Voltar para home page
Bem-estar

Tratamento do câncer e alimentação: veja os cuidados nutricionais mais importantes

Pacientes que passam pelo processo de tratamento do câncer precisam ficar atentas com a alimentação

Pacientes que passam pelo processo de tratamento do câncer precisam ficar atentas com a alimentação

É consenso entre médicos que uma alimentação saudável contribui para o funcionamento do organismo, mas você sabe quais cuidados são necessários durante o tratamento do câncer? A desnutrição é uma das complicações mais comuns nesse grupo de pacientes, causada pela falta de apetite decorrente de efeitos colaterais do tratamento.

As dietas mirabolantes e alimentos considerados milagrosos - que, além de ineficazes, podem trazer problemas para pessoas em tratamento contra o câncer - devem ser evitados. Por isso, as visitas ao nutricionista são essenciais para que o profissional avalie o caso de forma individual e defina, junto com o paciente, uma nova rotina alimentar.

Confira outras informações que o Cuidados Mil obteve com a Dra. Tércia Tarciane Soares.

Carboidratos e proteínas são aliados no tratamento contra câncer

A principal função do carboidrato é gerar energia para as células por meio da glicose. Por isso, é indicado manter esse nutriente da dieta. Em vez disso, substitua alimentos ultraprocessados e com muito açúcar, como bolos e macarrão instantâneo, por cereais, grãos e mesmo verduras frescas.

A proteína também é benéfica ao organismo - e uma importante aliada contra a perda muscular. Dê preferência a alimentos como feijões, grão de bico, castanhas e ervilhas. Também é importante limitar o consumo de carne vermelha (cozida) para 500 gramas semanais e evitar embutidos como presunto, salsicha e salame.

Quais alimentos devem ser reduzidos ou evitados durante o tratamento?

É importante controlar bastante a quantidade de gorduras, açúcar e sal - inclusive aquele adicionado na hora da refeição, com o saleiro sobre a mesa. Faz bem ao organismo evitar o consumo de alimentos com alto teor calórico e poucos nutrientes, como refrigerantes, biscoitos recheados, salgadinhos e frituras.

Alimentação para pacientes com câncer: dicas para a aquisição e preparo

Os alimentos in natura são sempre bem-vindos. Procure comprar frutas, verduras e outros ingredientes em estabelecimentos comerciais menores. Ao usar molhos de tomate, substitua o enlatado e utilize a própria fruta batida. Outra dica: ao adquirir frutas, prioriza aquelas da época, que cresceram com menos defensivos. Confira quais são as mais comuns em cada estação:

Primavera: Pêssego, morango, banana, caju, melão e laranja;
Verão: Abacate, melão, pera, uva, manga, maracujá e abacaxi;
Outono: Limão, melancia, tangerina, jaca, laranja e caqui;
Inverno: Laranja, pera, morango, tangerina, limão e banana.

Fontes: Dra. Tércia Tarciana

Últimas novidades

Aprenda a comer melhor com 7 dicas para aproveitar a hora das refeições [Infográfico]

Alimentação saudável

Aprenda a comer melhor com 7 dicas para aproveitar a hora das refeições [Infográfico]

A alimentação carrega muitos significados em diferentes fases da vida e é essencial para a nossa saúde. Aprender a comer melhor é uma forma de absorver os nutrientes da forma correta e tem impactos diretos no seu dia a dia: ajuda a dormir melhor, ter mais disposição e evitar doenças. Com a correria do dia a dia e acúmulo de responsabilidades, o piloto automático acaba virando o estado normal sempre que é possível, principalmente na hora das tarefas que se repetem todos os dias, como o momento das refeições. Mudar sua relação com a comida nesse momento tão importante só trará benefícios para a sua vida. Veja como é simples!

Veja como adaptar seu treino de acordo com cada fase do ciclo menstrual

Exercício físico

Veja como adaptar seu treino de acordo com cada fase do ciclo menstrual

O corpo feminino passa por diferentes transformações ao longo da vida. A menarca (primeira menstruação), a gravidez, a menopausa… todos esses ciclos sofrem influência de um mecanismo hormonal que sabe exatamente onde precisa atuar em cada fase. A mulher adulta, portanto, passa por diferentes momentos ao longo do mês que determinam a sua rotina, humor e até a energia para realizar as atividades do cotidiano. É por isso que é muito normal estar mais ou menos disposta dependendo do dia. Acontece que a intensidade dos hormônios liberados em cada parte do ciclo podem alterar todo o corpo da mulher.

Hipotireoidismo e Hipertireoidismo: descubra as diferenças e os perigos de cada tipo de alteração da tireoide

Consulta

Hipotireoidismo e Hipertireoidismo: descubra as diferenças e os perigos de cada tipo de alteração da tireoide

Cansaço, sono desregulado e alterações no peso são alguns sinais que podem indicar problemas na tireoide. A glândula, que tem um formato parecido com uma borboleta e está localizada na parte da frente do pescoço, libera hormônios fundamentais para diferentes mecanismos do corpo humano. A baixa ou elevada produção dessas substâncias podem afetar muito a saúde e a qualidade de vida dos indivíduos.

5 sinais do seu corpo que indicam imunidade baixa

Saúde

5 sinais do seu corpo que indicam imunidade baixa

A imunidade baixa é, na maioria das vezes, associada a quadros de gripes, mas há muitos outros sinais que indicam problemas no sistema imunológico. Responsável pela defesa do organismo contra bactérias, vírus e fungos, esse sistema está presente em todo o corpo humano em forma de células e moléculas. A ação imunológica é capaz de manter o organismo livre de tumores, infecções e outras doenças graves.

Ver mais