Voltar para home page
Bem-estar

Quais os benefícios de ter o metabolismo regulado?

Tanto o metabolismo lento quanto muito acelerado podem trazer problemas para a sua vida

Tanto o metabolismo lento quanto muito acelerado podem trazer problemas para a sua vida

Nem muito acelerado e nem lento demais: é assim que deve ser o funcionamento do nosso metabolismo. Rodeado de mitos, o sistema metabólico humano ainda é muito associado à imagem corporal e ganho ou perda de peso. A verdade é que ele participa de alguns processos que ajudam no funcionamento do organismo: um deles é a conversão de alimentos em energia. Não existe um padrão e cada pessoa funciona de um jeito específico. Alimentação, tabagismo, doenças relacionadas, exercícios físicos e ritmo de vida são alguns aspectos de definem o funcionamento desse sistema.

Como funciona o metabolismo humano?

O metabolismo é um conjunto de reações químicas que ocorrem dentro do organismo e têm impacto muito importante no sistema digestivo (mas também colabora nas funções cardiovasculares e respiratórias). No geral, ele transforma os alimentos em energia. O sistema metabólico também produz calor e ainda é capaz de sintetizar compostos essenciais para a fisiologia humana.

O metabolismo é dividido em dois processos, chamados “catabolismo” e “anabolismo”. O primeiro é responsável por processar os alimentos digeridos e disponibilizar energia para o corpo. Já o anabolismo é o processo de construir novas moléculas a partir de outras menores. Nessa etapa, é possível reconstruir tecidos e órgãos.

Acelerado e lento: diferenças, prós e contras

Muitos fatores podem influenciar o funcionamento do metabolismo, entre eles idade, alimentação, estilo de vida e doenças relacionadas. A questão é que esse complexo sistema vai determinar o ritmo de todo o organismo.

O metabolismo acelerado, por exemplo, faz com que o corpo necessite de mais energia e, por isso, queime mais calorias. Por outro lado, pode acarretar uma falha na absorção de nutrientes pelo corpo, impactando assim a saúde do indivíduo. O funcionamento de forma descontrolada pode fazer com que a pessoa perca mais peso que o normal, causando também problemas como fraqueza, anemia, insônia, ansiedade e aumento da frequência cardíaca. A condição pode, ainda, ter relação com outros problemas de saúde, como hipertireoidismo, infecções e alterações imunológicas.

Enquanto isso, o metabolismo lento causa justamente o funcionamento mais devagar das funções fisiológicas, entre eles o processamento dos alimentos e digestão. Além de dificultar a queima de calorias e favorecer o ganho de peso, causa cansaço extremo, intestino desregulado e falta de disposição. O metabolismo lento pode ter relação com o hipotireoidismo, diabetes, uso de alguns medicamentos e até problemas hormonais.

Como controlar o metabolismo?

Em todos os casos, o importante é manter um ritmo equilibrado do metabolismo. Para isso, você precisa consultar um nutricionista, nutrólogo ou endocrinologista para recomendar uma dieta que contemple os nutrientes que seu corpo necessita para se manter saudável. Outras práticas incluem manter uma boa noite de sono, praticar atividades regularmente, diminuir o consumo de açúcar e tomar a quantidade necessária de água por dia.

Últimas novidades

Herpes labial: descubra o que é e como buscar tratamento

Saúde

Herpes labial: descubra o que é e como buscar tratamento

A herpes labial é causada pelo vírus HSV (Herpes Simplex Virus) e se divide em dois tipos, o HSV-1, que geralmente fica alocado na cavidade bucal, e o HSV-2, que atinge os genitais. Ambos são extremamente contagiosos, mas o primeiro é o mais comum. Para se ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde estima que 67% da população está infectada por ele.

6 dicas para fazer exercício físico em casa de forma segura

Exercício físico

6 dicas para fazer exercício físico em casa de forma segura

A quarentena fez muita gente aderir aos exercícios físicos caseiros - e isso é um bom sinal. Ficar em casa sem se movimentar pode gerar diversos problemas de saúde típicos do sedentarismo. As dores na coluna são um dos principais exemplos. No entanto, para que a atividade física renda os benefícios desejados, é preciso cuidado e respeito aos limites do corpo.

5 dicas para voltar à rotina depois da pandemia

Bem-estar

5 dicas para voltar à rotina depois da pandemia

Os meses de isolamento por causa da pandemia do coronavírus podem deixar algumas consequências na vida da população mesmo quando a rotina voltar ao normal. As pessoas tiveram que se adaptar a um novo modo de vida em meio à incertezas sobre a saúde. A volta à vida normal, mesmo quando os casos da doença diminuírem consideravelmente, pode ser difícil para algumas pessoas.

Quais os benefícios das leguminosas para a saúde?

Alimentação saudável

Quais os benefícios das leguminosas para a saúde?

Você consome feijão todos os dias? Apesar de ser um item muito consumido no Brasil, pouca gente sabe da importância não apenas do feijão, mas de todas as leguminosas, para a saúde do nosso corpo. Assim como os legumes, verduras, frutas e hortaliças, as leguminosas devem fazer parte das refeições diariamente. Ricas em fibras, proteínas, carboidratos, também são uma fonte poderosa de ferro.

Ver mais