Voltar para home page
Odontologia

Câncer de boca: descubra o que você fazer para evitar a doença

Entenda mais sobre o câncer de boca!

Entenda mais sobre o câncer de boca!

O câncer, seja de que tipo for, é uma doença bastante temida pelas pessoas em geral. Mas, em todos os casos, o diagnóstico precoce é o maior aliado no combate a essa condição. Para isso, é preciso receber a orientação correta e fazer acompanhamento médico regularmente. O câncer de boca, especificamente, é um tumor maligno que aparece não só na região bucal, mas também em parte da garganta – ele pode se desenvolver nos lábios, língua, céu da boca, gengiva, amígdala e glândulas salivares.

Os principais fatores que podem levar ao desenvolvimento do câncer de boca são o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Para se ter uma ideia, quando os dois hábitos são associados, o risco de ser acometido pela doença aumenta mais de 30 vezes. A única exceção é para os casos em que o câncer atinge os lábios – aqui, a exposição solar em excesso e sem protetor é o principal causador.

Sintomas de câncer de boca: do diagnóstico ao tratamento

Saber identificar como começa o câncer de boca é a melhor forma de ter um diagnóstico precoce: geralmente, o primeiro sinal da doença é uma ferida na boca, que é indolor e tem tendência a cicatrizar sozinha. Em outros casos, alterações de cor na região (como manchas brancas, vermelhas e/ou pretas) e aparecimento de caroços ou “bolinhas” sem explicação podem indicar algum problema – e, nesse caso, é preciso procurar um cirurgião-dentista para analisar a região.

Os tratamentos para câncer de boca variam. Após o diagnóstico, o paciente é encaminhado para tratamento cirúrgico que pode ser associado ou não à radioterapia e à quimioterapia. Quando diagnosticado no início, a maioria dos casos é curável.

Como prevenir o câncer de boca?

Boa parte dos problemas bucais podem ser evitados com hábitos saudáveis e higienização adequada. Como visto, até mesmo o câncer de boca se torna menos provável entre aqueles que não fumam ou consomem bebidas alcóolicas em excesso. Por isso, a dica é deixar esses dois hábitos de lado, manter uma alimentação saudável e periodicamente fazer um autoexame na região.

Além disso, proteger-se dos raios solares com protetores ou chapéus são ótimas dicas, assim como fazer a manutenção diária na estrutura dentária – como tratar dentes tortos, lesões por cáries e próteses mal adaptadas. Dessa forma, além de proteger contra doenças, o mau hálito também é evitado.

Últimas novidades

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

Bem-estar

Mês das crianças: veja os cuidados de saúde importantes na primeira e segunda infância

No mês de outubro é comemorado o Dia das Crianças. Conhecido como um momento para presentear os pequenos e incentivar as brincadeiras, a data também é uma oportunidade para falar sobre saúde. Na primeira e segunda infância (do nascimento até os 6 anos de idade e dos 6 anos até a puberdade, respectivamente), a criança passa por diversos níveis de aprendizado e desenvolvimento.

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Saúde

Outubro rosa: 5 formas de se proteger contra o câncer de mama

Outubro é o mês de conscientização sobre a prevenção do câncer de mama. Causado pela multiplicação desequilibrada das células da mama, dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer) apontam que esse tipo de câncer deve atingir cerca de 66 mil pessoas no Brasil em 2020. O câncer de mama é um dos mais comuns que atinge as mulheres no Brasil e no mundo, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Apesar de raro, o câncer de mama também pode atingir homens.

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

Saúde

5 doenças, além da Covid-19, que precisam da sua atenção em 2020

A pandemia do novo coronavírus impactou a vida das pessoas e sua relação com a própria saúde. Cuidados como o isolamento social, higienização constante das mãos com água e sabão ou álcool em gel e uso de máscara se tornaram a nova rotina para se manter longe da Covid-19. Entretanto, apesar de protegido contra o novo vírus, outras doenças podem ser tão preocupantes quanto e que necessitam de atenção, com uma vantagem: elas podem ser evitadas com os cuidados necessários.

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Alimentação saudável

Como incluir as oleaginosas na alimentação?

Castanhas, nozes, amêndoas, avelãs… o que esses alimentos têm em comum? Além de estarem no grupo das oleaginosas, ele são ricos em diversas substâncias que fazem muito bem para a saúde em geral, como antioxidantes e minerais. As oleaginosas estão associadas à diminuição dos riscos de ter doenças no coração, melhor funcionamento do sistema nervoso e ação anti-inflamatória, dentre outros benefícios comprovados.

Ver mais