Voltar para home page
Terapias

Como funciona a terapia com um psicólogo?

A consulta com um psicólogo é uma relação de confiança e indicada em casos de transtornos psicológicos ou para promover mais bem-estar no cotidiano

A consulta com um psicólogo é uma relação de confiança e indicada em casos de transtornos psicológicos ou para promover mais bem-estar no cotidiano

Antes considerada como necessária apenas em casos de doenças psiquiátricas, a terapia com psicólogos se tornou muito mais popular (e essencial) nos últimos anos. A técnica é utilizada como parte do tratamento de problemas de caráter mental, como transtorno de ansiedade e depressão, mas também é utilizada como ferramenta de auxílio para uma vida mais equilibrada e com bem-estar. Para quem ainda tem dúvidas sobre como funciona exatamente uma psicoterapia, saiba tudo sobre o assunto e quando e como procurar um psicólogo.

A terapia é uma relação de confiança

É preciso entender, antes de tudo, que a pessoa com quem você está conversando é, acima de tudo, um profissional. Isso quer dizer que você pode contar o que quiser para ele ou ela: pelo código de ética, o profissional de psicologia deve manter sigilo absoluto sobre a consulta e seus pacientes. E para que isso aconteça, nas primeiras consultas haverá uma entrevista prévia, para que ambos se conheçam e ajustem juntos o melhor rumo para a terapia. E se não acontecer de primeira, não tem problema: você pode buscar outro profissional se achar necessário.

Geralmente, o profissional segue uma linha terapêutica como direcionamento das sessões. Psicanálise, Lacaniana e Junguiana são as linhas mais comuns, mas também é possível encontrar profissionais que atuam com base em outras teorias e vertentes, como a Gestalt, Psicodrama e Psicoterapia Cognitiva Comportamental.

Quanto tempo dura uma consulta com um psicólogo? O que devo falar?

As consultas têm o tempo de duração que o psicólogo e o paciente julgam necessário, mas geralmente acontecem entre 40 minutos e 1 hora e meia. A frequência pode variar de caso para caso (uma ou duas vezes na semana, quinzenalmente etc). Isso pode mudar ou ser previamente combinado, de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.

No ambiente, haverá uma cadeira, poltrona ou divã para se sentar e a cadeira do profissional, geralmente de frente. Você pode falar o que sentir vontade para o profissional. Há quem use a terapia como desabafo de todos os sentimentos ou tratar essas questões de forma mais prática. Como foi dito anteriormente: é uma relação de confiança.

Quando a terapia deixa de ser opcional e passa a ser necessária?

A terapia é uma aliada no bem-estar, mas a função dela é, como qualquer terapia, ser um tratamento. Por isso, se você está sofrendo de sintomas de distúrbios emocionais, como depressão, ansiedade e síndrome de pânico, é necessário procurar um psicólogo. Doenças psiquiátricas como a esquizofrenia, o transtorno de Borderline, a bipolaridade e a hiperatividade também devem ser tratados com psicoterapia.

É ideal também procurar um terapeuta caso você tenha passado por um trauma grave, como a perda de um ente querido ou uma separação, ou esteja com problemas para lidar com as suas emoções e sentimentos. O psicólogo pode ajudar a prevenir diversos transtornos psicológicos se a psicoterapia for procurada de forma preventiva.

Últimas novidades

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Saúde

Vacina para o novo coronavírus: conheça 2 pesquisas promissoras em andamento

Os resultados de uma vacina contra a Covid-19 podem estar próximos. A pandemia do novo coronavírus alterou o modo de vida da sociedade. O isolamento social trouxe novas formas de consumo, hábitos e trabalho, além da forma como lidamos com a saúde. Desde então, muitos institutos de pesquisa espalhados pelo mundo estão estudando os efeitos do vírus e possibilidades de imunização.

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

Saúde

Formigamento nas mãos: 5 principais motivos por trás do incômodo

A sensação de formigamento nas mãos é algo comum para muita gente e, embora seja um sintoma simples, precisa de atenção. Isso porque diversos motivos podem estar por trás do formigamento, desde um problema de circulação até um Acidente Vascular Cerebral (AVC). O indicado é observar o quadro e, dependendo da forma como se manifesta, o atendimento médico pode ser necessário.

Quais as principais causas de queda de cabelo?

Saúde

Quais as principais causas de queda de cabelo?

A queda de cabelo é um problema muito comum, mas quando identificar se está perdendo mais fios do que o considerado saudável? O normal é que uma pessoa perca de 100 a 150 fios por dia de forma natural para que o cabelo cresça novamente. Quando a quantidade ultrapassa isso, é sinal de que pode haver um problema clínico por trás. A queda excessiva de cabelo pode ser observada na escovação diária, durante a lavagem ou até mesmo depois de acordar, quando se percebe muitos fios no travesseiro.

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

Bem-estar

Como lidar com os distúrbios do sono na quarentena?

A quarentena tem afetado, em grande parte da população, o modo de viver e de interagir com o mundo. Viver numa situação de pandemia também trouxe muita preocupação, que se reflete em ansiedade e distúrbios do sono. Insônia, sono muito leve, acordar várias vezes, não conseguir manter uma rotina de sono ou se sentir extremamente cansado mesmo depois de dormir bem são os problemas mais comuns nesse período de isolamento social.

Ver mais