Voltar para home page
Odontologia

Câncer de boca: descubra o que você fazer para evitar a doença

Entenda mais sobre o câncer de boca!

Entenda mais sobre o câncer de boca!

O câncer, seja de que tipo for, é uma doença bastante temida pelas pessoas em geral. Mas, em todos os casos, o diagnóstico precoce é o maior aliado no combate a essa condição. Para isso, é preciso receber a orientação correta e fazer acompanhamento médico regularmente. O câncer de boca, especificamente, é um tumor maligno que aparece não só na região bucal, mas também em parte da garganta – ele pode se desenvolver nos lábios, língua, céu da boca, gengiva, amígdala e glândulas salivares.

Os principais fatores que podem levar ao desenvolvimento do câncer de boca são o tabagismo e o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Para se ter uma ideia, quando os dois hábitos são associados, o risco de ser acometido pela doença aumenta mais de 30 vezes. A única exceção é para os casos em que o câncer atinge os lábios – aqui, a exposição solar em excesso e sem protetor é o principal causador.

Sintomas de câncer de boca: do diagnóstico ao tratamento

Saber identificar como começa o câncer de boca é a melhor forma de ter um diagnóstico precoce: geralmente, o primeiro sinal da doença é uma ferida na boca, que é indolor e tem tendência a cicatrizar sozinha. Em outros casos, alterações de cor na região (como manchas brancas, vermelhas e/ou pretas) e aparecimento de caroços ou “bolinhas” sem explicação podem indicar algum problema – e, nesse caso, é preciso procurar um cirurgião-dentista para analisar a região.

Os tratamentos para câncer de boca variam. Após o diagnóstico, o paciente é encaminhado para tratamento cirúrgico que pode ser associado ou não à radioterapia e à quimioterapia. Quando diagnosticado no início, a maioria dos casos é curável.

Como prevenir o câncer de boca?

Boa parte dos problemas bucais podem ser evitados com hábitos saudáveis e higienização adequada. Como visto, até mesmo o câncer de boca se torna menos provável entre aqueles que não fumam ou consomem bebidas alcóolicas em excesso. Por isso, a dica é deixar esses dois hábitos de lado, manter uma alimentação saudável e periodicamente fazer um autoexame na região.

Além disso, proteger-se dos raios solares com protetores ou chapéus são ótimas dicas, assim como fazer a manutenção diária na estrutura dentária – como tratar dentes tortos, lesões por cáries e próteses mal adaptadas. Dessa forma, além de proteger contra doenças, o mau hálito também é evitado.

Últimas novidades

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Saúde

Diabetes I e II: qual a diferença entre os dois tipos da doença?

Diabetes é uma das doenças mais comuns e que mais matam no mundo. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD), existem mais de 13 milhões de pessoas vivendo com a doença no Brasil e os números não param de crescer. Em muitos casos, uma pessoa pode ser diabética sem saber. A diabetes pode se manifestar nos tipos I e II: com ações diferentes no organismo, cada uma demanda um cuidado específico. Entenda mais e veja como evitar as complicações graves.

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

Bem-estar

Quarentena: 5 práticas de autocuidado para deixar seus dias mais leves

As recomendações dos principais órgãos de saúde são claras: é preciso ficar em casa para se proteger do novo coronavírus. A quarentena, no entanto, pode ser muito estressante: afinal, estamos no meio de uma pandemia e longe dos amigos e família. Nesse momento, se promover alguns momentos de autocuidado e relaxamento podem ajudar. Pensando nisso, separamos 5 práticas para você cuidar do seu bem-estar físico e emocional e deixar os seus dias mais leves durante esse período difícil. Confira!

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

Saúde

Candidíase: o que causa e como aliviar o desconforto?

A candidíase é uma doença causada por fungos que, em geral, atinge mais a região genital do corpo. Apesar da infecção poder afetar ambos os sexos, as mulheres são as que mais sofrem com o incômodo. A candidíase causa muito desconforto e pode ser desencadeada por desequilíbrios no sistema imunológico, estresse e uso de roupas muito apertadas. Os sintomas mais comuns são ardência, coceira, inchaço, corrimento, dor ao urinar e durante as relações sexuais. Entenda mais sobre o problema e como aliviar!

Como manter o sono regulado na quarentena?

Bem-estar

Como manter o sono regulado na quarentena?

A má qualidade de sono pode trazer diversos prejuízos para a saúde do corpo e da mente. É durante a noite que o organismo passa por processos metabólicos importantes para o seu funcionamento. Dormir a quantidade de horas recomendadas é fundamental para que o corpo se recupere energeticamente. Durante a quarentena, no entanto, as mudanças de rotina, associadas com o estresse e alimentação, podem desregular o sono e até mesmo contribuir para a insônia. Confira algumas dicas de como combater esse problema e dormir melhor nesse período complicado!

Ver mais