Voltar para home page
Saúde

5 sinais do seu corpo que indicam imunidade baixa

Sistema imunológico: alguns fatores podem prejudicar as defesas do organismo!

Sistema imunológico: alguns fatores podem prejudicar as defesas do organismo!

A imunidade baixa é, na maioria das vezes, associada a quadros de gripes, mas há muitos outros sinais que indicam problemas no sistema imunológico. Responsável pela defesa do organismo contra bactérias, vírus e fungos, esse sistema está presente em todo o corpo humano em forma de células e moléculas. A ação imunológica é capaz de manter o organismo livre de tumores, infecções e outras doenças graves.

Muitos aspectos podem prejudicar o perfeito funcionamento desse sistema, entre eles fatores genéticos e alterações no metabolismo. A idade também é determinante, já que crianças e idosos estão mais propensos a infecções. Outra questão muito importante é a falta de nutrientes: ausência de vitaminas e minerais pode levar a quadros de imunidade baixa. Mas, antes de pesquisar os alimentos com vitamina C para incluir na dieta, é importante ficar atento aos sinais que o seu corpo dá. Veja aqui abaixo e saiba como identificar!

5 sintomas de imunidade baixa

  • Cansaço excessivo

Se você sente um cansaço que não some mesmo depois de uma boa noite de sono, é possível que tenha algo errado com o seu corpo. Além de ser um indício de problemas na tireoide, o cansaço físico e mental em excesso pode estar ligado a alterações no sistema imunológico. Esse tipo de fadiga pode atrapalhar a vida em vários níveis, prejudicando a produtividade e abrindo caminho para o estresse.

  • Amigdalite

As amígdalas são estruturas que protegem o corpo da invasão de micro-organismo que entram no corpo pela boca. Ar, alimentos, bebidas e contato com a mão, por exemplo, podem levar vírus e bactérias para o organismo. Para combater isso, as amígdalas ativam uma função protetora, que pode gerar uma inflamação nessa estrutura. A amigdalite, portanto, é uma manifestação de que seu corpo está se defendendo contra algo estranho.

  • Gripe insistente

Sabe aquela gripe persistente, que dura semanas, ou então o vai e volta dos sintomas gripais? Isso pode indicar uma queda de imunidade. É normal que, durante o processo de proteção do corpo contra a infecção, o sistema imunológico tenha seu desempenho prejudicado na hora de ativar a defesa para outros vírus e bactérias.

  • Otite

Uma gripe mais persistente pode desencadear um quadro de otite, por isso, dores de ouvido frequentes podem ter relação com a imunidade baixa. Geralmente causada por um vírus ou bactéria, ela se apresenta quando o sistema imunológico não consegue expulsar esse micro-organismo.

  • Candidíase

Pelo menos 55,7% das mulheres sentirão o incômodo da candidíase vulvovaginal uma vez na vida, segundo estudos. O fungo está naturalmente presente no corpo humano e pode encontrar, na imunidade baixa, o cenário ideal para se proliferar. Coceira, secreção em excesso e dores são alguns dos sinais do problema nos órgãos genitais, mas o fungo também pode se manifestar na pele, garganta e boca.

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais