciamento social ainda é a melhor forma de evitar uma possível nova onda de Covid-19

O distanciamento social ainda é a melhor forma de evitar uma possível nova onda de Covid-19

O termo “segunda onda” é utilizado quando novos surtos começam a ocorrer após uma queda na taxa de transmissão do vírus. No caso da Covid-19, os especialistas alertaram sobre a possibilidade, mesmo que houvesse um achatamento significativo na curva de infectados. Historicamente, das oito pandemias que já ocorreram no mundo desde 1700, pelo menos sete tiveram mais de uma onda em alguma parte do mundo.

O Brasil está passando pela segunda onda de COVID-19?

Segundo especialistas, a primeira onda da doença ainda não terminou em muitos estados do país. O número de casos semanais em estados como Ceará e Rio de Janeiro aumentou após atingir um pico e iniciar a queda. O Brasil até então não conseguiu controlar a transmissão do vírus, o que sugere que ainda estamos passando pela primeira onda da doença.

O que se sabe sobre uma possível segunda onda da COVID-19 no Brasil?

Pela dimensão continental do Brasil, as regiões vivem momentos diferentes em relação à pandemia. Em algumas localidades, os casos de infecção e mortalidade pela doença estão caindo, enquanto em outros continuam crescendo. É importante lembrar que mesmo com a flexibilização do isolamento, permanecer com os cuidados básicos é essencial. As principais formas de disseminação do vírus são por meio do contato físico e transmissão respiratória.

O que a população deve fazer para contribuir com a redução do risco de disseminação?

Atualmente, ainda não está definido se o indivíduo, uma vez infectado, se torna imune ou por quanto tempo duraria uma possível imunidade. O uso das máscaras e cuidados básicos, como higienizar as mãos com água e sabão ou aplicação de álcool gel, evitar aglomerações e manter o distanciamento social, podem contribuir para que novos casos não ocorram. Esses comportamentos preventivos não podem cair em desuso mesmo no caso de melhora da pandemia ou início de vacinação. Caso contrário, o risco de uma segunda onda se torna muito maior.

Últimas novidades

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

Saúde

Saúde mental na adolescência e juventude: há sempre uma saída!

A saúde mental na adolescência e juventude é um assunto muito importante e que deve ser falado. Essa é uma fase de mudanças em todos os sentidos, que quase sempre vêm acompanhadas de dúvidas e cobranças.  Qual profissão devo seguir? Como conseguir emprego? Será que devo me casar? Está na hora de ter filhos? Aluguel ou casa própria? Se pudéssemos olhar dentro da mente de um jovem, certamente encontraremos mais perguntas do que respostas.

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Terapias

Psicólogo ou psiquiatra: entenda o papel dos especialistas em saúde mental

Nem todo mundo sabe quais são as diferenças entre psicólogo e psiquiatra, mas cada profissional tem uma função bem específica dentro do campo da saúde mental. Tudo começa, inclusive, pela formação de cada profissional, já que são especializados em áreas diferentes. Em muitos casos, o psicólogo e o psiquiatra trabalham em conjunto e de forma complementar, cada um auxiliando em um aspecto da vida do paciente.

Como é feito o tratamento de canal?

Odontologia

Como é feito o tratamento de canal?

Cuidar da saúde dos dentes é fundamental para manter um sorriso bonito. Consultas regulares ao dentista são super importantes, pois alguns procedimentos de rotina são necessários e somente o especialista poderá avaliar, por exemplo, quando realizar o tratamento de canal.  Só de ouvir o nome, a maioria das pessoas tem receio de realizar esse procedimento. Para esclarecer como é realizado o tratamento de canal, quais são as etapas e quais os cuidados necessários após o procedimento, o Cuidados Mil preparou uma matéria com tudo o que você precisa saber sobre esse assunto.

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Saúde

Qual a importância das vacinas para prevenir doenças e garantir a saúde da população?

Com a pandemia do novo coronavírus, as vacinas voltaram a ser a prioridade entre a comunidade científica e a própria população. O que poucos sabem é que as vacinas fazem parte da realidade há séculos e são consideradas umas das principais medidas preventivas contra doenças graves. No Brasil, a vacina surgiu em 1804 para combater a varíola, um quadro contagioso e muito perigoso para a época, mas que já foi erradicado depois de uma campanha de vacinação em massa organizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) por volta de 1970. Ainda assim, muitas pessoas não entendem o processo de desenvolvimento de imunizações e nem a importância de não deixar de se vacinar.

Ver mais