Voltar para home page
Emergência

Hipertensão: como a doença afeta outras áreas do seu corpo?

Hipertensão pode ter efeitos no cérebro, rins e visão!

Hipertensão pode ter efeitos no cérebro, rins e visão!

A hipertensão arterial é uma doença muito comum, que atinge pessoas de todas as idades, gêneros e origens. Segundo o Ministério da Saúde, um a cada quatro adultos brasileiros são diagnosticados com a doença e cerca de 34 pessoas morrem por hora de doenças cardiovasculares. O que pouca gente sabe é que a doença, também conhecida como pressão alta, pode afetar outros órgãos além do coração. Rins, olhos e cérebro são as partes do corpo que mais podem ser prejudicadas pela hipertensão. Entenda abaixo as principais complicações desencadeadas pela doença!

O que causa a hipertensão?

Antes de tudo, é preciso entender como a hipertensão se desenvolve. Uma das funções do coração é bombear sangue para o restante do corpo por meio das artérias. A ação é dividida em pressão sistólica (contração do coração para bombear o sangue) e diastólica (quando o coração relaxa e se enche de sangue novamente). São essas medidas que aparecem quando você vai aferir a pressão. O ideal é que a pressão sistólica não passe de 120 mmHg e a diastólica fique em torno de 80 mmHg. Quando os valores ultrapassam esse limite, quer dizer que o coração está se esforçando mais que o normal para fazer com que o sangue chegue em todas as áreas do corpo. É aí que a hipertensão surge!

Pressão alta aumenta as chances de derrame

O cérebro é responsável por muitas funções no nosso organismo. Quando o coração não consegue bombear o sangue de forma eficaz, a oxigenação cerebral também é prejudicada. É nessas oscilações que as chances de ter um Acidente Vascular Cerebral (AVC) aumentam. Algumas capacidades do órgão, como a memória, aspectos cognitivos e atenção, também podem ser afetadas.

Insuficiência renal é uma consequência da hipertensão

A principal função dos rins é filtrar o sangue para eliminar substâncias e impurezas que podem prejudicar o funcionamento do organismo. Umas das consequências da pressão alta não controlada é a insuficiência renal. Com o bombeamento prejudicado, o fluxo sanguíneo chega ao órgão de forma reduzida.

Hipertensão pode causar cegueira

Pouca gente associa a hipertensão com problemas na visão, mas a doença também pode afetar a sua retina e até causar cegueira. A retinopatia hipertensiva ocorre quando os vasos sanguíneos ficam mais estreitos ou quando as paredes arteriais apresentam rigidez. Esses quadros podem acarretar hemorragias e até descolamento da retina.

Como evitar a hipertensão?

Os sintomas das complicações da pressão alta podem variar, mas geralmente envolvem dor no peito, tontura, dor de cabeça, fadiga e até sangramento nasal. A melhor forma de evitar a hipertensão é manter um estilo de vida saudável: evitar a ingestão de gorduras que podem elevar o colesterol, consumir alimentos nutritivos e variados e praticar exercícios físicos regularmente são algumas das coisas que você pode fazer pelo seu coração.

Fonte: Ministério da Saúde

Últimas novidades

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Saúde

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Os resultados de uma vacina contra a Covid-19 podem estar próximos. A pandemia do novo coronavírus alterou o modo de vida da sociedade. O isolamento social trouxe novas formas de consumo, hábitos e trabalho, além da forma como lidamos com a saúde. Desde então, muitos institutos de pesquisa espalhados pelo mundo estão estudando os efeitos do vírus e possibilidades de imunização.

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

Saúde

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

A sensação de formigamento nas mãos é algo comum para muita gente e, embora seja um sintoma simples, precisa de atenção. Isso porque diversos motivos podem estar por trás do formigamento, desde um problema de circulação até um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O indicado é observar o quadro e, dependendo da forma como se manifesta, o atendimento médico pode ser necessário.

Quais as principais causas de queda de cabelo?

Saúde

Quais as principais causas de queda de cabelo?

A queda de cabelo é um problema muito comum, mas quando identificar se está perdendo mais fios do que o considerado saudável? O normal é que uma pessoa perca de 100 a 150 fios por dia de forma natural para que o cabelo cresça novamente. Quando a quantidade ultrapassa isso, é sinal de que pode haver um problema clínico por trás. A queda excessiva de cabelo pode ser observada na escovação diária, durante a lavagem ou até mesmo depois de acordar, quando se percebe muitos fios no travesseiro.

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

Bem-estar

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

A quarentena tem afetado, em grande parte da população, o modo de viver e de interagir com o mundo. Viver numa situação de pandemia também trouxe muita preocupação, que se reflete em ansiedade e distúrbios do sono. Insônia, sono muito leve, acordar várias vezes, não conseguir manter uma rotina de sono ou se sentir extremamente cansado mesmo depois de dormir bem são os problemas mais comuns nesse período de isolamento social.

Ver mais